-->Bioplastia de Glúteos - Bumbum Turbinado Sem Cirurgia - Educar Saúde

Bioplastia de Glúteos – Bumbum Turbinado Sem Cirurgia

Publicado em 05/08/2012. Revisado por Equipe Editorial a 28 outubro 2018

Numa altura em que existem cada vez mais preocupações com a forma física e na busca de um corpo perfeito, vejamos aqui a bioplastia de glúteos, para obter um bumbum turbinado sem cicatriz e cirurgia.

Cada vez mais as mulheres procuram tratamentos e técnicas que lhes permitem ter um corpo cada vez mais atraente e igualmente com aspecto de estar cuidado, o que transmite também sobre uma pessoa, para além da imagem.

Aqui falaremos dos músculos dos glúteos. Estes músculos, que serão tradicionalmente por vezes conhecidos por “bumbum” num termo mais de gíria, são músculos que tendem a acumular muita gordura em seu redor.

Esta acumulação de gordura pode ficar a dever-se a diversos factores, entre os quais uma tendência natural para essa acumulação, associada à falta de exercício físico e à adopção de um estilo de vida demasiado sedentário.

Isto faz com que estes músculos tendam a ter alguma flacidez.

Este é um dos problemas que actualmente as mulheres mais procuram corrigir.

Trata-se aqui de uma questão de imagem, mas ao mesmo tempo de melhoria de auto-estima, satisfação pessoal, e satisfação com o seu corpo. As pessoas sentem-se melhor quando o seu corpo está bem.

Neste caso, pode-se dizer que um corpo são levará a uma mente sã, fazendo um trocadilho com um tradicional ditado.

Conheça 30 Alimentos que Aumentam os Glúteos em Poucas Semanas

A bioplastia é um recurso da medicina estética relativamente recente, e que pode levar a resultados bastante satisfatórios.

Através desta técnica pode-se conseguir o aumento e a definição da massa muscular de uma determinada zona, neste caso dos glúteos.

Esta técnica da bioplastia pode ser descrita como a injecção de polimetilmetacrilato na zona dos glúteos, que são capazes de moldar a musculatura desta mesma zona.

O tratamento produz um efeito relativamente natural, não transparecendo para fora nenhum aspecto de artificialidade.

Todas as pessoas poderão ser sujeitas a este tipo de tratamento, independentemente do seu tipo de pele, por exemplo, excepto em casos de infecções na zona ou outras complicações médicas do género.

Logo desde a fase inicial deste tratamento serão notadas melhorias, não sendo necessário esperar muito nem realizar um número de sessões muito elevado para começar a notar resultados significativos e animadores.

No entanto, existe uma restrição imposta por diversos motivos: este tipo de intervenção estética apenas deverá ser realizado em pessoas que tenham 18 anos ou mais, por questões de crescimento corporal, e por questões legais.

Relativamente a marcas ou lesões decorrentes da bioplastia, uma das grandes vantagens deste método é que o mesmo não deixa qualquer cicatriz ou marca na pele.

O resultado final fica bastante natural, conforme puderam testemunhar bastantes pessoas que já recorreram a este tratamento.

Quanto ao processo em que é realizada esta técnica, esta é feita com anestesia local. O tempo de duração da sessão não é demasiado extenso, sendo geralmente a rondar a duração de uma hora (60 minutos).

Quando comparamos este método com outros métodos já utilizados para conseguir o mesmo efeito, como o uso de silicone, por exemplo, a bioplastia é muito menos agressiva para o organismo.

Por um lado, porque o polimetilmetacrilato não é absorvido pelo organismo, o que faz com que se evitem alterações decorrentes dessa absorção.

Por outro lado, a colocação de silicone implica que fiquem marcas na pele, nem que sejam temporárias. Na bioplastia, e conforme já foi referido, não ficam quaisquer marcas decorrentes da aplicação do tratamento.

A bioplastia é capaz de resolver o problema da flacidez de uma forma fácil, sendo que devemos sempre procurar daqui em diante praticar exercício físico para conseguirmos tonificar ainda mais o nosso corpo e mantermo-nos mais saudáveis.

Depois da realização do tratamento, não existe qualquer tipo de dieta especial que devemos seguir, ao contrário de outro tipo de métodos.

No entanto, poderá ser necessária a toma de anti-inflamatórios e antibióticos nos dias seguintes à realização da bioplastia.

Deveremos procurar médicos especialistas em intervenções na área da cirurgia plástica, garantindo que o tratamento é feito de forma correcta e nas doses adequadas.

Este tratamento já foi estudado várias vezes depois do seu aparecimento, e de facto os resultados têm sido bastante significativos e bastante satisfatórios.

As pessoas submetidas à bioplastia, em diversos grupos musculares, têm dado um feedback bastante positivo sobre esta técnica, tendo conseguido aumentar a sua auto-estima e melhorar a sua imagem corporal.

Fotos de Bioplastia de Glúteos antes e depois

(PS: Todas as imagens publicadas neste artigo foram removidas devido a não se encontrarem em conformidade com as politicas do Google. As nossas sinceras desculpas.)

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.