-->Beribéri - Educar Saúde

Beribéri

Publicado em 28/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Os bebés são seres especialmente sensíveis, e nestes a falta de alguns tipos de nutrientes ou vitaminas é muito mais notória do que em seres adultos, sendo as consequências potencialmente mais graves e os sintomas mais significativos.

Uma das doenças que poderá surgir por falta de vitaminas, e nomeadamente da vitamina B1 (tiamina) no organismo do bebé, é o beribéri. No entanto, é relevante dizer que esta doença ocorre também com alguma frequência em adultos, sendo que no presente texto iremos falar do caso geral e do caso específico para os bebés.

Esta doença pode caracterizar-se por alterações ao nível cardíaco, cerebral e ao nível do sistema nervoso, pois a vitamina B1 apresenta diversas funções relevantes no organismo humano e que ajudam a manter a regulação do mesmo.

Sintomas de Beribéri

O beribéri apresenta diversos sintomas, aos quais deveremos estar especialmente atentos para que a doença possa ser atempadamente e correctamente detectada e tratada.

Alguns dos sintomas mais relevantes são:

  • Dores nas pernas e nos pés;
  • Câimbras ao nível muscular na panturrilha;
  • Sensações de formigueiro nos pés, especialmente na zona dos dedos. Estas sensações são geralmente mais frequentes durante o período nocturno;
  • Confusão mental;
  • Visão dupla ou turva;
  • Laringite.

Causas do Beribéri

Conforme já foi referido acima, o aparecimento do beribérico está fortemente relacionado com a carência de vitamina B1. No entanto, não é necessariamente pela falta de ingestão de vitamina B1 que o problema pode aparecer.

Assim sendo, as principais causas que poderão dar origem ao beribéri são:

  • Carência do consumo de alimentos ricos em vitamina B1;
  • Incapacidade de absorção significativa da vitamina B1 por parte do intestino;
  • Casos de hipertiroidismo;
  • Casos de gravidez;
  • Febre;
  • Diarreias prolongadas.

Beribéri no bebé

Geralmente, o beribéri nos bebés ocorre durante o período de amamentação. O problema pode dever-se ao facto de o leite da mãe carecer da quantidade necessária de vitamina B1.

Geralmente, nos bebés verificar-se alguma insuficiência cardíaca, lesões nos nervos e potencial perda de capacidade vocal.

O problema do beribéri ocorre geralmente entre o segundo e o quarto mês de vida, no caso dos bebés.

Tratamento para Beribéri

Conforme poderá ser desde logo deduzido, um natural tratamento para o beribéri é a administração de suplementos ricos em vitamina B1.

Nomeadamente, costuma optar-se por uma administração intravenosa da vitamina, numa dose cerca de 15 a 20 vezes superior à dose diária recomendada, durante cerca de 3 dias.

Mais tarde e em casos menos graves a administração poderá ser feita por via oral.

Alimentos Ricos em Vitamina B1

Para além dos tratamentos acima referidos, existem alimentos que naturalmente contêm boas quantidades de vitamina B1.

Nomeadamente:

  • Carne de porco;
  • Legumes;
  • Cereais (integrais);
  • Levedura.
Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook