Candidíase na Mama

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

A candidíase na mama é uma infecção provocada por fungos, que geralmente surge durante a amamentação.

Os fungos habitam o sistema digestivo de todas as pessoas, mas quando estão presentes em excesso podem causar infecções.

Candidiase no mamilo foto

A candidíase mamária é, geralmente causada por fungos presentes na boca do bebê, embora também possa ser o resultado de uma doença autoimune.

Esta condição carateriza-se por sinais como a dor que provoca, vermelhidão e dores intensas após amamentar o bebé. Quando surgem feridas, a cicatrização é demorada.

O tratamento típico da candidíase na mama passa pela utilização de medicamentação antifúngica.

Sintomas de candidíase na mama

candidiase mamária foto

A candidíase mamária pode produzir um quadro sintomático bastante diversificado. Os sintomas mais comuns da presença desta infecção são:

  • Dor localizada na área do mamilo;
  • Sensação de ardor;
  • Comichão;
  • Surgimento de manchas vermelhas na mama;
  • Cicatrização difícil e lenta;
  • Dor aguda após a amamentação.

Uma vez que é catalogada como uma candidíase sistémica, pode provocar apenas alguns dos sintomas mencionados.

A presença de apenas um ou dois dos sintomas pode ser suficiente para indicar a existência da infecção.

Como reconhecer sinais de candidíase mamária

candidiase mamária, erupção causada por infecção por Candida albicans 2

A infecção por candidíase é facilmente identificável através da simples observação da mama.

Uma mama infetada por estes fungos pode apresentar lesões exteriores como feridas e bolhas, sendo também acompanhado por vermelhidão e dor localizada.

Para confirmar a infecção, é realizada frequentemente uma análise de leite recolhido da mama que evidencia problemas.

Quando é identificada a presença do fungo Candida Albicans no leite recolhido, o quadro é completamente confirmado.

» Conheça 7 Sintomas de Fungos Candida (e como se livrar deles)

Causas de candidíase na mama

candidíase infra mamária

A candidíase na mama surge geralmente quando o sistema imunitário está mais vulnerável, por exemplo após a toma de antibióticos. As causas mais comuns são:

  • Transmissão durante a amamentação. É a causa mais frequente de candidíase mamária. Os bebés muitas vezes são contagiados pelo fungo durante o nascimento, ao passarem pelo canal vaginal. Posteriormente, ao amamentarem, transmite a infecção à mãe, dando origem à infecção mamária;
  • Doença autoimune. A infeção pode ser provocada por uma doença autoimune e tornar-se evidente após o enfraquecimento do sistema imunitário. A utilização de antibióticos pode estar na origem de tal enfraquecimento.

É importante notar que o bebé pode ser portador de candidíase oral, sem evidenciar nenhum dos sintomas habituais.

A candidíase oral pode produzir sintomas como a existência de placas brancas no interior da boca, mas tal nem sempre acontece.

Tratamento da candidíase mamária

Candidiase no seio

Existem diversas formas de tratamento da candidíase na mama, sendo a mais comum a utilização do antifúngico Fluconazol.

Este medicamento deve ser prescrito por um médico e normalmente é utilizado durante um período de cerca de três semanas.

Um tratamento alternativo passa pela utilização da pomada antifúngica Candicort.

Colocar em prática algumas medidas de prevenção, também pode ajudar a prevenir a proliferação de fungos. Algumas dessas medidas são:

  • Tentar manter a mama seca durante o dia, utilizando se for necessário um disco de amamentação;
  • Utilizar produtos de higiene pessoal com pH neutro
  • Evitar o consumo de doces e produtos lácteos

Caso a infecção tenha sido transmitida do bebé para a mãe, é necessário realizar um tratamento para a candidíase oral.

De outra forma, é possível que a mãe volte a ser infetada, mesmo após realizar o seu tratamento.

Continuação » Remédio Natural para Candidíase