Alergia à Picada de Inseto

A alergia à picada de inseto é muito frequente, especialmente durante o verão, época em que tendencialmente há um maior número de insetos em que as pessoas também escolhem um vestuário mais leve, o que resulta numa maior área de pele não protegida por roupas.

Saiba O que fazer em caso de picada de aranha

Os insetos que, por norma, provocam a alergia à sua picada são:

  • Abelhas e vespas
  • Mosquitos
  • Moscas
  • Pernilongos e borrachudos
  • Formigas de fogo
  • Carrapatos
  • Pulgas

Sintomas da alergia à picada de inseto

A alergia à picada de inseto provoca alguns sintomas bastante característicos, nomeadamente:

  • Inchaço e vermelhidão na zona da picada
  • Muita comichão
  • Liquido transparente que sai pelo local da picada

Há situações em que a alergia à picada de inseto é intensa e grave, podendo provocar um choque anafilático, ou seja, uma diminuição brusca da tensão arterial e dificuldade em respirar. Nestes casos, a pessoa que sofreu a reação alérgica deve ser encaminhada de imediato para o hospital mais próximo, de modo a iniciar um tratamento eficaz o mais rapidamente possível.

Conheça 7 Remédios Caseiros para Tratar Picada de Abelha e Vespa

Ao contrário do que acontece com a maioria das doenças, nas quais se adquirem defesas ou até imunidade depois de se ter contraído a doença pela 1ª vez, a alergia a picada de inseto não tende a melhorar com o tempo. Na verdade, 60% das pessoas que desenvolvem uma alergia à picada de inseto tem uma reação alérgica igual ou mais grave quando são picadas uma segunda vez.

Tratamento da alergia à picada de inseto

O tratamento indicado para a alergia a picada de inseto vai depender da intensidade dos sintomas apresentados.

Para sintomas moderados, o uso de cremes anti-histamínicos é suficiente, pois garante o tratamento local da alergia, incidindo no local da pele onde ocorreu a picada e promove o alívio imediato da sensação de comichão.

No caso de ocorrerem sintomas mais severos, é necessários usar anti-histamínicos via oral, combinados com cremes que contenham cortisona, por forma a controlar a alergia de uma forma eficaz.

Sempre que a alergia provocar um quadro clínico de choque anafilático a pessoa deve ser de imediato encaminhada para as urgências médicas, pois esse é o único local onde poderá receber o tratamento de que necessita.

Em alguns casos, a comichão provocada pela alergia é de tal forma intensa, que o paciente acaba por se coçar de forma intensa, o que dá origem a uma infeção secundária.

Sempre que ocorre uma infeção secundária poderá ser necessário tomar antibióticos, que serão prescritos pelo médico, após a observação cuidada das lesões em causa.

Fotos

alergia a picada de inseto

Prevenção da alergia à picada de inseto

Sempre que possível, deve-se procurar prevenir a alergia à picada de inseto, baixando a probabilidade de sofrer uma picada. Para prevenir as picadas de insetos, coloque em prática estas medidas:

  • Usar repelentes
  • Usar roupas claras
  • Não usar perfumes fortes (o odor do perfume atrai os mosquitos)

Link Útil

Remédio Caseiro para Picada de Inseto

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook

Última atualização da página em 12/08/19