Cancro da Laringe

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Informação útil sobre o Cancro da Laringe (da voz e das cordas vocais):

A laringe (por vezes chamada de “caixa de voz”) é uma estrutura semelhante a uma caixa no início da traqueia. A caixa é constituída parcialmente de cartilagem e tem uma parte dianteira proeminente, especialmente nos homens, chamada de maçã de Adão. A laringe contém as cordas vocais e é aí que os sons básicos, que depois são modificados para dar lugar à voz da fala e do canto, são produzidos. A laringe funciona para impedir que os alimentos penetrem os pulmões e torna o acto de tossir possível.

Causas do cancro da laringe

O cancro da laringe é comparativamente raro e ocorre mais frequentemente nos fumadores e alcoólatras (Veja os nossos artigos sobre o fumo e o consumo excessivo de álcool). Outra causa possível de cancro da laringe é a exposição a fibras de amianto.

Sinais e sintomas de cancro na laringe

Se o cancro está confinado às cordas vocais causa evidentes alterações de voz e tem probabilidade de ser diagnosticado no início. Em aditamento, a propagação das cordas vocais para outras partes é lenta. Neste caso a perspectiva é favorável. Infelizmente, é provável que o cancro em qualquer parte da laringe esteja num estado bem avançado antes de surgirem sintomas de dificuldade de respirar ou engolir e, neste caso, a perspectiva de cura é pior. O sintoma principal do cancro da laringe é a mudança na voz. Há uma permanente rouquidão. O cancro da laringe mais avançado pode fazer-se notar por uma massa firme no pescoço com dificuldade em respirar e engolir.

Diagnóstico – Como se Diagnostica:

Sempre que haja uma alteração marcante na voz que dure mais do que alguns dias deveria ser objecto de análise sem demora por um especialista. O exame directo da laringe utilizando um instrumento chamado de laringoscópio de fibra óptica permite examinar o interior da laringe. Se o cancro existir provavelmente será rapidamente observado.

Tratamentos do cancro da laringe:

Os pequenos cancros das cordas vocais, por vezes, podem curar-se pelo tratamento localizado com laser ou, mais frequentemente, com radioterapia. Os cancros de maior dimensão que se alastraram e atingiram a cartilagem da laringe, normalmente necessitam da remoção parcial ou total da laringe (laringectomia). Depois da laringectomia é possível reproduzir a voz mediante o uso de um aparelho electromecânico de emissão do som.

Alguns doentes reaprendem a falar através da respiração e, depois, educando-a de tal forma que provoque vibração na garganta. Um terapeuta da fala pode proporcionar uma grande assistência