Alergia ao calor: Conheça 7 Sintomas, Cuidados e como Tratar

O calor não é propriamente um tipo de alergia mas sim uma reação alérgica com vários sintomas. Alergias são reações de hipersensibilidade do nosso organismo.

O suor em excesso produzido pelo corpo durante o calor causa a alergia

O nosso corpo responde negativamente a corpos e substancias estranhas, desencadeando assim reações normais de alergia.

Durante o período alérgico as células do organismo do nosso sistema imunitário desenvolvem meios de proteção e formas de combater determinadas coisas estranhas.

Ao desencadearem este tipo de reações o corpo fica alerta e liberta substancias que lesam e diminuem os tecidos do corpo e o sistema imunológico, tornando-o mais vulnerável.

Durante o processo inflamatório as glândulas sudoríparas, responsáveis pelo fabrico do suor, atuam e provocam irritação externa leve ou grave.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) avisa que a reação alérgica ao calor é muito comum na maior parte dos Países Mundiais. Só no Brasil 30% da população padece destes sintomas.

A maioria das pessoas não se apercebe dos sintomas quando estes se manifestam de maneira leve e não os tratam, desconhecendo assim a verdadeira origem dos problemas.

Ou então associam a outra patologia com sintomas comuns.

A miliária (mais conhecida por brotoeja) é a reação ao calor mais conhecida e mais comum. Manifesta-se sobretudo em bebes e crianças pequenas e de tenra idade.

Durante os dias mais quentes ocorrem uma serie de alergias e reações alérgicas ao calor.

Sintomas

  • Bolhas e bolinhas vermelhas na pele (que quando expostas ao sol transpiram e agravam ainda mais)
  • Coceira
  • Dificuldades em respirar
  • Urticaria
  • Formação de crostas
  • Feridas mais ou menos graves
  • Queimaduras solares de vários níveis e graus

O que provoca alergia ao calor

  • Suor excessivo
  • Clima
  • Uso de roupas sintéticas ou apertadas
  • Uso de bijuterias
  • Picadas de insetos
  • Exposição excessiva ao sol e ao calor

O suor e as glândulas sudoríparas entopem os poros e não deixam sair o calor e a transpiração corretamente dando origem à formação de bolhas na pele, mais comuns nas crianças.

O calor consegue desenvolver vários tipos de alergias bastante diferentes e cada qual com a sua gravidade.

A dermatite de contato muito comum é causada pelo uso de bijuterias e roupas apertadas e sintéticas em dias de muito calor. É o contato direto com a pele que a provoca.

Precauções a tomar

  • Evitar usar cremes gordos e gordurosos
  • Hidratar bem a pele
  • Banhos frios
  • Beber muita água (mantem a pele hidratada e não deixa o corpo desidratar)
  • Evitar a transpiração excessiva
  • Usar roupas leves, soltas, largas e de algodão (ajudam a eliminar o suor e a transpiração)
  • Evitar sair à rua nas horas de maior calor

Tratamento para Alergia ao calor

  • Sabonetes desinfetantes e sabonetes adstringentes
  • Antibióticos de uso tópico e de uso sistémico
  • Mezinhas e chás caseiros
  • Cremes para aliviar os sintomas e dar frescura
  • Cremes e pomadas hidratantes e refrescantes
  • Gotas e líquidos adstringentes

Recomendado: 10 Remédios Caseiros para Dermatite de Contato

Em alguns casos é preciso medicação prescrita por um dermatologista.

Tenha em atenção que todas as dicas e conselhos aqui dados não substituem de maneira nenhuma a consulta do médico de família ou de um dermatologista.

Pode ainda pedir ajuda a um farmacêutico experiente pois ele saberá indicar os medicamentos mais eficazes para a sua sintomatologia.

Acima de tudo não desespere, nem entre em pânico ou em estado de ansiedade. Tem sobretudo é de agir aos primeiros sintomas.

Procure ajuda especializada e siga as instruções detalhadamente.