-->Apneia do Sono em Bebê - Educar Saúde

Apneia do Sono em Bebê

Publicado em 01/09/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

A apneia do sono em bebê é um problema que se caracteriza por uma interrupção da respiração durante o sono do bebê. Este problema é um problema que poderá ocorrer também em adultos, e não apenas nos bebês.

No entanto, apesar de o problema poder ocorrer em qualquer idade, é mais frequente que ocorra em crianças que tenham menos de 6 anos de idade.

Quando o problema da apneia do sono não é tratado atempadamente e de forma eficaz, podem surgir problemas derivados desta apneia.

Nomeadamente, poderá ocorrer um atraso no desenvolvimento e crescimento do bebê, e alguns danos ao nível cerebral, derivados da falta de oxigénio no cérebro por causa da falta de respiração.

A hipertensão pulmonar é outro problema que poderá também surgir nestas situações.

Quanto aos problemas de crescimento referidos, estes ficam a dever-se à falta de produção adequada da hormona do crescimento, pois durante o sono esta hormona é produzida e a falta de respiração prejudica e muito a sua produção.

Sintomas de apneia do sono em bebê

Relativamente aos sintomas que poderão indicar o surgimento de apneia do sono, incluem-se os seguintes sintomas:

  • Agitação anormal durante os períodos de sono;
  • Ronco na respiração;
  • Respiração pela boca da criança e não pelo nariz;
  • Produção de suor excessivo durante a noite;
  • Hiperactividade;
  • Falta de atenção e dificuldades de concentração.

A criança deverá ser levada ao pediatra da forma mais breve possível assim que surjam alguns ou todos estes sintomas, para que o problema possa ser diagnosticado e tratado atempadamente e sem consequências de maior.

Causas de apneia do sono em bebê

A apneia do sono nos bebês poderá ter origem em diversas causas, sendo que no entanto as causas mais comuns são as seguintes:

  • Obesidade;
  • Doenças ao nível neurológico e muscular;
  • Aumento do tamanho normal das adenóides e amígdalas;
  • Malformações cranianas e ao nível da face.

Problemas respiratórios crónicos como é o caso da asma poderão também causar a apneia do sono, bem como pneumonias ou bronquiolites.

Tratamento para apneia do sono em bebé

Os tratamentos para apneia do sono poderão variar, dependendo da gravidade do problema e das suas causas.

Geralmente, recorre-se a medicamentos que poderão ajudar a melhorar o estado da apneia e melhorar a qualidade de vida da criança.

Para além disso, a cirurgia poderá também ser uma opção a ter em conta. Cirurgias que impliquem a retirada das amígdalas e adenóides são frequentes, e poderão a ajudar a que a criança tenha uma boa qualidade de vida.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook