Anisocoria

A anisocoria refere-se ao tamanho desigual das pupilas. A pupila é a zona preta no centro do olho. Ela torna-se maior com luz fraca e menor com luz brilhante.

Considerações

Pequenas diferenças nos tamanhos das pupilas encontram-se em 1 em cada 5 pessoas saudáveis. Geralmente, a diferença de diâmetro é inferior a 0,5 mm, mas pode chegar a 1 mm (0,05 polegadas). Bebés nascidos com pupilas de diferentes tamanhos podem não ter qualquer doença subjacente.

Se outros membros da família também tiverem pupilas semelhantes, então a diferença do tamanho da pupila é possivelmente genética e não existem razões para preocupação.

Para além disso, por razões desconhecidas, as pupilas podem temporariamente (intermitente) diferirem de tamanho. Se não existirem outros sintomas e se as pupilas regressarem ao normal, então a situação não merece preocupação.

Tamanhos desiguais das pupilas com mais de 1 mm que se desenvolvem já na idade adulta e não regressam ao tamanho anterior podem ser um sinal de uma doença no olho, cérebro, vasos sanguíneos ou sistema nervoso.

Causas da anisocoria

O uso de colírios é uma causa comum de mudança inofensiva no tamanho da pupila. Outros medicamentos que podem alcançar os olhos, incluindo o medicamento usado nos inaladores para a asma, podem alterar o tamanho da pupila. Outras causas de tamanhodesigual da pupila podem incluir:

• aneurisma
• hemorragia dentro do crânio causada por traumatismo craniano
• tumor cerebral ou abscesso
• excesso de pressão num olho causada por glaucoma
• aumento da pressão intracraniana
• infecção das membranas que envolvem o cérebro (meningite ou encefalite)
• enxaqueca
• convulsões (a diferença no tamanho da pupila pode permanecer muito tempo depois da convulsão terminar)
• um tumor, massa, ou gânglios linfáticosna parte superior do tórax ou gânglios linfáticos que causam pressão sobre um nervo podem causar diminuição da transpiração, uma pupila pequena ou descaimento da pálpebra no lado afectado (síndrome de Horner)

Tratamento em casa

O tratamento depende da causa da anisocoria. Você deve consultar um médico se sofrer de mudanças bruscas no tamanho da pupila.

Quando entrar em contacto com um profissional médico

Você deve consultar um médico se sofrer dealterações persistentes, inexplicáveis ou súbitas no tamanho da pupila. Novo desenvolvimento de pupilas de diferentes tamanhos pode ser sinal de uma condição muito séria.

Se você ficar com diferentes tamanho de pupila após uma lesão ocular ou na cabeça, procure ajuda médica imediatamente. Procure imediatamente atendimento médico sempre que um caso de alteração do tamanho da pupila ocorra juntamentecom:

• visão turva
• visão dupla
• sensibilidade dos olhos à luz
• febre
• dor de cabeça
• perda de visão
• náuseas ou vómitos
• dor ocular
• torcicolo

O que esperar da sua visita ao médico

O seu médico irá realizar um exame físico e fazer perguntas acerca dos seus sintomas e historial médico, incluindo:

• Esta situação é nova para si ou as suas pupilas já tiveram diferentes tamanhos antes?
• Quando é que começou?
• Que outros sintomas tem?
• Sofre de dor de cabeça?
• Sofre de enjoo?
• Sofre de vómitos?
• Tem visão turva?
• Tem visão dupla?
• Tem febre?
• Sofre de rigidez no pescoço?
• Os seus olhos estão sensíveis à luz (fotofobia)?
• Tem dores nos olhos?
• Ocorreu perda da visão?

Os testes que podem ser feitos incluem:

• análises ao sangue, por exemplo um hemograma completo e diferencial sanguíneo
• análises ao fluido cefalorraquidiano (punção lombar)
• tomografia computadorizada (TAC) à cabeça
• EEG (Electroencefalograma)
• ressonância magnética à cabeça
• tonometria (se houver suspeita de glaucoma)
• Raio-X ao pescoço

O tratamento depende da causa do problema.

Nomes alternativos
Aumento de uma pupila; pupilas de tamanho diferente.