Prevenção do Câncer do Cólon e Reto

Revisado por Equipe Editorial a 23 outubro 2018

Em Portugal, o câncer do cólon e reto atinge 33,5 em cada 100.000 habitantes. Este cancro representa 13% de toda a mortalidade por cancro em Portugal, a mais alta percentagem do mundo.

Contudo, encontra-se cientificamente provado que os programas de prevenção adequados diminuem, não apenas a incidência, como a mortalidade por câncer do cólon e recto, pela sua elevada incidência e mortalidade, mas também pelos bons resultados que uma intervenção atempada pode proporcionar.

A prevenção do câncer do cólon e reto deve constituir uma prioridade nos nossos cuidados de saúde.

Se tem mais de 50 anos ou história familiar de cancro do cólon e recto dirija-se à Consulta de Gastrenterologia, na qual poderá ser informado do programa de prevenção adaptado ao seu risco particular de desenvolvimento deste cancro.

O programa de prevenção consiste fundamentalmente na realização de exames endoscópicos e tem por principal objectivo a detecção de lesões benignas (os adenomas) ou malignas precoces, cuja taxa de curabilidade é superior a 90%. Estes exames poderão ser realizados sob sedação anestésica, sendo totalmente indolores.

O rastreio salva vidas! A sua pode ser uma delas.

Conheça 8 Remédios Caseiros para o Câncer de Cólon