Para que serve a Alcachofra: Conheça 16 benefícios

A alcachofra (Cynara cardunculus), conhecida pela sua forma natural como um cardo, é uma planta medicinal nativa da região do Mediterrâneo. É utilizada para prevenir o câncer, já que é rica em antioxidantes. Ela reduz o colesterol, ajuda a emagrecer, melhora a saúde do fígado, rins e sistema digestivo, baixa a hipertensão, eporque a alcachofra faz tão bem à saúde conhecendo algumas das suas propriedades terapêuticas.

Alcachofra

A parte comestível da alcachofra é o seu botão, localizado no interior do capítulo (cabeça da planta), antes dela florescer completamente, uma vez que o broto endurece e torna-se quase intragável quando floresce completamente.

A alcachofra também pode ser tomada em forma de chá, adicionada a um suco ou smoothie.

Informação nutricional da Alcachofra

Componentes Quantidade por 100 g
Energia 35 calorias
Água 81 g
Proteína 3 g
Gordura 0,2 g
Carboidratos 5,3 g
Fibra dietética 5,6 g
Vitamina C 6 mg
Ácido Fólico 42 mcg
Magnésio 33 mg
Potássio 197 mcg

Para que serve a alcachofra

Na sequência mostramos os principais benefícios da alcachofra para a saúde:

Prevenção e Tratamento do Câncer

As planta tem propriedades terapêuticas que estimulam a apoptose, a morte celular e diminuem a produção de células em vários tipos de câncer, como o câncer de próstata, câncer de mama e leucemia. Além disso, a planta contêm flavonoides, que reduz a possibilidade de câncer de mama. (1)

É rica em antioxidantes

A alcachofra contém maiores quantidades de antioxidantes que a maioria dos vegetais. Alguns desses antioxidantes incluem rutina, quercetina, antocianinas, cinarina, silimarina e luteolina. Antioxidantes são compostos benéficos que ajudam a proteger o organismo contra os perigos dos radicais livres. (2)

Diminui o colesterol ruim (LDL)

A planta possui compostos como a cinarina e as sesquiterpeno-lactonas que reduzem a produção de colesterol e aumentam a sua emissão na bile, reduzindo assim a quantidade total de colesterol no sangue. O tecido carnoso das folhas da alcachofra possui um polifenol (antioxidante) conhecido como cinarina, que aumenta o fluxo biliar. (3)

Benefícios no emagrecimento e desintoxicação

A alcachofra têm propriedades diuréticas e depurativas que ajudam no combate da gordura e do inchaço abdominal, tornando-a um ótimo vegetal a incluir no cardápio semanal. A planta pode ajudar a perder peso porque:

Contém insulina, que ajuda os carboidratos a se metabolizarem a uma taxa mais lenta, o que, por sua vez, impede o ganho de peso devido à resistência à insulina e a distúrbios metabólicos, como diabetes tipo II e síndrome do ovário policístico.

Ela é rica em nutrientes, fornecendo 16 nutrientes essenciais, mas contém apenas 25 calorias por cada alcachofra de tamanho médio.

O seu conteúdo de cobre, pode auxiliar no bom funcionamento do sistema circulatório e da respiração celular, permitindo que o corpo elimine melhor as gorduras e a toxinas que podem estar interferindo na perda de peso.

É também uma boa forma de obter a fibra que você precisa para se sentir saciado e satisfeito. Além disso é uma ótima fonte de Vitamina C, que acelera o metabolismo para ajudar o corpo a queimar gorduras e uma boa fonte de ácido fólico, que ajuda na digestão.

A fibra ajuda a estabilizar os níveis de glicose no sangue e controlar altos níveis de depósitos de colesterol no sangue, abordando assim muitos problemas de saúde metabólica e cardiovascular que podem causar ganho de peso.

Os principais minerais; magnésio, manganês, potássio, fósforo, cálcio e ferro, abundantes na planta, também eles oferecem um conjunto de propriedades que ajudam a emagrecer.

As poderosas características antioxidantes da silimarina presente na planta, ajudam o fígado a regenerar os seus tecidos.

As suas propriedades diuréticas estimulam os rins a eliminar água, reduzindo o inchaço abdominal.

Referências: Brewer, S. (2010) The Essential Guide to Vitamins, Minerals and Herbal Supplements London: Constable Robinson.

Melhora a função do fígado

A planta contêm cinarina e silimarina, 2 antioxidantes úteis para o fígado, que podem atuar no rejuvenescimento do tecido hepático. Ela é usada usada como um remédio alternativo para tratamento de várias doenças do fígado. As suas qualidades naturais ajudam o corpo a eliminar toxinas e o fígado em suas funções essenciais. (4)

Melhora a digestão

A planta auxilia na saúde do sistema digestivo. Sendo um diurético natural ela apoia a digestão e melhora a função da vesícula biliar. Além disso, a presença de fibra na planta ajuda a melhorar a digestão, evitando a prisão de ventre. (5)

Tratamento da Hipertensão

A alcachofra contêm bons níveis de potássio, um mineral que pode ajudar a prevenir o excesso de sódio no organismo. O potássio é um constituinte vital das células e dos fluidos corporais que ajudam a controlar a frequência cardíaca e a pressão sanguínea, neutralizando os efeitos do sódio. Recomenda-se que os indivíduos que tomam medicamentos anti-hipertensivos comam alimentos como alcachofras para evitar a deficiência de potássio. (6)

Regula os níveis de glicose no sangue

A planta pode ajudar a regular os níveis de glicose no sangue e, consequentemente, prevenir a diabetes. O vegetal contém cinarina e inulina que reduzem os níveis de glicose no sangue, e possui um índice glicêmico baixo e grandes quantidades de fibra, quando comparada com outro vegetal. (7)

Fonte de vitaminas

A alcachofra é uma excelente fonte de vitaminas que incluem, ácido fólico, vitamina C, vitamina K e várias vitaminas do complexo B. O ácido fólico é um componente importante para as enzimas envolvidas na produção de DNA. Além disso, bons níveis de ácido fólico no organismo antes da concepção e durante o início da gravidez impedem o desenvolvimento de defeitos do tubo neural em bebês.

A vitamina C ajuda o corpo a ganhar resistência contra agentes contagiosos. A vitamina K estimula o desenvolvimento de ossos saudáveis ​​e previne danos neuronais no cérebro. Portanto, o vegetal é um bom alimento para pessoas com doença de Alzheimer.

O complexo de vitaminas b é vital para manter um bom metabolismo das células.

Saúde do Fígado

A cinarina é protetora do fígado. Também pode ajudar o fígado, estimulando a produção e a excreção da bílis, melhorando o fluxo do ducto biliar. Além disso, a alcachofra é frequentemente usada como diurético e depurativo do fígado e outros órgãos.

O uso regular  da planta pode melhorar significativamente as funções do fígado e da vesícula biliar, aumentando dessa forma a produção de bílis, reduzindo assim o risco de algumas doenças do fígado.

Saúde Digestiva

Como descrito anteriormente, o consumo do vegetal estimula o fluxo de bile – que ajuda a melhorar a digestão e o metabolismo das gorduras. A alcachofra contém também agentes bioativos que promovem as bactérias intestinais benéficas.

Uma simples xícara de chá de alcachofra pode ajudar a aliviar alguns distúrbios digestivos, como azia, náuseas, vômitos, prisão de ventre, diarreia e inchaço.

Melhora a saúde do rim

Estudos mostram que os extratos de folhas de alcachofra não só tem a capacidade de reduzir o colesterol, como também reduzir os níveis de glicose no sangue e reparar as funções e alguns danos dos rins, o que reduz o risco de doenças renais. (8)

Reduz os distúrbios da Vesícula Biliar

A cinarina ajuda a facilitar o esvaziamento da vesícula biliar. Além disso, a planta também pode ser usada em casos de dispepsia (sensação de dor) biliar provocada pelos cálculos biliares ou outras disfunções da bexiga.

Trata distúrbios da pele e tem efeito anti-idade

Estudos indicam que a alcachofra ajuda no tratamento de algumas doenças de pele, como dermatite, eczema e reações alérgicas na pele. O consumo abundante do vegetal como complemento à terapia médica pode melhorar e até mesmo ter um efeito anti envelhecimento. (9)

Ajuda na prevenção de defeitos congênitos

A presença de ácido fólico faz da alcachofra uma excelente amiga das mulheres grávidas ou as que tentam engravidar, já que é uma vitamina fundamental na prevenção de defeitos do tubo neural, no desenvolvimento de embriões, bem como no aumento da fertilidade em homens e mulheres.

Além disso, o ácido fólico tem sido associado à prevenção de outras complicações que podem ocorrer durante a gestação e o parto, incluindo a pré-eclâmpsia, fissuras labiais e defeitos cardíacos congênitos.

Apesar da lista de benefícios ser extensa, recomenda-se a mulher a consultar o ginecologista antes de incluir o vegetal na dieta ou tomá-lo em forma de chá. (10)(11)

Alcachofra

Modo de uso

A alcachofra pode ser consumida ao natural, grelhada, salteada, em forma de salada, cozida, adicionada a sucos, ou em forma de chá. Na indústria dos suplementos ela está disponível em cápsulas e extratos.

Chá de alcachofra

O chá de alcachofra é ótimo pois ajuda o fígado, limpa a bile e age como diurético. Este último suporta a perda de peso, reduzindo a retenção de água. Além disso a bebida pode oferecer benefícios na pele, colesterol, pressão arterial, diabetes, indigestão, vesícula biliar e saúde renal.

Para aproveitar ao máximo os benefícios da planta é importante aprender a fazer chá. Algumas receitas de chá usam várias partes; folhas, caules, flores, raízes e rizoma.

Para fazer o chá, basta colocar 50 g a 100 g de folhas de alcachofra, caule ou raízes em um litro de água fervente. Deixe descansar por 5 a 10 minutos. Coe e beba uma xícara de chá 1 a 2 vezes ao dia, antes das refeições, evitando a adição de açúcares. Em caso de dúvida consulte o médico.

Algumas pessoas aproveitam até mesmo a água na qual cozinham o vegetal para usar como chá.

Contraindicações e cuidados

Embora ofereça benefícios o vegetal carrega igualmente alguns perigos relacionados ao seu consumo. Algumas pessoas são sensíveis a alguns compostos presentes na alcachofra, seja na sua forma natural ou através do consumo do extrato (pois é uma forma mais concentrada). A planta trata-se “tecnicamente” de um cardo, e não um vegetal, estando intimamente relacionada a plantas como as margaridas, cravos-de-defunto ou crisântemos. Portanto, um indivíduo com alergia a qualquer uma dessas plantas também podem ter uma má experiência com a alcachofra.

É importante referir também que o consumo do vegetal também está contra indicado em indivíduos que já têm uma doença hepática ou qualquer condição da vesícula biliar, já que ele pode agravar a doença quando consumido em estágios mais avançados, devendo ser usado apenas como um método preventivo e não uma cura.

Por fim, entenda também que a alcachofra causa o aumento da frequência em urinar, estando igualmente contra indicada em pessoas que sofrem de bexiga hiperativa.

O consumo durante a gravidez e amamentação só deve ser realizado após aprovação do ginecologista.

Obs: Cynara cardunculus e Cynara scolymus são a mesma planta.