Banho de chocolate

O chocolate não é só um doce. É também um hidratante natural que o pode ajudar a manter a pele mais saudável e protegida. Tudo devido à sua gordura natural. Não acredita? Então veja como.

O chocolate deixou de ser um simples doce e passou a ser um dos ingredientes mais usados nos produtos para hidratar e massajar o corpo. Mas, comer chocolate não é só um momento de prazer, é também uma forma de se manter saudável. Combinado com óleos essenciais o chocolate tem uma acção especial sobre a pele – hidratando-a. Como? Através da gordura contida nas sementes do cacau, que são a matéria-prima do chocolate. Essa gordura forma uma barreira protectora que reduz a perda de humidade natural da pele. Mas, se tem a pele oleosa deve ser cauteloso com o banho de chocolate. Os produtos cosméticos à base de cacau são bastante gordurosos e, por isso, podem obstruir os poros e causar acne.

Seja através de um banho de chocolate ou uma limpeza de pele com manteiga de cacau não deixe de usufruir dos benefícios que o chocolate tem para lhe oferecer.

Como fazer?

Horas antes de tomar banho derreta algumas barras de chocolate, normalmente o usado em culinária, e deixe arrefecer. Depois cubra o corpo com o chocolate e deixe actuar durante 20 minutos. Enquanto espera pode ir preparando a água do banho onde vai enxaguar o corpo. Pode optar por um banho de imersão ou de chuveiro. A decisão é sua. Mas, para a ajudar deixamos-lhe algumas razões porque deve escolher um em vez de outro. E, mais do que isso, os procedimentos para o preparar.

Na banheira – efeito estimulante

Tangerina: coloque 8 a 10 gotas de óleo essencial de tangerina numa colher (sopa) de óleo vegetal de semente de uva e adicione à água do banho. No banho, junte 1 colher (sopa) de sal grosso numa rodela de tangerina ou laranja e, com as mãos em forma de concha, dê batidas leves nos braços e nas pernas, sempre de baixo para cima. Repouse na durante 20 minutos. Outro efeito: evita a retenção da água e activa a circulação.

Alecrim: introduza um ramo de alecrim fresco num litro de águaa ferver, abafe e deixe actuar por 20 minutos. De seguida, junte à infusão dois litros de água fria. Adicione à água do banho. Outro efeito: dissolve as energias negativas.

Na banheira – efeito calmante

Alfazema: mergulhe 50 g de folhas frescas num litro de água a ferver, abafe e deixe repousar durante 10 minutos. Coe e misture na água da banheira. Relaxe por 20 minutos. Outro efeito: alivia os estados depressivos.

Ylang-ylang: misture 1 chávena (chá) de sal grosso, 6 gotas de óleo essencial de ylang-ylang, 2 colheres (sopa) de mel, 2 colheres (sopa) de leite em pó. Acrescente a mistura à água quente da banheira. Outro efeito: hidrata a pele.

No duche

Nem sempre é possível tomar um banho de imersão. Mas isso não implica que deixe de usufruir do poder dos produtos naturais. Nessas situações prepare uma infusão de uma das ervas aconselhadas, coloque-a numa jarra e leve-a para o duche. No final do banho, derrame o líquido pelo corpo e deixe-o secar naturalmente.