Dieta para Gota: Alimentos Bons e Alimentos a Evitar

A dieta para a gota é um tipo de alimentação por vezes necessária quando se sofre desta doença inflamatória tão comum quanto desconfortável. Existem opções limitadas de tratamento, no entanto, ajustar o cardápio alimentar pode fazer toda a diferença na prevenção de crises.

Gota E Dieta

A gota é uma forma de artrite na qual o excesso de ácido úrico começa a ser depositado em algumas articulações, resultando em inchaço, dor intensa, desconforto e limita a amplitude do movimento.

Os sintomas mais comuns incluem inchaço, vermelhidão e dor nas extremidades, particularmente nos dedos dos pés, nos calcanhares e nos cotovelos. No passado foi chamada de “doença do homem rico” ou “doença dos reis”, uma vez que os alimentos ricos em gordura são muitas vezes um fator contribuinte para o desenvolvimento da gota.

Se não tratada, a doença pode causar efeitos colaterais a longo prazo nos rins e danos permanentes nas articulações.

Embora existam alguns medicamentos que consigam limitar ou reduzir os níveis de ácido úrico no organismo, muitas das abordagens de tratamento recomendadas são baseadas no estilo de vida, como mudar a dieta.

Alimentação para Gota

A dieta para a gota deve incluir a ingestão equilibrada de nutrientes e evitar alimentos inflamatórios, como o pão e cerveja, e incluir alimentos com baixo teor de gordura e outros alimentos que não se decompõem em ácido úrico dentro do corpo.

Alimentos Permitidos

A dieta para gota deve incluir alimentos saudáveis ​​como:

  • Espinafre
  • Frutas
  • Vegetais
  • Legumes
  • Nozes
  • Grãos integrais
  • Laticínios com baixo teor de gordura
  • Ovos
  • Ervas e especiarias
  • Café
  • Cerejas
  • Óleos vegetais
  • Espargos

Alimentos proibidos para gota

Alimentos como a carne vermelha, cerveja, licor e frutos do mar, bem como xarope de milho rico em frutose, podem todos eles aumentar o risco de deposição de ácido úrico.

O peixe contém níveis elevados de purina, que se decompõe em ácido úrico dentro do corpo. A lista de alimentos que fazem mal é fornecida abaixo:

  • Carne de caça
  • Peixe
  • Carne organica
  • Frutos do mar
  • Fermento
  • Atum
  • Álcool
  • Bebidas açucaradas
  • Alimentos processados ​​e fast food

Alimentos para comer com moderação

  • Tetraz (Tetrao urogallus) Grande galináceo
  • Carneiro
  • Bacon
  • Peru
  • Salmão
  • Truta
  • Ganso
  • Perdiz
  • Eglefim, hadoque ou arinca
  • Faisão

Cardápio da Dieta para Gouta

Se pretende reduzir os sintomas de gota, tente seguir este cardápio durante uma semana. Se encontrar alívio da dor, tente fazer desta dieta uma parte quase permanente da sua vida!

Dia 1, 3, 5 e 7

Café da manhã: Torrada integral (2 fatias), 1 xícara de iogurte sem açúcar, 1 xícara de chá verde, 1 xícara de água morna misturada com suco de limão (para ser consumida depois de comer).

Almoço: 3 onças de salmão (85 gramas), 2 fatias de pão de grão integral, 2 tomates, 1 pepino e suco de limão como molho.

Jantar: 1/2 xícara de feijão verde, 60 gramas de frango assado, pão integral, 1 xícara de leite, 1 xícara de água morna.

Dia 2, 4 e 6

Café da manhã: 1 xícara de cerejas, 1 xícara de melão e 1 pepino, bem como um copo de leite desnatado e chá de ervas sem cafeína.

Almoço: 2 bananas, 1 pão integral, 85 grmas de frango com baixo teor de sódio (pouco sal) e 2 copos de água morna.

Jantar: 1/2 xícara de macarrão, 1 copo de suco de cereja, uma salada mista de verduras e 1 xícara de iogurte sem açúcar para a sobremesa.

Mudanças no estilo de vida

Realizar mudanças na dieta já é um começo bastante positivo, no entanto, existem outras formas de reduzir os sintomas de gota, como manter-se hidratado, exercitar-se regularmente, limitar a ingestão de álcool e perder peso.

Hidratação: Consumir líquidos suficientes ajuda o corpo a expulsar o excesso de ácido úrico presente no organismo, induzindo a micção. Sabendo isto, certifique-se de manter-se hidratado!

Exercício: Uma excelente forma de melhorar a circulação e evitar a deposição de cristais de ácido úrico nos ossos é aumentar os níveis de atividade física.

Perda de peso: O excesso de peso pode levar a inflamação, má circulação sanguínea e a um maior risco de gota. É também um sinal de que não está a seguir uma dieta particularmente saudável, o que pode piorar os sintomas da gota.

Álcool: A ingestão de álcool é um dos principais contribuintes para o desenvolvimento de gota. Sabendo isto, ao consumir menos álcool em todas as suas formas, terá uma boa hipótese de manter as crises de gota sob controle.

Tente o extrato de semente de aipo para a gota, e dor nas articulações

Extrato De Semente De Aipo é Bom Para A Gota

“O extrato de semente de aipo ajudou na minha gota, a dor no joelho que persistia diminuiu quase completamente”.

O Aipo (Apium graveolens) é um vegetal que remonta há muitos séculos. As sementes têm sido extremamente apreciadas pela sua capacidade de diminuir a inflamação (Progress in Drug Research, online, 31 de julho de 2015).

Os Níveis elevados de ácido úrico são os responsáveis ​​pela gota. O aipo contém um ingrediente que inibe a enzima xantina oxidase, que produz ácido úrico no organismo (Food Chemistry, 15 de dezembro de 2013).

Veja outras dicas em Remédios caseiros para gota.