Abrasão na Pele: Tratamento, primeiros socorros e recuperação

A abrasão é uma lesão cutânea causada pela fricção contra uma superfície áspera, atrito prolongado, ou queda (ao andar de bicicleta ou patinar por exemplo). São lesões comuns que ocorrem muitas vezes nos cotovelos, joelhos, canelas, tornozelos e extremidades superiores.

Geralmente tem uma forma irregular e é acompanhada por dor intensa. Pode infectar com frequência e ser acompanhada de supuração e inflamação moderada na pele envolvente. Dependendo do acidente, a lesão pode conter corpos estranhos e sujidade, o que facilita a infecção. Quando atinge apenas as camadas superficiais da pele, geralmente não ocorre sangramento e é mais difícil de infectar.

Abrasão Na Pele, Tratamento Em Casa, Sintomas, Recuperação

A brevidade com que a lesão é tratada pode influenciar no tempo de cicatrização. Geralmente, pequenas abrasões não requerem tratamento especial, pois cicatrizam naturalmente. Nestes casos, limpar a lesão com cuidado o mais rápido possível e deixar secar ao ar é o suficiente.

No entanto, no caso de lesões maiores, podem ocorrer infecções que atrasam a cicatrização. Uma abrasão purulenta que liberta pus não cicatriza tão rapidamente. Nestes casos é importante limpar a área e desinfetá-la com um curativo estéril, cobrir a ferida para impedir a entrada de bactérias e consultar um médico. Seja qual for a dimensão da ferida, é aconselhável verificar a necessidade de vacinação contra o tétano.

Embora seja comum ocorrer dor e coceira, o processo de cicatrização será mais rápido se o indivíduo evitar arranhões e mexer na lesão.

Causas

A abrasão pode ser originada por várias causas, uma vez que a pele está constantemente em contato com superfícies duras ou prejudiciais.

São lesões comuns, por exemplo, quando a criança cai enquanto brinca. Outra causa comum são alguns esportes, por exemplo, andar de bicicleta ou patinar, onde é fácil ocorrer abrasão no joelho devido a uma queda.

Sintomas

Os sintomas mais frequentes incluem:

  • secreção de líquido seroso intersticial
  • aparecimento de uma ferida
  • manifestação de dor significativa

Os sintomas podem ser mais ou menos pronunciados, dependendo da gravidade da lesão. A profundidade da abrasão determina a presença de outros possíveis sintomas. Quando a ferida afeta apenas a epiderme, geralmente não causa sangramento e apresenta baixo risco de infecção.

Se a lesão for profunda, o sangue pode aparecer em pontos localizados ou sangrar abundantemente. Nesses casos, se a ferida não for bem higienizada e tratada, as bactérias podem penetrar facilmente e levar a sérias consequências, como úlceras.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser confirmado com facilidade, porque a pele fica apenas superficialmente ferida. Durante o exame, é importante determinar como e quando a ferida ocorreu e se contém detritos de corpos estranhos.

Quando a lesão mostra sinais de infecção, é importante verificar o status de vacinação do paciente, principalmente contra o tétano.

Tratamento

O tamanho da lesão determina o regime terapêutico a seguir. Geralmente não é necessário tratamento especial quando se trata de uma pequena abrasão.

O processo de cura começa imediatamente após o acidente. Se a ferida estiver suja, deve ser limpa o mais rápido possível com água fria, desinfetada, e deixar secar ao ar livre.

Se não for possível deixar a lesão secar ao ar livre (porque está em contato com a roupa), pode ser coberta com um curativo.

Não é aconselhável aplicar géis ou cremes, exceto os recomendados pelo médico, pois podem atrapalhar o processo natural de cicatrização.

Quando a abrasão é muito grave e causa sangramento ou inchaço pode ser necessário tratamento adicional. As lesões graves devem ser sempre tratadas por um profissional.

O tratamento consiste em limpar, se possível com um esponja estéril, e aplicar um desinfetante. Antes da limpeza, pode ser necessário tomar analgésicos para evitar a dor produzida pela limpeza, pois pode causar ardência intensa em alguns casos.

A área deve ser coberta para proteger a lesão de infecções e ferimentos adicionais.

É aconselhável trocar o curativo periodicamente para garantir que a ferida cure e não piore.

Para completar o tratamento necessário para a cicatrização: uma vez que é formada uma crosta, não é necessário nenhum outro tratamento adicional. A crosta não deve ser removida. O ideal é deixá-la cair naturalmente.

Se praticar esportes e sofrer abrasão em uma articulação, é aconselhável descansar alguns dias das atividades esportivas, embora essa necessidade dependa do tamanho e gravidade da lesão. É importante garantir que a pele em processo de cura não rasgue, caso contrário, o processo de cicatrização demora mais tempo. Também é aconselhável evitar esportes aquáticos e molhar a região afetada.

Medidas de emergência

Para tratar uma abrasão supurante, é importante usar luvas para evitar possíveis infecções por HIV ou hepatite. Os primeiros socorros para tratar adequadamente este tipo de lesão são os seguintes:

  • Se a lesão for superficial, deve ser lavada com sabão e aplicado um desinfetante.
  • Se a lesão for mais profunda, afetando a derme (camada intermédia da pele), realiza-se o mesmo tratamento mas deve proteger-se a ferida com material estéril até se desenvolver uma crosta. É importante que a ferida não entre em contato com os dedos.
  • Se ocorrer infecção ou a ferida mostrar sinais de supuração, é importante consultar o médico para ser indicado o melhor tratamento.
  • Cremes, pomadas, pós ou similares que não tenham sido recomendados pelo médico, não devem ser aplicados na ferida.
  • Se forem encontrados corpos estranhos na ferida, é aconselhável esguichar o local com soro estéril, sem esfregar a ferida para não causar mais danos e dirigir-se a um centro médico.
  • Se a ferida estiver suja, deve ser realizada limpeza por raspagem por um profissional de saúde.

Evolução

Geralmente evolui sem problemas e cicatriza em poucos dias, sem deixar cicatrizes permanentes. No entanto, se a abrasão for grande, pode deixar cicatrizes profundas na derme. Nesses casos, a cura pode durar até duas semanas. Quando a ferida fica suja, podem surgir úlceras que atrasam significativamente esse processo.

Prevenção

Para evitar o evento, é preciso cautela: dependendo da profissão ou esporte que a pessoa pratica, podem ser usadas roupas de proteção apropriadas para evitar lesões (por exemplo, protetores de braço para esportes como patinagem). As crianças estão especialmente mais expostas a sofrer tais lesões.

O tratamento da ferida e a vacinação adequada podem promover uma rápida cicatrização e prevenir complicações.

Dúvidas frequentes

Quanto tempo leva para a lesão cicatrizar?

A maioria das lesões cura bem com tratamento em casa e não deixa cicatrizes. Pequenos arranhões geralmente curam em 3 a 7 dias. Quanto maior e mais profundo o arranhão, mais tempo necessita para a cura completa. Uma abrasão grande e profunda pode levar 1 a 2 semanas ou mais para cicatrizar. Fonte

As feridas cicatrizam mais rapidamente, cobertas ou descobertas?

Arejar a maioria das feridas pode não ser benéfico porque a lesão precisa de umidade para curar. Deixar uma ferida descoberta pode secar as novas células da superfície, podendo aumentar a dor ou atrasar o processo de cicatrização.

A maioria dos tratamentos ou coberturas para feridas promove a umidade na superfície da lesão, sem provocar o excesso de umidade. Por exemplo, aplicar uma pomada antibiótica tópica em um arranhão ou em um pequeno corte e, em seguida, cobrir com gaze ou curativo, ajuda a manter a nova pele e outras células vivas. Também ajuda a proteger a região de sujidade, germes e outras lesões.

No entanto, pequenas crostas secas de pequenos cortes e arranhões podem ser deixados descobertos. As úlceras de pressão localizadas nos calcanhares por exemplo, devem ser deixadas ao ar livre para secarem com maior facilidade.

Cada caso é um caso. Caso existam dúvidas com o fato de uma ferida parecer profunda, não cicatrizar ou estar infectada, é importante consultar um especialista. Fonte

A vaselina é boa para abrasões?

As feridas geralmente cicatrizam mais rapidamente com a aplicação de vaselina. A vaselina mantém as feridas limpas e úmidas ao mesmo tempo que fornece uma camada oclusiva, mantendo a ferida protegida. Ao usar vaselina, a ferida irá ferir menos e a nova pele será menos elevada e com menos descoloração. Fonte

Como saber se a ferida está infectada?

Sempre que identificar algum dos seguintes sinais de infecção, consulte rapidamente o médico:

  • Presença de vermelhidão em redor da ferida.
  • Presença de pus amarelo ou esverdeado na ferida.
  • Listras vermelhas se espalhando pela ferida.
  • Aumento de inchaço, sensibilidade ou dor em redor da ferida.
  • Febre. Fonte

Qual a forma mais rápida de curar um joelho esfolado?

Use água morna e sabão neutro para limpar suavemente a ferida e enxague bem a região. Evite colocar muito sabão na ferida. Aplique cuidadosamente uma camada fina de uma pomada antibiótica (recomendada pelo médico) ou vaselina tópica na área. Aplique uma bandagem de gaze, bandagem adesiva ou outra cobertura limpa sobre a ferida.

Como evitar as cicatrizes?

Para reduzir a aparência de cicatrizes causadas por ferimentos leves os dermatologistas compartilham algumas dicas:

Mantenha sempre o corte, arranhão ou outra lesão bem limpos. Lave cuidadosamente a região com água e sabão neutro para evitar bactérias e remover detritos.

Para ajudar a curar a pele lesionada, use vaselina para manter a ferida úmida. A vaselina impede que a ferida seque e forme crosta – as feridas com crostas demoram mais a cicatrizar. O uso de vaselina ajuda a evitar que a cicatriz fique muito grande, profunda ou cause coceira.

Após limpar a ferida e aplicar vaselina ou pomada semelhante, cubra a pele com um curativo adesivo. Em arranhões, feridas, queimaduras ou vermelhidão persistentes, pode ser útil usar folhas de gel de hidrogel ou silicone.

Troque o curativo diariamente para manter a ferida limpa enquanto cura. Em peles sensíveis a adesivos, pode ser usada uma gaze não adesiva com fita de papel. Para usar folhas de gel de silicone ou hidrogel, basta seguir as instruções indicadas na embalagem.

Se a lesão exigir pontos, peça conselhos ao médico sobre como cuidar da ferida e quando remover os pontos.

Aplique protetor solar na ferida após a cicatrização. A proteção solar pode ajudar a reduzir a descoloração vermelha ou marrom e ajudar a cicatriz a desaparecer mais rapidamente. Use sempre um filtro solar de amplo espectro com um FPS de 30 ou superior e aplique com frequência.

Nota: Embora nenhuma cicatriz possa ser eliminada completamente, a maioria desaparece com o tempo. Em caso de preocupação com a aparência final da cicatriz, consulte um dermatologista. Fonte

Como devo tratar uma ferida aberta em casa?

Primeiro lave e desinfecte a ferida para remover toda a sujidade e detritos. Use pressão direta e elevação para controlar o sangramento e inchaço. Para proteger a ferida, use sempre um curativo estéril. Os pequenos ferimentos podem não necessitar de curativo.

VOLTAR PARA »

Referências
A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.