-->Alergias - Causas das alergias

Alergias – Conheça as Causas

Publicado em 07/06/2010. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

Alergias – O perigo mora em sua casa

Coceirinha no nariz, incômodo na garganta, no céu da boca e nos olhos e uma interminável sequência de espirros. Um ritual irritante para quem vive nos grandes centros urbanos e convive diariamente com a poluição, o ar condicionado e sofre de alergia respiratória, um mal que não tem cura, é herdado (se seus pais tem, você também pode ter) e em geral, tem seus sintomas manifestados na infância e na adolescência.

Cerca de 30% da população do planeta é alérgica. Entre os brasileiros, estima-se que de 8 a 20% enfrentam alergias respiratórias em seu cotidiano. Embora a maior parte das alergias não possua riscos graves, elas podem ser muito desconfortáveis.

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste Guia

Quais são as causas das alergias?

Poucas pessoas se dão conta de que os maiores inimigos moram em casa. Fumaça, pêlos, pedaços de tecidos, mofo, além de urina, fezes, saliva e pêlo de animais são os principais fatores que causam a alergia. Mas o maior vilão da história é mesmo o pó, que faz parte da vida das pessoas, pois está presente em cortinas, tapetes, bichos de pelúcia. Basta uma partícula para dar início às crises de rinite alérgica e asma brônquica, as alergias mais conhecidas.

Essas alergias podem desencadear outros problemas. Quem tem rinite alérgica pode vir a sofrer de inflamação no ouvido, sinusite e até alteração na arcada dentária, pois dorme com a boca aberta. Quem sofre de asma brônquica precisa ter cuidado, uma crise mais forte é fatal, pois pode acontecer a falta de oxigenação e a retenção de gás carbônico nos brônquios.

Limpeza geral

Os especialistas afirmam que a alergia será uma eterna companheira, mas isso não impede que o alérgico leve uma vida normal. Para isso alguns cuidados precisam ser tomados, principalmente no quarto do alérgico:

Móveis – De madeira ou metal. Devem ser esfregados semanalmente com pano úmido.

Cama – Dê preferência ao edredon e encape-o. Mude os lençóis todas as semanas e areje diariamente. O colchão deve ser aspirado freqüentemente e arejado todos os meses.

Chão – Nada de carpete. Prefira madeira, lajota ou pedra.

Janelas – Abra todos os dias para ventilar e entrar sol.

Cortinas – Prefira as persianas. Cortinas de tecidos acumulam muito pó.

Roupas – Embale-as com capas plásticas e mantenha as portas do armário fechadas.

Ler Também:

Remédio Caseiro para Alergia de Pele

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.