Bronzeamento artificial e câncer de pele

Atualizado e Revisado por Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965) a 12/08/2019. Publicado originalmente em 26 de outubro de 2014

Ter uma pele bronzeada é, desde há muitos anos, uma forma de dar à pele um aspeto mais bonito e saudável.

O bronzeamento pode ser conseguido através da exposição à luz solar, ou então, utilizando câmaras de bronzeamento artificial, com resultados bem mais rápidos.

Contudo, tanto a exposição solar descuidada, como o bronzeamento artificial, têm consequências bastante nefastas para a saúde, podendo causar câncer da pele.

De seguida poderá conhecer mais sobre a relação entre a utilização das câmaras de bronzeamento artificial e o aparecimento de câncer de pele.

Bronzeamento artificial e o câncer de pele

De acordo coma IARC, agência internacional de pesquisa do câncer, a utilização de câmaras de bronzeamento artificial provoca câncer da pele, sendo por isso consideradas cancerígenas.

Sendo certo que há ainda hoje muitas pessoas que utilizam este meio para conseguirem o bronzeado perfeito e rápido, é importante refletir sobre estas informações.

Estudos comprovaram que o uso destas câmaras de bronzeamento artificial confere aos seus utilizadores um risco 75% maior de desenvolvimento de um melanoma que as pessoas que se bronzeiam naturalmente com a exposição solar nos períodos considerados pouco perigosos.

O melanoma é a forma mais perigosa de câncer da pele, sendo que este tipo de câncer é um dos mais comuns em todo o mundo, tendo origem na exposição desprotegida a raios solares.

Se pretende um bronzeamento mais saudável e com risco mínimo, então prefira a exposição solar natural, em horários adequados, e com a pele devidamente protegida.

Uma das melhores opções para que quer bronzear a sua pele é utilizar os cremes autobronzeadores, que facilitarão o escurecimento da sua pele, sem prejudicar ou colocar em risco a sua saúde.

Conheça Os Melhores Óleos Essenciais Para Doentes Com Câncer

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965)

Dermatologista - CRM-SP 195965 / RQE 73850

Consultar > Currículo Lattes.

O Dr. Pedro Secchin é Graduado em Medicina pela Universidade Gama Filho (UGF) – 2011. É Mestrado em Medicina pela Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). Além disso o Dr. também possui:

- Especialização em Dermatologia no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ) - 2018.

- Título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB).

- É membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Endereço: Rua Inglês de Sousa, 449. CEP: 01546-010 - Jardim da Glória São Paulo - São Paulo Telefone: ‪(11) ‬4301-9931

Também pode encontrar o Dr. Pedro no Linkedin e Instagram.

Última atualização da página em 12/08/19