-->Alergia à Gelatina: Aprenda a Preparar uma Alternativa Caseira (sem corantes)! - Educar Saúde

Alergia à Gelatina: Aprenda a Preparar uma Alternativa Caseira (sem corantes)!

Publicado em 14/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

A gelatina é uma das sobremesas mais populares entre crianças e adultos. Simples e fácil de preparar, quase todos adoram os seus sabores e cores apelativas. No entanto, poucos pensam sobre a sua constituição.

Gelatina

A gelatina contém grandes quantidades de corantes, o que pode levar ao desenvolvimento de alergia à gelatina em pessoas intolerantes aos corantes. Saiba mais sobre a alergia à gelatina, os cuidados a ter, e ainda, como fazer gelatina caseira, sem corantes.

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste Guia

Alergia à gelatina

A alergia à gelatina é causada pela presença de corantes alimentares. Esta sobremesa contém quantidades muito elevadas, o que provoca uma reação alérgica em crianças e adultos intolerantes a esses corantes. Há ainda alguns casos, mais raros, onde crianças revelam alergia à gelatina, sem no entanto serem intolerantes aos corantes. Isto acontece essencialmente em alguns brasileiros com ascendência oriental.

Cuidados a ter

Se é alérgico à gelatina ou tem uma criança com essa alergia, há alguns cuidados que deve ter de forma a prevenir crises alérgicas.

– Se é pai e tem um filho pequeno, na primeira vez que lhe der gelatina, não permita que ele consuma uma grande quantidade, e nunca antes de ter um ano de idade. Na maior parte das vezes, apenas se identifica essa alergia após ela ocorrer.

– As gelatinas compradas contêm muito açúcar e grandes quantidades de corantes. Assim, se quiser fazer gelatina, prepare uma sem sabor, adicionando depois suco de fruta. Este irá dar cor e sabor à gelatina, sendo uma opção bem mais saudável.

– Existe uma gelatina, Ágar Ágar, que não tem corantes, e à qual pode juntar também suco de fruta. Esta gelatina é muito fácil e rápida de fazer, não necessitando de refrigeração.

– Nas gelatinas, prefira as de cor vermelha, em detrimento das cores amarela e verde.

– Outro cuidado importante que deve ter está relacionado com o facto de algumas vacinas, como a raiva ou febre-amarela, conterem componentes de gelatina. Assim, se o seu filho é alérgico à gelatina, é essencial que se faça antes um teste de alergia, de modo a prevenir alguma reação alérgica a essa vacina.

Como fazer gelatina caseira – sem corantes

Como referimos em cima, a melhor opção para crianças com alergia à gelatina é fazer você mesmo em casa, sem corantes. De seguida pode conhecer uma receita de gelatina caseira sem corantes, feita com suco de frutas. Você pode escolher o suco de fruta que preferir.

Ingredientes:

– uma saqueta de gelatina sem sabor e incolor (sem corantes);

– 250 ml de suco de fruta natural (sem adição de açúcar);

– 250 ml de água;

– duas colheres de sopa rasas de açúcar.

Como preparar:

Comece por seguir as indicações da caixa sobre como hidratar a gelatina incolor, misturando de seguida com o suco de fruta, a água e o açúcar. Depois, basta colocar na geladeira algumas horas até solidificar. Se quiser uma opção ainda mais saudável, e igualmente saborosa, basta não adicionar o açúcar.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook