Lactobacillus Acidophilus: 9 Benefícios e Alimentos que o Contêm

Atualizado e Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 16/09/2019

Os probióticos estão a tornar-se suplementos alimentares bem populares. Interessantemente, cada probiótico pode ter efeitos diferentes no nosso corpo. O Lactobacillus acidophilus é um dos probióticos mais comuns e pode ser encontrado em alimentos fermentados, iogurtes e suplementos.

Lactobacillus Acidophilus

O que é o Lactobacillus Acidophilus?

O Lactobacillus Acidophilus é um tipo de bactéria presente nos intestinos. É um membro das bactérias Lactobacillus, e uma peça fundamental na saúde humana. (1)

O seu nome dá uma indicação do que produz – ácido lático. Fá-lo ao produzir uma enzima chamada lactase, que quebra a lactose, um açúcar presente no leite, formando ácido lático.

Por vezes é denominado como L. acidophilus ou simplesmente acidophilus.

Os Lactobacillus, particularmente o L. acidophilus, é utilizado frequentemente como probiótico.

A Organização Mundial de Saúde define os probióticos como “micro-organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem um benefício na saúde do seu hospedeiro” (2).

» Conheça a Diferença entre Prebióticos, Probióticos e Simbióticos

O L. acidophilus tem sido extensivamente estudado enquanto probiótico e as evidências demonstram que pode oferecer alguns benefícios. No entanto, existem diferentes estirpes de L. acidophilus, cada uma com efeitos diferentes no corpo.

O L. acidophilus pode ser encontrado naturalmente em vários alimentos fermentados, incluindo chucrute, miso e tempeh. É também por vezes adicionado a outros alimentos, como o queijo e iogurte.

Benefícios do Lactobacillus Acidophilus

Abaixo são apresentadas 9 formas em que o Lactobacillus acidophilus pode beneficiar a saúde.

Ajuda a Reduzir o Colesterol

Níveis altos de colesterol podem aumentar o risco de doenças cardíacas. Isto é especialmente verdade nos casos de “mau” colesterol LDL.

Felizmente, estudos indicam que alguns probióticos podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol e que o L. acidophilus pode ser mais efetivo do que outros tipos de probióticos (45).

Resumindo: O Lactobacillus acidophilus, consumido por si só, em leite, iogurte ou outra combinação com
prebióticos, pode ajudar a baixar os níveis de colesterol.

Previne e Reduz a Diarreia

A Diarreia pode ser perigosa se persistir por longos período de tempo, uma vez que resulta na perda de fluídos e, em alguns casos, desidratação.

Vários estudos demonstraram que probióticos como o L. acidophilus podem ajudar a prevenir e reduzir o risco de diarreia associada a algumas doenças. (13).

Conclusão: Quando consumido em combinação com outros probióticos, o L. acidophilus pode
ajudar a prevenir alguns casos de diarreia.

Previne Infecções Vaginais

Vaginoses Bacterianas e candidíase vaginal são tipos comuns de infecções vaginais. Existem algumas evidências de que o L. acidophilus pode ajudar a prevenir tais infecções.

Os Lactobacilos são geralmente as bactérias mais comuns na vagina. Produzem ácido lático, o que previne o crescimento de outras bactérias nocivas (26).

Alguns estudos indicam que, tomar L. acidophilus como suplemento probiótico pode reduzir o risco de infecções vaginais, ao aumentar a presença de Lactobacilos na vagina (2930).

Conclusão: O L. acidophilus enquanto suplemento probiótico pode ser útil na prevenção de desordens vaginais, tais como vaginoses e candidíases vaginais.

Promove a Perda de Peso

Lactobacillus Acidophilus Ajuda A Emagrecer

Nos intestinos, a bactéria ajuda a controlar a ingestão de alimentos e muitos outros processos corporais. Ou seja, influencia no peso.

Embora algumas evidências indiquem que os probióticos podem ajudar a emagrecer, especialmente quando consumidas várias espécies em conjunto, o efeito benéfico do L. acidophilus a solo ainda não é bem claro (35). São necessários mais estudos.

Conclusão: Os probióticos podem ser efetivos na perda de peso, mas são necessárias mais pesquisas.

Previne e Reduz Sintomas de Constipação e Gripe

Bactérias saudáveis como o L. acidophilus podem reforçar o sistema imunitário e assim ajudar a reduzir o risco de infecções virais. Na verdade, alguns estudos sugerem que probióticos podem prevenir e aliviar os sintomas do resfriado comum (3839).

Conclusão: O L. acidophilus, por si só e em combinação com outros probióticos, pode reduzir alguns sintomas de gripe, especialmente em crianças.

Previne e Reduz os Sintomas de Alergias

São comuns e podem causar sintomas como corrimento nasal e coceira nos olhos. Alguns estudos sugerem que certos probióticos podem reduzir os sintomas de algumas alergias (42).

Um estudo indica que consumir leite fermentado enriquecido com L. acidophilus melhorou os sintomas da Alergia ao pólen da Cryptomeria japónica (43).

Ajuda a Prevenir e Reduzir os Sintomas de Eczema

Eczema

O eczema é uma doença na qual a pele se torna inflamada, resultando em coceira e dor. A forma mais comum é denominada de Dermatite Atópica.

Alguns estudos apontam para a possibilidade dos probióticos serem capazes de reduzir alguns sintomas da doença, tanto em crianças como adultos (46).

Resumindo: Alguns estudos mostram que o L. acidophilus pode ajudar a reduzir a prevalência e sintomas de eczema.

É Bom para a Saúde Intestinal

Intestino Saudável

O intestino está revestido por trilhões de bactérias que possuem um papel importante na saúde. Os Lactobacilos geralmente são muito benéficos para a saúde intestinal, ao produzir ácido lático, que pode prevenir bactérias nocivas de colonizar os intestinos.

Também asseguram que a mucosa intestinal fique intacta (50).

O L. acidophilus pode aumentar a quantidade de outras bactérias saudáveis no intestino, incluindo Bifidobactérias. Pode também aumentar o nível de ácidos gordos de cadeia curta, como o butirato, que promove a saúde do intestino (51).

Conclusão: O L. acidophilus pode promover a saúde intestinal, ao aumentar a quantidade de bactérias saudáveis nos intestinos.

Como Beneficiar ao máximo dos Probióticos

Iogurte Probiótico Natural

Pode ser consumido em forma de suplemento, seja por si só ou em combinação com outros probióticos ou prebióticos. No entanto, também pode ser encontrado em vários alimentos, principalmente os fermentados.

Os alimentos mais ricos em L. acidophilus incluem:

• Iogurte: O Iogurte é tipicamente feito de bactérias como a L. bulgaricus e S. thermophilus. Alguns iogurtes também contém L. acidophilus, mas apenas aqueles com o rótulo de “culturas vivas e ativas”

• Kefir: O Kefir (ou Quéfir) é feito de “grãos” de bactérias e leveduras, que podem ser adicionadas a leite ou água para produzir uma bebia fermentada saudável. Os tipos de bactéria e leveduras presentes no Kefir podem variar, mas comummente contém L. acidophilus, entre outros.

• Miso: O Miso é uma pasta originada do Japão, composta de grãos de soja em fermentação. Embora o micróbio primário no miso seja um fungo chamado Aspergillus oryzae, o miso pode também conter muitas bactérias, incluindo o L. acidophilus.

• Tempeh: O Tempeh é outro alimento feito através de grãos de soja fermentados. Pode
conter diferentes micro-organismos, incluindo L. acidophilus.

• Queijo: Diferentes variedades de queijo são produzidas utilizando diferentes bactérias. O L. acidophilus não é comummente utilizado como uma cultura para queijo, mas diversos estudos examinaram os efeitos de adicioná-lo como probiótico  (54).

• Chucrute: O Chucrute é um alimento fermentado feito através de couve. A maioria das bactérias nele presentes são espécies de Lactobacillus, incluindo L. acidophilus (55). Para além dos alimentos, a melhor forma de obter o L. acidophilus é diretamente através de suplementos.

Se o vai tomar em forma de suplemento, é melhor que o faça depois das refeições, idealmente com o pequeno almoço.

Conclusão

Suplemento De Lactobacillus Acidophilus

O L. acidophilus é uma bactéria probiótica que habita geralmente os intestinos e é crucial para a boa saúde do organismo. Devido à sua habilidade em produzir ácido lático e interagir com o sistema imunológico, pode ajudar a prevenir e aliviar os sintomas de algumas doenças.

Para aumentar a quantidade de L. acidophilus no intestino, ingira alimentos fermentados, incluindo os indicados acima. Como alternativa, a suplementação também pode ser uma opção. Não auto-medique. Em caso de dúvida consulte o médico ou farmacêutico.

VOLTAR PARA »
A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
     

Lactobacillus Acidophilus: 9 Be…