-->Acidentes na Infância - Educar Saúde

Acidentes na Infância

Publicado em 01/08/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Um dos principais cuidados a ter com crianças, e mais especificamente com bebês pequenos, é evitar os diversos acidentes que podem ocorrer em casa ou fora dela.

Os bebês quando são muito pequenos ainda não têm consciência do meio que os rodeia, e mais precisamente dos perigos que podem enfrentar no dia-a-dia e nos mais diversos espaços.

Para adultos os perigos são já bem conhecidos, e é algo que reside no nosso subconsciente. Isto faz com que por vezes nos seja difícil poder prever possíveis perigos para o nosso bebé, porque os perigos são tantos que nem conseguimos pensar e ter consciência de todos eles.

Um dos truques chave e dos mais importantes é sermos observadores e atentos. Devemos evitar ao máximo deixar a criança sozinha. Alguns segundos podem ser o suficiente para o pior acontecer, e por isso devemos estar sempre vigilantes.

No geral, a ocorrência de acidentes é sempre muito mais propícia em crianças, e aqui falamos de acidentes como quedas, cortes ou até mesmo intoxicações.

Vejamos assim algumas pequenas e curtas medidas, para além de sermos vigilantes, que nos podem ajudar a evitar acidentes com o nosso bebé.

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste artigo:

Quedas

No caso das quedas, evite ao máximo deixar a criança sozinha, especialmente quando esta se encontra em cima de superfícies das quais pode cair (camas, por exemplo), perto de escadas e outros potenciais precipícios que se podem tornar propícios a quedas.

Cortes

Para evitar cortes nas crianças deverá sempre verificar que ela não está perto nem consegue ter facilmente acesso a objectos cortantes, nomeadamente facas, objectos de vidro, serras, tesouras ou outro tipo de objectos pontiagudos ou cortantes no geral.

Intoxicações

As intoxicações podem sempre ser muito graves, por isso é extremamente importante que não guardemos tudo o que são medicamentos, produtos de limpeza ou produtos tóxicos em geral em prateleiras baixas ou em locais aos quais o bebé possa aceder com facilidade.

Igualmente, evite colocar detergentes ou outros produtos em embalagens que o bebé possa identificar como sendo outros produtos (como garrafas de água ou sumos, por exemplo).

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook