Bryan Singer

Revisado por Andre a 28 outubro 2018

Nascido a 17 de setembro de 1966 em Nova Iorque, Bryan Singer cresceu em Nova Jérsia, com uma juventude marcada pela severa educação da parte dos seus pais judeus e pelo seu crescente interesse pelas lides cinematográficas. Foi durante a sua formação na escola de cinema de Nova Iorque que o futuro cineasta conheceu os seus colaboradores habituais, o compositor e editor John Ottman, e o co-produtor Kenneth Kokin.

Após a graduação, Bryan Singer escreve e realiza o seu primeiro filme, uma curta-metragem intitulada «Lion’s Den», interpretada pelo seu colega de escola Ethan Hawke. O filme deu nas vistas, e não demorou a que o realizador se estreasse nas longas-metragens com o título «Public Access», que venceu o grande prémio do júri no Festival de Sundance em 1993. Dois anos depois, e suportado pelo êxito de crítica do seu anterior esforço, surge o emblemático «Suspeitos do Costume», interpretado por Kevin Spacey, Chazz Palminteri e Gabriel Byrne, que se tornaria um imprevisível sucesso comercial e venceria dois Óscares da Academia (melhor actor secundário para Spacey e a estatueta para argumento original).

Em 1998, produz e dirige «Apt Pupil», baseado numa história de Stephen King, provavelmente o filme da sua curta filmografia que menos deu nas vistas. Dois anos depois, o realizador reaparece com «X-Men», a muito antecipada adaptação das personagens da Marvel Comics. O filme marcaria a entrada definitiva de Bryan Singer no mainstream, através do seu orçamento de 75 milhões de dólares e um elenco recheado de estrelas. Foram precisos três anos para a pré-produção do «X-Men 2», um perfeito demolidor das bilheteiras internacionais.

 

Filmografia

1993 – Linha direta (Public access)
1995 – Os suspeitos (Usual suspects, The)
1998 – O aprendiz (Apt Pupil)
2000 – X-Men (X-Men)
2004-Presente – Dr.House (Produtor)
2003 – X-Men 2 (X2: X-Men United)
2006 – Superman – O Retorno (Superman Returns)
2008 – Valkyrie
2011 – X-Men: First Class