-->Candidíase embaixo da mama: causas e como tratar

Candidíase mamária: sintomas e tratamento

Publicado em 26/07/2014. Revisado por Dr Wesley Timana (Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998) a 25 janeiro 2019

A candidíase na mama é uma infecção provocada por fungos, que geralmente surge durante a amamentação.

Os fungos habitam o sistema digestivo de todas as pessoas, mas quando estão presentes em excesso podem causar infecções.

Candidiase no mamilo foto

A candidíase mamária é, geralmente causada por fungos presentes na boca do bebê, embora também possa ser o resultado de uma doença autoimune.

Esta condição carateriza-se por sinais como a dor que provoca, vermelhidão e dores intensas após amamentar o bebé. Quando surgem feridas, a cicatrização é demorada.

O tratamento típico da candidíase na mama passa pela utilização de medicamentação antifúngica.

Sintomas de candidíase na mama

candidiase mamária foto

A candidíase mamária pode produzir um quadro sintomático bastante diversificado. Os sintomas mais comuns da presença desta infecção são:

  • Dor localizada na área do mamilo;
  • Sensação de ardor;
  • Comichão;
  • Surgimento de manchas vermelhas na mama;
  • Cicatrização difícil e lenta;
  • Dor aguda após a amamentação.

Uma vez que é catalogada como uma candidíase sistémica, pode provocar apenas alguns dos sintomas mencionados.

A presença de apenas um ou dois dos sintomas pode ser suficiente para indicar a existência da infecção.

Como reconhecer sinais de candidíase mamária

candidiase mamária, erupção causada por infecção por Candida albicans 2

A infecção por candidíase é facilmente identificável através da simples observação da mama.

Uma mama infetada por estes fungos pode apresentar lesões exteriores como feridas e bolhas, sendo também acompanhado por vermelhidão e dor localizada.

Para confirmar a infecção, é realizada frequentemente uma análise de leite recolhido da mama que evidencia problemas.

Quando é identificada a presença do fungo Candida Albicans no leite recolhido, o quadro é completamente confirmado.

» Conheça 7 Sintomas de Fungos Candida (e como se livrar deles)

Causas de candidíase na mama

candidíase infra mamária

A candidíase na mama surge geralmente quando o sistema imunitário está mais vulnerável, por exemplo após a toma de antibióticos. As causas mais comuns são:

  • Transmissão durante a amamentação. É a causa mais frequente de candidíase mamária. Os bebés muitas vezes são contagiados pelo fungo durante o nascimento, ao passarem pelo canal vaginal. Posteriormente, ao amamentarem, transmite a infecção à mãe, dando origem à infecção mamária;
  • Doença autoimune. A infeção pode ser provocada por uma doença autoimune e tornar-se evidente após o enfraquecimento do sistema imunitário. A utilização de antibióticos pode estar na origem de tal enfraquecimento.

É importante notar que o bebé pode ser portador de candidíase oral, sem evidenciar nenhum dos sintomas habituais.

A candidíase oral pode produzir sintomas como a existência de placas brancas no interior da boca, mas tal nem sempre acontece.

Tratamento da candidíase mamária

Candidiase no seio

Existem diversas formas de tratamento da candidíase na mama, sendo a mais comum a utilização do antifúngico Fluconazol.

Este medicamento deve ser prescrito por um médico e normalmente é utilizado durante um período de cerca de três semanas.

Um tratamento alternativo passa pela utilização da pomada antifúngica Candicort.

Colocar em prática algumas medidas de prevenção, também pode ajudar a prevenir a proliferação de fungos. Algumas dessas medidas são:

  • Tentar manter a mama seca durante o dia, utilizando se for necessário um disco de amamentação;
  • Utilizar produtos de higiene pessoal com pH neutro
  • Evitar o consumo de doces e produtos lácteos

Caso a infecção tenha sido transmitida do bebé para a mãe, é necessário realizar um tratamento para a candidíase oral.

De outra forma, é possível que a mãe volte a ser infetada, mesmo após realizar o seu tratamento.

Continuação » Remédio Natural para Candidíase

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr Wesley Timana (Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998)

Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998

O Dr. Wesley Jose Timana Yovera é um médico jovem e carismático formado pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná com especialização em ginecologia e obstetrícia pela Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

Consultar Currículo Lattes

Registro de Qualificação de Especialista (RQE nº 20428).

Desenvolveu já no início da sua carreira o Espaço Timana - uma clínica voltada ao atendimento de excelência. Sempre multiconectado e influente no Facebook e Instagram, possui mais de 3 milhões de visualizações no YouTube, com vídeos que trazem ao público informação de qualidade dentro do universo feminino.

Selecionado por diversos projetos como médico do futuro sempre assiste as mulheres com respeito, carinho e atenção. É adepto da Slow Medicine (Medicina Sem Pressa) - uma forma humanizada de fazer medicina que aproxima pacientes e profissionais da saúde.

Com registro no Conselho Regional de Medicina do Paraná n° 30.998, atende atualmente em consultório particular, Av. Visconde de Guarapuava, 2764 - Centro - Curitiba - Tel. (41) 3503-9333 / 9.9995-5117.

O Dr. Wesley também pode ser encontrado no Linkedin, Facebook, Intagram e YouTube como Dr. Wesley Timana.