-->Cabelo Quebrado - Educar Saúde

Cabelo Quebrado

Publicado em 22/09/2014. Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018

O cabelo é um dos elementos mais importantes na imagem feminina, e como tal, para que tenha uma aparência bonita e atraente deve ter um cabelo saudável, brilhante e macio. No entanto, por variadas razões, por vezes os fios ficam sem vida, quebrados, opacos, etc.

Desde a utilização de produtos inadequados, alimentação pouco saudável, até doenças, as causas podem ser várias. Por exemplo, o cabelo muito quebrado pode ser um sintoma de uma doença denominada de tricorrexe nodosa. Saiba mais sobre esta doença, e ainda, como tratar os cabelos quebrados causados pela tricorrexe nodosa.

Tricorrexe nodosa

A tricorrexe nodosa é uma doença que se caracteriza pela alteração estrutural no fio, provocado pela frequência excessiva de tratamentos para o cabelo, como chapinha, escovas, permanentes, alisamentos ou outros métodos bastante agressivos para o cabelo.

Nesta doença desenvolvem-se alguns nós esbranquiçados ao longo do cabelo, podendo mesmo ser confundido com lêndeas, onde ocorrerá a rutura do fio.

Assim, e como o fio é constituído por partes mais grossas e outras mais finas, esta doença provoca a sua fratura, deixando o cabelo quebrado e com uma aparência pouco saudável e bonita.

Nas pessoas de pele branca, este problema afeta mais as pontas dos fios, provocando até algum clareamento nessa área. Já nas pessoas com pele negra, a tricorrexe nodosa desenvolve-se mais perto da raiz, o que dará a aparência de que o cabelo não tem crescimento.

Tratamento para cabelo quebrado

O tratamento para a tricorrexe nodosa é simples, bastando deixar de fazer os métodos agressivos que provocaram o problema. Além disso, deve também realizar hidratações frequentes e tomar suplementos alimentares ricos em vitamina E, promovendo assim o fortalecimento do fio.

Por fim, deve ainda utilizar produtos adequados para o seu cabelo, como shampoo e condicionador. Se seguir estas indicações, o cabelo estará totalmente recuperado ao fim de sensivelmente dois anos.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.