Amamentação após Proteses de Silicone, Implantes Mamários

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Informações sobre a amamentação após proteses de silicone, implantes mamários, mamoplastia de aumento, mamoplastia de redução e mastopexia.

Posso amamentar o meu bebé se tiver implantes mamários?

Sim. Deverá ser capaz de amamentar se os mamilos não tiverem sido alterados durante a cirurgia mamária. Não deverá haver qualquer problema com a amamentação se na cirurgia não tiverem sido cortados ductos lácteos ou determinados nervos.

O que é que preciso saber se tiver implantes mamários e quiser amamentar?

Os implantes de silicone ou de conteúdo salino, são os tipos mais comuns de implantes mamários. Pergunte ao médico que a operou, que tipo de implantes é que tem. Pergunte se os mamilos foram alterados, ou se foram cortados ductos lácteos durante a cirurgia. Verifique qual a empresa que produziu o seu implante, e em que mês e ano é que o colocou. Se pretender informações específicas escreva ou telefone para a empresa para colocar algumas questões.

Como é que sei se os meus implantes mamários em silicone deixam passar slicone para o bebé?

Os implantes mamários de silicone deixam escapar pequeníssimas quantidades de silicone. Alguns medicamentos, alimentos e produtos cosméticos (“maquilhagem”) também incluem silicone. Não existe nenhum teste simples que permita saber se tem silicone no corpo ou no leite mamário.

Se tiver implantes mamários de silicone será mais seguro alimentar o meu bebé com leite artificial do que amamentar?

Os implantes mamários em silicone são utilizados em mulheres há mais de 20 anos. Não se sabe ainda se o silicone do implante consegue passar para o leite materno e eventualmente, prejudicar o seu bebé. Mas não existe até à data qualquer referência de um bebé ter sido prejudicado por silicone no leite da sua mãe.

Alimentar o seu bebé com leite artificial não significa que este fique isento de problemas de saúde. Certos estudos referem que os bebés alimentados com leite artificial terão maior probabilidade de ter problemas de saúde graves, como por exemplo diabetes.

O leite materno tem anticorpos que protegem o bebé de determinadas doenças. Os anticorpos são substâncias produzidas pelo seu organismo para combater antigénios (substâncias estranhas ao organismo, como por exemplo bactérias). O seu bebé recebe esta protecção sempre que for alimentado com leite materno. Um bebé alimentado com leite materno costuma ter menos constipações, otites ou outras infecções, em comparação com um bebé alimentado com leite artificial.

Os bebés não são alérgicos ao leite materno, mas podem ser alérgicos ao leite de vaca incluído no leite artificial. O bebé metaboliza melhor as proteínas e as gorduras do leite materno comparadas com a fórmula de leite de vaca. Isto torna menos provável que o seu bebé tenha cólicas, gases, ou problemas de rejeição. O leite materno também tem vitaminas e minerais especiais que ajudam o cérebro do bebé a crescer.

Fale com o seu médico e com o pediatra do seu bebé sobre a amamentação no caso de ter implantes mamários em silicone. Recolha o máximo possível de informação para a ajudar a decidir sobre o que é melhor para si e para o bebé.