A Importância dos Sons e da Música para o Bebê

Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018 - Publicado a 2 de setembro de 2014

Quando um bebê nasce, ele encontra-se aberto a todos os estímulos do mundo que o rodeia. É através das suas experiências sensoriais que ele se desenvolverá mentalmente.

A visão, o paladar, o tato, o olfato e a audição são as ferramentas que o bebê utiliza para assimilar a informação necessária à sua aprendizagem e desenvolvimento. De seguida poderá conhecer melhor a importância dos sons e da música para o bebê.

Qual a importância dos sons e da música para o bebê

Os bebê, quando nascem, já ouvem, sendo que ao fim de apenas quatro dias já consegue mesmo distinguir línguas diferentes. E de igual modo, também rapidamente o bebê começa a interessar-se mais por sons e palavras, fixando a sua atenção de onde são emitidos esses sons.

Sendo o som um dos estímulos mais importantes para o desenvolvimento nos primeiros meses, é importante os pais introduzirem atividades que facilitem e promovam esse desenvolvimento.

Quando um bebê é exposto sistematicamente à música, como já foi comprovado num estudo científico realizado na Alemanha, ele irá estabelecer mais facilmente ligações nos seus circuitos neurais, o que facilitará a aquisição das palavras e o desenvolvimento de um discurso claro e fluente.

Pelo contrário, o mesmo estudo mostra que as crianças que não foram expostas à música poucas vezes conseguem dominar tão bem a sua língua em adultos.

Assim, quando mais depressa introduzir a música na vida do seu filho, mais facilmente o ajudará a atingir todo o seu potencial cognitivo.

Atividades para estimular o desenvolvimento linguístico do bebê

Além de colocar o seu filho a ouvir música regularmente, de variados tipos e estilos, desde músicas infantis até à clássica, pode também realizar algumas atividades musicais com o bebê, que ele irá adorar, e que o ajudarão no seu desenvolvimento e estimularão a aprendizagem linguística.

Cante para o seu bebê, usando sons calmos e tranquilos, mas também, com entoação de vozes diferentes e com alturas diferentes, para estimular a sua atenção.

Outra atividade interessante é gravar os primeiros sons do seu bebê, mesmo que vagos e indistintos. Depois, toque para ele. Ele vai sentir-se excitado e irá procurar responder aos sons que ouve.