Os Beneficios da couve

Conheça os verdadeiros beneficios da couve de nome cientifico (brassica oleracea). Existem mais de cem variedades.

Entre as mais conhecidas, estão: couve flor, couve lombarda, couve galega, brócolos, couve de bruxelas, etc. Têm um grande conteúdo em vitamina C. Evita e cura úlceras, fortalece o sistema imunológico, destrói bactérias e vírus, estimula o crescimento.

A couve é um extraordinário protector contra o cancro. O repolho, os brócolos, a couve-de-bruxelas e a couve flor fazem parte de uma familia de plantas chamadas Brassica; os cientistas sabem que as crucíferas, moléculas dos compostos alimentares, desempenham um importante papel nas lutas entre as células; estes compostos podem combater o cancro em qualquer fase do seu desenvolvimento.

O dr. Lee Wattenberg, professor de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Minnesota, realizou experiências para demonstrar que as substância químicas que se encontram nestes alimentos (repolho, brócolos e couves) penetram nas células vivas e travam a progressão do cancro.

O dr. Safon Graham, chefe da área de Medicina Social e Preventiva da Universidade Estatal de Nova lorque, descobriu
que consumir uma dose de repolho uma vez por semana pode reduzir a possibilidade de sofrer de cancro em
cerca de 66%.

O Instituto Nacional do Cancro dos Estados Unidos investe milhões de dólares em investigações sobre as crucíferas.
Muitos agentes anticancerígenos dos alimentos, entre eles os que se encontram nas crucíferas, desenvolvem a sua acção no sistema de desintoxicação do organismo.

CRUCÍFERAS ANTICANCERÍGENAS

As crucíferas anticancerígenas, são: agrião, brócolos, couve, couves-de-bruxelas, couve-flor (beneficios da couve flor), rabanete, mostarda, nabo, rabanete picante, repolho e rutabaga.

É um poderoso cicatrizante; o sumo protege as mucosas do estômago, pelo que alivia a gastrite e a acídez estomacal. É diurética e laxativa.

Cura a icterícia e doenças dos intestinos, úlceras do duodeno e o bócio. Demonstrou-se que tomar um pouco menos de um litro de sumo de couve por dia é o remédio mais rápido contra úlceras pépticas leves.

OS BENEFICIOS DE COMER COUVE CRUA

A couve crua é boa contra o escorbuto. O sumo destas folhas açucaradas cura os catarros brônquicos, e o da couve lombarda dado a crianças é um bom vermífugo. As folhas bem lavadas colocadas como cataplasma (lavam-se as folhas,
secam-se, tira-se a nervura central, trituram-se até que o sumo apareça à superfície e aplicam-se na zona afectada,
cobre-se com um pano grosso e prende-se sem pressionar) aliviam feridas, hemorróidas, enxaquecas, lumbago, dores
musculares, bronquite, afecções hepáticas, mordeduras de cães e úlceras varicosas, e também casos de gota e picadas
de insectos.

Consumida em sopas ou saladas acalma os nervos, elimina a insónia e o cansaço; aumenta o leite nas mães, são boas contra a obstipação. O sumo de folhas de couve esfregado na cabeça ajuda ao crescimento do cabelo. As folhas aplicadas na fronte baixam a febre.

COMER COUVE TRATA DORES DE CABEÇA

Contra enxaquecas: colocar na fronte folhas de couve ou argila. O dr. Blanc, que escreveu um livro sobre as propriedades medicinais da folha de couve, diz: “Cerca de 1880, um carroceiro de Mancenas, uma pequena aldeia do Doubs francês, caiu da carroça e a roda passou por cima de uma das pernas; a gravidade das lesões era tal que os médicos chegaram à conclusão de que era necessário amputá-la. Foi chamado um cirurgião de Montbéliard, que confirmou a indicação.

Decidiu-se fazer a operação no dia seguinte; foi então que o padre Loviar, pároco de Saint-Claude, aconselhou a mãe do ferido a que cobrisse o membro traumatizado com folhas de couve.

Eram cinco horas da tarde. Acalmado com este simples pacho, o ferido dormiu até à manhã seguinte; ao acordar, e perante o assombro da família e de um dos médicos, que chegou pouco depois para preparar a operação, estava em condições de mover a perna.

Sob as folhas de couve, impregnadas de uma importante serosidade sanguinolenta, a perna desinchada apresentava uma coloração normal. Oito dias depois, o ferido pôde regressar às suas ocupações.”

Propriedades da couve

Contém: água, glúcidos, proteínas, fibra, vitamina C, cálcio, fósforo, sódio, enxofre, iodo, potássio (350 mg).
É uma das verduras mais ricas em carotenos e agente anticancerígeno. É uma assombrosa fonte de clorofila.
A couve roxa é um bom remédio contra as doenças dos rins e excesso de ácido úrico. Cura úlceras.

Couve-de-bruxelas

Ricas em enxofre, potássio e vitaminas. Proporcionam altas doses de betacaroteno, com uma elevada percentagem de proteínas, recomendadas especialmente para pessoas com alterações do nível de açúcar no sangue; regulam as funções renais e digestivas por serem diuréticas e contribuem para a eliminação de toxinas.

Estimulam as defesas do organismo. Dos numerosos estudos realizados em todo o mundo, a maioria assinala que as
verduras são formidáveis agentes anticancerígenos; é da família das crucíferas. Há estudos segundo os quais as couves-
de-bruxelas destroem um dos carcinógenos mais virulentos do mundo, a aflatoxina (que com frequência contamina certos alimentos, como os amendoins, o milho e o arroz).

Atualização » Couve: Os 11 Benefícios Poderosos De Saúde, Informação Nutricional e Tipos