-->Conheça as 6 Principais Causas do Hipotireoidismo - Educar Saúde

Conheça as 6 Principais Causas do Hipotireoidismo

Publicado em 07/07/2015. Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 8 dezembro 2018

Conheça as 6 Principais Causas do Hipotireoidismo: Doenças autoimunes, Medicamentos como o metimazol e propiltiuracil, Má-formação congênita, medicação com Lítio, Distúrbios da hipófise, Distúrbios da hipófise…

glândula tireoide

Situada na região frontal da coluna cervical (pescoço) e próxima à traqueia, a glândula tireoide é um elemento constituinte do sistema endócrino.

Apresentando dimensões bem pequenas, esse órgão é incumbido de secretar os hormônios tri-iodotironina (T3), e tetraiodotironina (T4), ambos responsáveis por gerenciar os processos metabólicos.

Já a quantidade de hormônios T3 e T4 que deve ser produzida é gerenciada pelo TSH, um terceiro hormônio gerado pela glândula pituitária (hipófise).

O TSH age como um catalisador, continuamente usado para estimular o aumento do volume hormonal T3 e T4 quando ele está abaixo do normal.

Em contrapartida, caso haja excesso dos dois últimos no organismo, o TSH simplesmente se torna oculto, consequência da queda da sua própria concentração na corrente sanguínea.

O hipotireoidismo surge quando a concentração de T3 e T4 atingem quedas acentuadas.

Quando isso acontece, o indivíduo exibe determinados sinais, como dificuldade para emagrecer, fadiga, fios de cabelo fracos e quebradiços, dificuldade de raciocínio, e sono em excesso.

A doença detém duas classificações: aguda, e crônica. O primeiro caso remete a um período curto, e o segundo a um longo intervalo.

Publicidade

Principais causas do hipotireoidismo

Doenças autoimunes

Dentre as principais causas do hipotireoidismo estão as doenças autoimunes.

Caracterizada pelo ataque do sistema imunológico contra várias partes do próprio organismo, essas doenças também podem comprometer o funcionamento da glândula tireoide.

Quando a causa envolve a ocorrência de uma doença autoimune o tratamento do hipotireoidismo se torna complicado.

Afinal, uma terapia eficaz sempre deve tentar chegar à raiz do problema, o que ainda é incerto em se tratando de doenças autoimunes.

Existem pacientes que precisam passar por cirurgias de remoção de parte da tireoide.

Em alguns casos o ato cirúrgico tem como consequência o desequilíbrio hormonal dos índices de T3 e T4.

O tratamento com radioterapia é comum entre as pessoas diagnosticadas com câncer.

Publicidade

Acontece que essa alternativa de terapia é famosa por provocar inúmeras reações adversas.

Uma dessas sequelas pode ser justamente o desenvolvimento do hipotireoidismo.

Medicamentos para o tratamento do hipertireoidismo: metimazol e o propiltiuracil por exemplo

Outra situação que pode causar hipotireoidismo é o tratamento realizado com o intuito de controlar o hipertireoidismo.

Publicidade

Os remédios adotados para diminuir os níveis dos hormônios tireoidianos podem acabar atingindo patamares muito baixos, culminando no surgimento do hipotireoidismo.

Lítio

Existem certos medicamentos que também colaboram para a redução da produção hormonal executada pela glândula tireoide.

Assim, pacientes psiquiátricos que precisam tomar lítio podem vir a sofrer com o hipotireoidismo.

Causas menos frequentes do hipotireoidismo

Existem também situações menos frequentes que podem resultar no hipotireoidismo.

Má-formação congênita

Dentre elas está a má-formação congênita, causa que gerou a denominação hipotireoidismo congênito.

Existe uma considerável dificuldade de diagnosticar essa versão da doença, o que pode impactar no futuro das crianças afetadas.

Durante o processo de gestação as mulheres ficam muito propensas a desenvolver um hipotireoidismo passageiro. Isso se deve à produção de anticorpos que atacam a tireoide, interferindo na síntese hormonal do órgão.

Caso a mulher grávida não trate o hipotireoidismo, a doença pode culminar em um parto prematuro, ou na ocorrência da pré-eclâmpsia, assinalada pela elevação da pressão sanguínea da mãe no decurso dos últimos meses de gestação.

Deficiência de iodo

Notadamente, a deficiência de iodo é uma das maiores causas de hipotireoidismo.

Porém, como no Brasil existe uma lei que garante a presença de iodo no sal, é raro alguém apresentar hipotireoidismo em virtude da deficiência de iodo no organismo.

Publicidade

Distúrbios da hipófise

O chamado hipotireoidismo central advém de uma disfunção na glândula hipófise, que tem como grande consequência a diminuição do índice de TSH, sem o qual a tireoide fica totalmente descontrolada.

Entretanto, trata-se de outra causa bem incomum para o desenvolvimento do hipotireoidismo.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653)

Nutricionista Clínica - CRN-6 nº 23653

A Drª Raquel Pires é Nutricionista, Health Coach e Personal Diet, com grande experiência em atendimento em consultório e Idealizadora do Projeto ESD (Emagrecimento sem Dor).

Formação Acadêmica

- Graduada pela Universidade Santa Úrsula. - Pós Graduada em Nutrição Clínica. - Pós Graduada em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação Nutricional Clínica e Esportiva. - Pós Graduada em Nutrição Aplicada ao Emagrecimento e Estética.

Também pode encontrar a Drª Raquel no Linkedin, Facebook e Youtube

Marcação de consultas 88-99685-0858

Publicidade