-->Artrite - Tratamento, sintomas, causas, tipos, prevenção e cirurgia

Artrite

Publicado em 21/08/2012. Revisado por Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704) a 18 dezembro 2018

A artrite consiste na inflamação de uma ou mais articulações. A articulação é a área onde dois ossos se encontram, unem. Existem mais de 100 tipos diferentes de artrite.

Causas da artrite

A artrite está relacionada com a degradação das cartilagens. A cartilagem normalmente protege a articulação, permitindo que esta se mova suavemente. A cartilagem também absorve o choque quando é colocada alguma pressão sobre a articulação, por exemplo quando você anda. Sem a quantidade normal de cartilagem, os ossos friccionam, causando dor, inchaço (inflamação) e rigidez nas articulações.

A inflamação articular pode ser o resultado de:

• Uma doença auto-imune (o sistema imunológico do corpo ataca equivocadamente o tecido saudável)
• osso partido
• desgaste geral nas articulações
• infecção, geralmente devido a bactérias ou vírus

Normalmente a inflamação articular (artrite) desaparece após o desaparecimento da causa ou depois de ser tratada. Por vezes isso não acontece, o que significa que você passará a sofrer de artrite crónica. A artrite pode ocorrer em homens ou mulheres. A osteoartrite é o tipo mais comum. Consulte: Osteoartrose

Outros tipos mais comuns de artrite incluem:
• espondilite anquilosante
• artrite gonocócica
• gota
• artrite reumatóide juvenil (em crianças)
• Outras infecções bacterianas (artrite bacteriana não gonocócica)
artrite psoriática
• artrite reactiva (síndrome de Reiter)
• artrite reumatóide (em adultos)
• esclerodermia
• lúpus eritematoso sistémico

Sintomas da artrite

A artrite provoca dores nas articulações, inchaço, rigidez e limitação de movimento. Os sintomas podem incluir:

• dor nas articulações
• inchaço comum
• capacidade reduzida de movimentar a articulação
• vermelhidão da pele em torno de uma articulação
• rigidez, especialmente no período da manhã
• calor em torno de uma articulação

Exames e Testes de Diagnóstico

O seu médico irá realizar um exame físico e fazer perguntas sobre seu historial médico. O exame físico pode mostrar:

• Fluido em torno de uma articulação
• Dor, ardor e vermelhões nas articulações
• Dificuldade em mover uma articulação (chamado “gama limitada de movimento”)

Alguns tipos de artrite podem causar deformidades na articulação. Isto pode ser um sinal de artrite reumatóide grave não tratada. As análises ao sangue e as radiografias das articulações são muitas vezes feitas para verificar se existe infecção ou outras causas de artrite.

O médico também pode recolher uma amostra de líquido articular com uma agulha e enviá-lo para um laboratório para exame.

Tratamento da artrite

O objectivo do tratamento é reduzir a dor, melhorar o funcionamento e evitar mais lesões articulares. Geralmente a causa subjacente não pode ser curada.

Mudanças no estilo de vida

Mudanças no estilo de vida são o tratamento preferido para a osteoartrite e outros tipos de inflamação articular. Exercício pode ajudar a aliviar a rigidez, reduzir a dor e fadiga e melhorar a musculatura e força dos ossos. A sua equipa de saúde pode ajudar a criar um programa de exercícios indicado para si. Os programas de exercícios podem incluir:

• actividade aeróbica de baixo impacto (também chamado de exercício de resistência)
• exercícios de movimento que visam a flexibilidade
• treino de força para o tónus muscular

A fisioterapia pode ser recomendada. Esta pode incluir:

• Aplicações de calor ou gelo
• talas ou órteses para apoiar articulações e ajudar a melhorar a sua postura, o que muitas vezes é necessário para a artrite reumatóide
• terapia da água
• massagens

Outras recomendações:

• Abundância de sono. Dormir de 8 a 10 horas por noite e fazer sestas durante o dia pode ajuda-lo a recuperar de uma crise mais rapidamente e pode até ajudar a impedir reaparecimentos regulares.
• Evite permanecer na mesma posição por muito tempo.
• Evite posições ou movimentos que colocam esforço extra sobre as articulações doridas.
• Mude a sua casa de forma a tornar certasactividades mais fáceis. Por exemplo, instalar barras de apoio no chuveiro, na banheira e perto da sanita.
• Tente actividades para reduzir o stress, como yoga, meditação ou tai chi.
• Coma uma dieta saudável baseada em frutas e legumes, que contêm vitaminas e minerais importantes, especialmente vitamina E.
• Coma alimentos ricos em ácidos gordosomega-3, como peixes de água fria (salmão, cavala e arenque), linhaça, colza, soja, óleo de soja, sementes de abóbora e nozes.
• Aplique creme de capsaicina sobre as articulações onde sente dor. Pode sentir melhoras após aplicar o creme entre 3-7 dias.
• Perca peso, se estiver com peso a mais. A perda de peso pode melhorar significativamente a dor articular nas pernas e nos pés.

Medicamentos

Podem ser prescritos medicamentos para além das mudanças no estilo de vida. Todos os medicamentos têm riscos, uns mais que outros. É importante que você seja acompanhado de perto por um médico quando tomar medicamentos para a artrite. Geralmente, medicações sujeitas a receita médica são recomendadas em primeiro lugar:

• O paracetamol (Tylenol) é geralmente tentado primeiro. Tome até 4 gramas por dia (dois Tylenol a cada 8 horas). Não tome mais do que a dose recomendada nem tome o medicamento juntamente com uma grande quantidade de álcool. Se o fizer, pode danificar o seu fígado.

• A aspirina, ibuprofenoou naproxeno são anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) que podem aliviar a dor da artrite. No entanto, eles têm muitos potenciais riscos, especialmente quando são usadosdurante um longo período de tempo. Os efeitos secundários potenciais incluem ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, úlceras estomacais, hemorragia do trato digestivo e lesões nos rins.

Os medicamentos prescritos incluem:

Medicamentos biológicos são usados no tratamento de artrite auto-imune. Eles incluem o etanercept (Enbrel), infliximab (Remicade), adalimumabe (Humira), abatacept (Orencia), rituximab (Rituxan), golimumab (Simponi), pegol (Cimzia) e tocilizumab (Actemra). Estes medicamentos podem melhorar a qualidade de vida de muitos pacientes, mas podem ter efeitos secundários graves.

• Os corticosteróides (“esteróides”) ajudam a reduzir a inflamação. Eles podem ser injectados nas articulações onde existe dor ou administrados por via oral.

• Os medicamentos anti-reumáticos modificadores da doença são usados para tratar a artrite auto-imune. Eles incluem o metotrexato, sais de ouro, penicilamina, sulfasalazina e hidroxicloroquina.

• Os imunossupressores como a azatioprina ou ciclofosfamida são usados para tratar pacientes com artrite reumatóide quando outros medicamentos não funcionam.

É muito importante tomar os medicamentos conforme indicado pelo seu médico. Se está a ter dificuldade em fazê-lo (por exemplo, por causa dos efeitos secundários), deve falar com seu médico. Certifique-se também que o seu médico sabe de todos os medicamentos que está a tomar, inclusive vitaminas e suplementos comprados sem receita médica.

Cirurgia e outros tratamentos

Em alguns casos, uma cirurgia pode ser realizada se outros tratamentos não funcionaram. Isto pode incluir:

• artroplastia para reconstruir a articulação
• substituição da articulação, como uma substituição total da articulação do joelho

Remédios caseiros – A sua farmácia em casa

Remédio Natural para Artrite
Remédio Caseiro para Tratamento da Artrose
Abacaxi combate artrite

– Alimentos e Substâncias Benéficas para tratar ou prevenir artrite e artrose: Tanchagem, Vitamina D, Açafrão da Índia, Groselha Espinhosa
– Doenças Relacionadas: Artrite Reumatóide, Osteoartrose, Artrite Séptica, Artrite Psoriática, Artrite Gonocócica
– Medicamentos, sugestões de tratamento e dicas para se sentir melhor: Celecoxib, estimulação nervosa elétrica transcutânea, Osteopatia, Hidroterapia, Talassoterapia

Outros Tipos de Artrite

Artrite Reumatóide
Artrite Psoriática
Artrite Séptica
Artrite Reativa
Artrite Gonocócica
Espondilite Anquilosante
– Artrite piogênica aguda
– Artrite gotosa
Osteoartrose

Expectativas (prognóstico)

Alguns problemas relacionados com a artrite podem ser completamente curados com o tratamento adequado. A maioria das formas de artrite, contudo, são condições de longo prazo (crónica).

Possíveis complicações

As complicações decorrentes da artrite incluem:

• Dor a longo prazo (crónica)
• Deficiências físicas
• Dificuldade em executar as actividades diárias

Quando entrar em contacto com um profissional médico

Contacte o seu médico se:

• A dor nas articulações persistir por mais de 3 dias.
• Tem dores graves inexplicáveis na articulação.
• A articulação afectada está significativamente inchada.
• Tem dificuldade em mover a articulação.
• A pele em redor da articulação está avermelhada ou quente quando se toca.
• Tem febre ou está a perder peso sem intenção.

Prevenção da artrite

O diagnóstico e o tratamento precoce podem ajudar a evitar lesões articulares. Se você tiver um historial familiar de artrite, informe o seu médico, mesmo que você não tenha dor nas articulações. Evite o excesso de movimentos repetidos, isso pode ajudar a protegê-lo contra a osteoartrite.

Nomes alternativos
Inflamação das articulações.

Continua » 19 Óleos Essenciais para Artrite, Dores e Rigidez nas Articulações

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704)

Ortopedista e Traumatologista - CREMEC: 13177 TEOT(SBOT): 12704

O Dr. Davi Marinho de Araújo realizou a sua Graduação na Universidade Federal de Campina Grande, terminando o curso em 26 de abril de 2008. R. Aprigio Veloso, 882-Bodocongó Campina Grande PB (83) 2101 1000

Residência Médica

Ortopedia e Traumatologia : Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas (2009,2010,2011) Av.Gen. San Martin-Cordeiro Recife-PE 50630-060.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) - TEOT: 12704

Membro titular da Associação Brasileira Ortopédica de Osteometabolismo (ABOOM), e do Comitê de Doenças Osteometabólicas da SBOT.

Treinamento em cirurgia de Pé e Tornozelo no serviço de Ortopedia e Traumatologia da Clínica Alemana de Santiago-CH, International intership program at Traumatology Department, ankle and foot Unit with MD Cristian Ortiz as tutor.

Treinamento na Especialidade

CURSO INTERNACIONAL AO-HASTES INTRAMEDULARES, realizado no Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro RJ, 20 a 21 de maio de 2009.

AO PRINCIPLES OF FRACTURE TREATMENT COURSE, realizado em Fortaleza CE , de 4 a 6 de agosto de 2011.

CURSO AO TRAUMA PE E TORNOZELO, realizado em INDAIATUBA SP, de 24 a 26 de ABRIL de 2014.

CURSO AO TRAUMA AVANÇADO, realizado em RIBEIRAO PRETO SP , de 19 a 22 de AGOSTO de 2015.

Atividades laborais

Hospital Antonio Prudente, Fortaleza CE, atendimento clínico e procedimentos cirúrgicos, departamento de ortopedia e traumatologia, serviço de pé e tornozelo.

Membro titular do comitê de Ética Médica do Hospital Antonio Prudente, Fortaleza - CE, eleito para o atual biênio por processo eleitoral.

Hospital Gastroclinica, Fortaleza CE, atendimento clínico em emergência e procedimentos cirúrgicos.

Governo do Estado do Ceará , Policlínica Regional de Caucaia, médico ortopedista e traumatologista aprovado em concurso público.

Consultório Vittacura: Av Desembargador Moreira, 760 Meireles - Centurion Business Center - sala 809.

Também pode encontrar o Dr. Davi no Linkedin e no Google.