Alimentação dos 0 aos 6 Meses do Bebê

A alimentação dos 0 aos 6 meses do bebê deverá ser uma alimentação bem cuidada, mas deverá ter-se o cuidado para que não seja exagerada e para que sejam introduzidos os alimentos certos nas alturas certas.

O leite materno (a amamentação) será, de todo, o alimento ideal para o bebê ingerir nos seus primeiros meses de vida. Na maioria dos casos, este acaba mesmo por ser o único alimento que o bebê ingere durante este período.

Isto porque o sistema digestivo do bebê não se encontra geralmente preparado para alimentos mais compostos, e também porque o leite materno garante o fornecimento dos nutrientes necessários para a criança.

Na verdade, este leite fornece nas quantidades e na forma adequada todos os nutrientes que o bebê nesta fase da sua vida necessita.

Para além disso, nesta altura o bebê está já pronto para conseguir fazer bem o movimento de sucção e ainda não o movimento de mastigação, o que torna o leite materno a escolha ideal.

Com o crescimento do bebê, o leite materno deixa de ser necessário para cobrir as suas necessidades nutricionais, embora até aos 12 meses de idade o leite continue a conseguir cobrir todas as necessidades que surjam.

No entanto, podem introduzir-se a meio deste período alguns alimentos ainda não sólidos, e nomeadamente alimentos que sejam macios, pastas, ou alimentos que sejam passados, no entanto sem exageros.

Um factor que pode fazer com que na fase final dos primeiros 6 meses de vida já possam introduzir-se outro tipo de alimentos é o facto de os rins e o sistema digestivo do bebê apresentar já algum desenvolvimento.

Esta introdução de novos alimentos deverá sempre ser gradual, e idealmente sempre acompanhada de forma adequada por um pediatra.

A partir dos 4 meses de idade o bebê poderá já conseguir deglutir, o que facilita a introdução de alimentos semi-sólidos na sua alimentação.