Remédios Caseiros para Câncer de Bexiga

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653). Publicado em 5 de setembro de 2017

O melhor remédio caseiro para prevenir o câncer de bexiga inclui a prática de atividade física regular e uma alimentação saudável e equilibrada, rica em vitaminas. O suco de toranja, laranja, o visco, espinafre, tomate, salsa, o gingko biloba, o feijão, a cenoura, os brócolos germinadas, a couve-flor e o repolho são alguns exemplos que podem ser incluídos na dieta.

O Câncer de Bexiga refere-se a um estado cancerígeno que ocorre na bexiga, órgão que serve fundamentalmente para armazenar urina.

Vários fatores de risco estão envolvidos na carcinogénese, além de fatores genéticos e hereditários.

Incluem-se a infecção por alguma forma de parasitas, o tabagismo, a realização de uma dieta rica em gordura, a exposição a certos produtos químicos específicos, corantes ou fármacos e o trabalho na indústria do alumínio, borracha ou couro.

Câncer De Bexiga Na Mulher

Assim que o Câncer de Bexiga for diagnosticado, devem ser tomados os devidos cuidados para retardar a progressão do tumor, pois este tem cura.

É aconselhável manter uma dieta adequada, enquanto a doença estiver presente.

Os remédios caseiros para o Câncer de Bexiga são simples e fáceis de seguir e, além disso, são eficientes a atrasar o desenvolvimento do tumor.

A bexiga é a porção do sistema excretor que desempenha a função de armazenar a urina, antes da micção (ato de urinar).

A bexiga é revestida por células especializadas, conhecidas como células do urotélio.

Quando essas células atingem um certo grau de proliferação contínua, dão origem ao cancro da bexiga que ocorre em 3 etapas, dependendo da extensão do tecido invadido.

O Câncer de Bexiga pode crescer para além da camada celular urotelial, estendendo-se aos músculos adjacentes e podendo até invadir os gânglios linfáticos.

De acordo com o National Cancer Institute, 68.810 novos casos de cancro da bexiga foram relatados nos EUA, em 2008, dos quais 14.100 já morreram.

Sintomas de câncer de bexiga

Câncer De Bexiga No Homem

  • Hematúria, ou seja, a presença de sangue na urina.
  • Dor ao urinar.
  • Urgência de urinar, mas incapacidade de o fazer.
  • Urina turva.
  • Aumento da frequência de micção.
  • Incontinência urinária.

Remédios caseiros

A ingestão de alimentos saudáveis pode ajudar a reduzir o risco da doença.

Estudos publicados no Journal of the American College of Nutrition listam os alimentos que devem ser evitados para reduzir o risco de cancro.

Embora não seja possível curar o câncer de bexiga, os remédios caseiros podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de algumas células cancerígenas.

Suco de toranja e de laranja

Toranja

De acordo com as descobertas do A P John Cancer Institute, as toranjas e as laranjas são citrinos que contêm um composto chamado limoneno, responsável por bloquear um determinado fator de crescimento tumoral que é necessário para o crescimento do tumor.

Assim, é aconselhável consumir estes frutos ou os seus sucos regularmente.

Visco

Visco (visgo ou agárico)

De acordo com um estudo publicado no Journal of Urology, uma dose regular de visco (visgo ou agárico), após a realização da cirurgia para remoção do tumor, pode ajudar a prevenir recorrências do câncer.

Espinafre

Espinafre

De acordo com estudos do A P John Cancer Institute, o espinafre contém grandes quantidades de vitamina E na forma de alfa-tocoferol e gama-tocoferol.

A ingestão regular destas formas de vitamina E na dieta pode reduzir o risco de desenvolver câncer da bexiga até 42%.

Além disso, a luteína presente no espinafre é um agente anticancerígeno ativo que pode diminuir também a incidência de câncer no órgão.

Tomate

O licopeno é um antioxidante encontrado no tomate que exerce um efeito protetor contra alguns tipos de câncer.

De acordo com estudos realizados pela American Association for Cancer Research, o licopeno demonstra reduzir o risco de infecções do trato urinário, bem como a incidência da doença, quando consumido diariamente.

Salsa

Salsa

De acordo com as descobertas do A P John Cancer Institute, a salsa é uma planta que contém flavonoides, poliacetilenos e monoterpenos.

Todos eles possuem propriedades que podem ajudar a prevenir o câncer.

É especialmente útil no câncer de bexiga. Tanto a raiz como a parte superior da salsa podem ser utilizadas.

Gingko Biloba

Ginkgo Biloba

A quercetina, um flavonoide encontrado na Gingko Biloba, mostra ser útil na redução do risco da doença.

De acordo com um estudo realizado no MD Anderson Cancer Center, da Universidade do Texas, pode ser realizada a ingestão diária de 40 a 60 mg de extrato de Ginkgo Biloba 2 a 4 vezes por dia, caso indicação médica em contrário.

Feijões e cenouras

De acordo com descobertas do Fred Hutchinson Cancer Research Centre, os feijões e as cenouras mostram reduzir o risco de tumores na bexiga, quando consumidos regularmente.

Brócolos germinados com rebentos

Brócolos Germinados Com Rebentos

De acordo com estudos realizados pelo Roswell Park Cancer Institute, os rebentos de brócolos são eficazes na prevenção da doença.

Repolho e Couve-flor

De acordo com o Journal of the National Cancer Institute, a couve-flor e o repolho estão associados a uma maior proteção contra o câncer de bexiga.

Conheça O Óleos Essenciais que podem prevenir o Câncer

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653)

Nutricionista Clínica - CRN-6 nº 23653

A Drª Raquel Pires é Nutricionista, Health Coach e Personal Diet, com grande experiência em atendimento em consultório e Idealizadora do Projeto ESD (Emagrecimento sem Dor).

Formação Acadêmica

- Graduada pela Universidade Santa Úrsula. - Pós Graduada em Nutrição Clínica. - Pós Graduada em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação Nutricional Clínica e Esportiva. - Pós Graduada em Nutrição Aplicada ao Emagrecimento e Estética.

Também pode encontrar a Drª Raquel no Linkedin, Facebook e Youtube

Marcação de consultas 85-99992-2120

Última atualização da página em 30/10/19