Acidentes em Casa

Os acidentes em casa são bastante comuns, até mais do que se possa pensar. Todos estamos sujeitos apesar de todos os cuidados inerentes de cada pessoa nas tarefas do dia-dia.

Devemos pensar em soluções que evitem certos percalços diariamente. Os acidentes domésticos são os mais comuns e em maior número.

Devemos compreender que as crianças e bebês de tenra idade não conseguem e não têm a mínima capacidade para avaliar o perigo e os seus sinais de alerta. Esse papel cabe pois aos adultos responsáveis por eles e pela sua educação.

Prevenção dos acidentes em casa para crianças e bebês

– Tentar manter sempre as crianças protegidas e zelar pela sua integridade física

– Evitar deixar crianças pequenas ou bebês de tenra idade sozinhas (principalmente em locais perigosos ou na presença de objetos potencialmente geradores de possíveis acidentes domésticos)

-Deixar o mobiliário e restante decoração da casa bem firme e segura

– Ter especial atenção aos objetos pequenos que podem causar obstrução quando engolidos pelas crianças

– Se tiver crianças pequenas use tapetes ou carpetes antiderrapantes (de preferência não use nada no chão)

– Deixe as gavetas e portas dos armários bem fechados

– Cuidado com o uso indevido da casa banho pelas crianças (não as abandone na banheira e cuidado com a sanita)

– Ensinar as crianças para não brincarem com objetos perigosos

– Proteger e tapar as tomadas de casa e eletrodomésticos

– Cuidado com as janelas abertas ou mal fechadas (especialmente se morar num prédio)

– Cuidado com a porta da rua (aberta ou de fácil acesso)

– Atenção redobrada com as varandas dos prédios

– Cuidado com as escadas

– Os sofás e as mesas e cadeiras devem estar afastados das janelas e entradas

– Esconda botões, vidros, garrafas, moedas, rolhas, ferramentas, parafusos, etc.

– Cuidado com os sacos (as crianças podem asfixiar)

– Guardar medicamentos e outros produtos de limpeza ou desinfeção (manter bem longe do olhar curioso da criança)

– Os cabos das portas e janelas devem estar bem situados

– Especial atenção às janelas de vidro

– Cuidado com armários grandes onde as crianças gostam de se esconderem

– Cuidado com os cantos de mesas e móveis desprotegidos

– Manter panelas e líquidos quentes isolados e afastados das crianças

– Verificar a temperatura do ar e da água no banho

– Prepare roupas, toalhas, cremes, sabonetes, fraldas, etc. antes do banho ou de vestir para não deixar a criança sozinha depois

– Evite deixar a criança ou bebê sozinha em cima de camas, moveis, mesas, bancadas etc.

– Se usar cama de grades verifique o gradeamento e o espaçamento

Prevenção geral dos acidentes em casa

– Cuidado com as quedas (principalmente se forem pessoas idosas)

– Cuidado com objetos cortantes

– Cuidado com objetos ou substâncias que podem causar queimaduras

– Atenção aos alimentos, medicamentos e poções de limpeza que podem causar intoxicações

– Não ingira coisas muito quentes (especialmente se tiver ao colo crianças ou bebês)

– As chupetas e biberões não devem ter cordoes para serem seguradas

– Evitar mastigar rebuçados ou chicletes

– Cuidado com os fios soltos em casa (telefones, baterias, etc.)

– Tenha cuidado com as almofadas que as crianças vão usar

– Use brinquedos grandes e bastante resistentes (não devem ter arestas, não devem partir ou estragar facilmente e nem serem pontiagudos ou com pontas soltas)

– Os brinquedos devem ser verificados (tanto os comprados por si, como os oferecidos pelos amigos, família ou conhecidos)

– Comprar brinquedos adequados à idade da criança ou bebê

– Verificar rótulos, etiquetas e ler todas as recomendações e instruções de uso e descrições de objetos ou substancias

– Guardar todas as bebidas alcoólicas existentes em casa

– Cuidado com os elevadores

– Se for preciso procure ajuda médica ou aconselhamento especializado

– Tenha os números de urgência sempre a uso e em local de fácil acesso

– Atenção às tabuas de engomar e aos ferros

– Guarde bem e tenha cuidado ao manusear objetos cortantes

– Evite ter armas e munições em casa (se tiver guarde-as muito bem)

– Nunca troque garrafas de lixivia ou outras substâncias perigosas por garrafas normais (para não haver troca e confusão)

– Não coma, beba ou tome substancias que já passaram do prazo

– Cuidado com piscinas

– Higienize bem a casa e a roupa

Conselhos e atitudes a tomar para evitar acidentes em casa

– Deve dar o exemplo às crianças do que se deve e do que se pode ou não fazer

– Experimente explicar às crianças e ate idosos o perigo de determinados objetos e substancias

– Ensine à criança o sentido de responsabilidade que deve ter

– Diga os problemas que podem ter

– Projete segurança antecipada

– Antecipe as coisas (pense nos pros e nos contras das situações de risco assumido)

Os acidentes em casa acontecem pois, com bastante frequência, por mais cuidados e alertas que tenhamos.

Prevenir para evitar é a melhor solução…