Anel vaginal: O que é, como usar, eficácia e efeitos secundários

Publicado em 16/01/2019. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 17 janeiro 2019

O que é? O anel vaginal, também conhecido como anel intravaginal, é um método contraceptivo de longo prazo formado por um anel transparente e flexível, com cerca de cinco centímetros de diâmetro, que a mulher deve colocar na vagina no início do ciclo menstrual. Durante 21 dias o anel libera progestogênio etonogestrel e estrogênio etinilestradiol, dois hormônios sexuais femininos. Estes, ao entrarem na corrente sanguínea, impedem a ovulação, modificando o revestimento do útero e o muco do colo do útero.

Publicidade

Anel Vaginal

Modo de uso

Uma vez colocado no interior da vagina, o anel vaginal deve permanecer lá por 3 semanas. Após 21 dias, a mulher deve removê-lo e descansar durante uma semana, voltando a colocar um novo anel sete dias depois. Este método contraceptivo deve ser colocado e removido sempre no mesmo dia da semana e à mesma hora.

Normalmente, a menstruação demora dois ou três dias para aparecer após a remoção do anel. A menstruação geralmente dura cerca de uma semana.

Preço e onde comprar

O anel pode ser adquirido na maioria das farmácias, sem necessidade de prescrição médica. Dependendo da marca do contraceptivo o preço pode variar entre os 35 e os 70 reais. O Nuvaring e o Circlet são os mais conhecidos.

Eficácia

O nível de eficácia do anel vaginal é de 99,7 por cento, semelhante à pílula anticoncepcional. No entanto, ele não protege a mulher contra doenças sexualmente transmissíveis.

Conselhos de uso

Antes de começar a usar o anel vaginal: O primeiro passo que a mulher deve tomar é ir ao ginecologista, para saber o melhor momento para começar a usá-lo. Além disso, seu uso também dependerá se a mulher já usou um método preventivo diferente, se teve um parto recentemente ou se teve um aborto.

Geralmente a mulher precisa usar um método anticoncepcional alternativo durante a primeira semana de uso do anel vaginal, mas não pode usar o diafragma ao mesmo tempo.

Em que mulheres está indicado?

Está indicado em mulheres de qualquer idade que não tenham contra-indicações para o seu uso. Ou seja, mulheres práticas que buscam um método anticoncepcional eficaz, bem tolerado, que não altere seu peso corporal, que seja simples, confortável, discreto, fácil de usar e que também não precise ser lembrado diariamente.

Como colocar o anel vaginal

Para introduzir corretamente o anel vaginal, recomenda-se que a mulher se deite de costas com os joelhos levantados ou fique em pé e coloque um pé em cima de uma cadeira, degrau ou outro objeto.

Publicidade

De seguida deve dobrar o anel (como mostra a imagem no início do artigo) segurando-o nas laterais entre o polegar e o indicador e inseri-lo na vagina. Quanto mais profundo inserir, menos desconforto terá.

Quando passarem 3 semanas, a mulher deve removê-lo, enganchando o dedo indicador nele ou puxando-o com o dedo indicador e o polegar.

Não se preocupe, já que a posição exata do anel na vagina não condiciona o seu funcionamento.

O que fazer se o anel sair

Existe perigo do anel sair ao remover um tampão (absorvente íntimo), durante um movimento intestinal, ou quando ele não é colocado corretamente na vagina. Também pode sair simplesmente durante a relação. Nestes casos, ele deve ser bem lavado com água fresca ou morna, nunca quente, e colocado de novo na vagina o mais rápido possível.

Se o tiver perdido, poderá colocar um novo e removê-lo no mesmo dia em que removeria o anterior. O anel deve ser colocado dentro da vagina em um período máximo de três horas após a sua saída.

Publicidade

Se esquecer de colocar o anel após a pausa

Existe o risco de gravidez se a mulher se esquecer de introduzir um novo anel uma semana depois de ter removido o anterior e ter praticado relações sexuais durante essa semana. Nestas situações, os especialistas recomendam a realização de um teste de gravidez e, se a mulher não estiver grávida, deve colocar um novo anel o mais rápido possível.

Se esquecer de remover o anel

Se a mulher se esquecer de remover o anel e tiver decorrido menos de uma semana, terá que removê-lo o mais rápido possível e colocar um novo uma semana depois. Se tiver decorrido mais de uma semana e a mulher tiver realizado relações nesse período, existem algumas probabilidades de gravidez. Nestes casos, os especialistas recomendam a realização de um teste de gravidez e, se a mulher não estiver grávida, deve retirá-lo o mais rápido possível, aguardar uma semana, e colocar um novo anel.

Vantagens e desvantagens

Vantagens: É um método cômodo, já que, a maioria das usuárias considera fácil sua inserção e remoção. Além disso, apresenta menor probabilidade de esquecimento quando comparado com a pílula, e a sua eficiência máxima é de 99,7 por cento.

Desvantagens: A principal desvantagem do método é ele não proteger a mulher contra infecções sexualmente transmissíveis. Além disso, algumas mulheres têm dificuldade na sua manipulação genital, e a liberação hormonal do método pode desencadear alguns efeitos secundários.

Possíveis efeitos colaterais

Os sintomas comuns de que algo não está bem incluem,  inchaço, vermelhidão, irritação, ardor, risco de infecção na vagina, corrimento, sangramento vaginal ou pequenas manchas que não correspondem ao período, dor de cabeça, corrimento nasal, dor de estômago, vômitos, alterações no apetite, ganho ou perda de peso, inchaço no estômago, nervosismo, aumento dos seios, crescimento de pelos na face, perda de cabelo no couro cabeludo, acne ou alterações no desejo sexual.

Publicidade

Dúvidas frequentes

Posso usar tampões enquanto uso o anel vaginal? Sim, o uso de absorvente íntimo é compatível com o método nos casos excepcionais em que a mulher apresenta sangramento vaginal enquanto o usa.

Ele pode cair uma vez colocado? A expulsão espontânea anel é muito rara, já que, a posição da vagina e os músculos em redor dela sustentam-no naturalmente.

Posso fazer exercício, praticar esportes e dançar usando o método? Sim, a mulher pode praticar esportes e dançar porque o anel foi especialmente adaptado à anatomia da vagina. Portanto, ele não é expulso espontaneamente.

Pode afetar o meu peso? Ele não tem qualquer efeito no peso, portanto, as mulheres que o usam não ganham nem perdem peso. A dose de hormônios liberada é tão baixa que não provoca qualquer influência no peso.

Por que as mulheres preferem usar o anel em vez outros métodos contraceptivos? Porque ele é tão seguro e eficaz quanto a pílula, mas evita a mulher ter que tomá-lo todos os dias. Além disso, é muito fácil de inserir.

O homem sente o anel durante a relação? Em alguns casos sim. Estudos mostram que, cerca de 32 por cento dos homens sentem-no durante a relação.

Se eu quiser engravidar, quando ocorrerá o retorno da fertilidade? O anel vaginal é um método reversível. Isso significa que quando a mulher o deixar de usar, recupera totalmente a sua fertilidade anterior.

Saiba mais sobre:
Publicidade

Anel vaginal: O que é, como usar, eficácia e efeitos secundários