-->Abacavir: Para que serve, como usar e interações com outros medicamentos

Abacavir: Para que serve, como usar e efeitos secundários a estar atento

O abacavir é um medicamento que inibe a transcriptase reversa do vírus da imunodeficiência humana (HIV). Faz parte das drogas antivirais ativas contra o HIV. A transcriptase reversa é uma enzima que o HIV precisa replicar, isto é, criar cópias de si mesma.

Estrutura Do Abacavir, Nome Comercial Ziagen

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste artigo:

Para que serve

O abacavir é usado em combinação com outros medicamentos anti-retrovirais para o tratamento da infecção causada pelo HIV, que gera a doença da AIDS.

Como é usado

O medicamento está disponível em formas sólidas para administração oral (comprimidos) e em solução. Geralmente é tomado uma ou duas vezes por dia, com ou sem comida. Deve ser tomado mais ou menos á mesma hora (s) todos os dias.

As doses mais frequentemente recomendadas estão indicadas abaixo.

  • Adultos e adolescentes com mais de 12 anos: A dose oral recomendada para o tratamento é de 600 mg uma vez por dia ou 300 mg duas vezes por dia.
  • Crianças de 3 meses a 12 anos: 8 mg / kg 2 vezes ao dia, máximo de 600 mg / dia.

As recomendações de dosagem para apresentações multicomponentes podem variar dependendo dos outros componentes da preparação.

A dose ideal pode ser diferente para cada paciente. Não deve pular doses ou parar o tratamento antes do recomendado, mesmo se se sentir melhor.

Precauções de uso

Quando não deve ser usado:

O medicamento não deve ser administrado em pessoas com alergia ao abacavir ou a qualquer um dos componentes da preparação (ver excipientes no folheto). Se sentir algum tipo de reação alérgica, deve informar o médico ou farmacêutico imediatamente.

O fármaco também não deve ser usado em pacientes com doença hepática ou renal grave.

Precauções de uso:

O abacavir pode causar uma reação alérgica grave ou até fatal. O tratamento deve ser interrompido imediatamente e permanentemente se for diagnosticada uma reação alérgica ou se houver suspeita de alergia.

Devem ser avaliados sinais físicos de redistribuição de gordura e níveis de glicose e lipídios em jejum.

O paciente deve evitar beber álcool enquanto realiza o tratamento com este fármaco.

Consulte o médico se sentir algum dos seguintes sintomas: falta de ar; respiração agitada; alterações do batimento cardíaco; náusea; vômito; perda de apetite; desbaste; diarreia; dor, desconforto, inchaço ou sensibilidade no lado direito da barriga, logo abaixo das costelas; sangramento ou contusões fora do comum; amarelecimento da pele ou olhos; urina de cor escura; fezes de cor clara; cansaço extremo; ou frio e / ou hematomas nas mãos e pés.

Antes da prescrição do medicamento é importante o médico avaliar se o paciente tem ou teve problemas no fígado, depressão, diabetes, pressão alta, colesterol alto ou doença cardíaca.

No caso de esquecimento em tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar. No entanto, se estiver quase na hora da próxima dose, pule a dose esquecida e continue com o esquema normal de medicação. Não tome uma dose dupla para compensar a que esqueceu.

É importante entender também que, o tratamentos para a AIDS não impedem a transmissão da doença.

Interação com outros medicamentos

O medicamentos conhecidos por interagir com o abacavir são: antibióticos como a rifampicina, antiepilépticos como o fenobarbital ou fenitoína, metadona e medicamentos relacionados à vitamina A (por exemplo, isotretinoína).

O álcool aumenta a quantidade de abacavir no sangue.

É importante o indivíduo informar o médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Efeitos secundários

Os efeitos secundários mais comuns do abacavir são reações alérgicas, erupção cutânea, náusea, vômitos, diarreia, dor abdominal, dificuldade em respirar, tosse, febre, mal-estar, dores de cabeça, testes de função hepática anormais, dor muscular, anorexia, fadiga.

NOMES COMERCIAIS:
Ziagen®. Existem preparações multicomponentes que contêm abacavir na sua composição: Kivexa®, Trizivir®.

Saiba mais sobre como tratar e identificar a infecção pelo HIV.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr. Marcelo Amarante (Médico de família e comunidade - CRM-RS: 42408 - RQE Nº 29881)

Identificação profissional: CRM-RS: 42408

- Médico do trabalho - RQE Nº: 29800

- Médico do tráfego - RQE Nº: 29858

- Médico de família e comunidade - RQE Nº: 29881

Consultar > Currículo Lattes.

O Dr. Marcelo Henrique Oliveira Amarante é um Médico graduado pela FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE MINAS GERAIS (FCMMG), uma instituição da FUNDAÇÃO EDUCACIONAL LUCAS MACHADO (FELUMA).

Especializando em Psiquiatria pelo Centro de Estudos Cyro Martins (CCYM), especialização acreditada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Aprovado em prova para obtenção de Título de Especialista em Medicina do Trabalho, aplicada pela Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB).

Aprovado em prova para obtenção de Título de Especialista em Medicina de Tráfego, aplicada pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB).

Aprovado em prova para obtenção de Título de Especialista em Medicina de Família e Comunidade, aplicada pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB).

Possui especialização em Higiene Ocupacional pela FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE MINAS GERAIS. Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Especialização Master of Business Administration (MBA) em Auditoria em Saúde. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina de Família e Comunidade, Clínica Médica, Auditoria/Regulação em Saúde, Perícias Médicas, Higiene Ocupacional, Ergonomia, Medicina do Trabalho e Medicina de Tráfego.

Atuação Profissional:

- Médico da LATAM Airlines;

- Médico da GOL Linhas Aéreas Inteligentes;

- Médico da Proforte, uma empresa do Grupo Protege;

- Superintendente Regulador/Auditor do SUS.

Também pode encontrar o Dr. Marcelo no Linkedin.