Conheça Quais as Causas de Dor nas Costas

A segunda causa mais comum em todo o mundo para idas ao médico são as dores nas costas, estimando-se mesmo que 80% da população mundial sofra deste problema pelo menos uma vez durante a sua vida.

dor nas costas

Esta dor, dependendo das suas causas, podem ser súbitas ou constantes, leves ou intensas, localizadas ou abrangentes, e até mesmo, irradiar para outros membros do corpo.

As causas são muito diversas, desde a simples má postura do dia-a-dia, passando por lesões dos músculos costais, até problemas que têm origem noutros órgãos, mas que se manifestam nas costas.

Neste artigo poderá conhecer as principais causas deste tipo de dor, que médico consultar, e ainda, como tratar e prevenir este problema. Confira.

Principais causas

Sendo um dos sintomas mais comuns, a dor nas costas pode ser resultado de variados problemas.

Dessa forma, é importante saber identificar a causa subjacente para assim se definir o tratamento mais adequado para a sua resolução. Confira de seguida as várias causas.

Entre as causas mais habituais está a má postura nas situações do dia-a-dia, que vão desde posições corporais erradas no trabalho ou quando está sentado, até ao simples caminhar.

Também a atividade física mais intensa ou o levantamento de pesos, especialmente quando realizados com movimentos feitos de uma forma errada, podem levar ao surgimento da dor.

Além destas causas mais habituais, e que geralmente resultam numa dor que passa rapidamente com repouso, alguns cuidados e a alteração da postura incorreta, há outras, mais sérias, que necessitam de tratamentos mais específicos.

Assim, entre os vários problemas relacionados com a coluna que podem causar a dor nessa região incluem-se a hipercifose, hérnia de disco ou a escoliose. Estes problemas geralmente têm associados uma dor contínua, alguma dificuldade em movimentar-se, e ainda, ardor.

Há também problemas, relacionados com os ossos, articulações ou mesmo outros órgãos, que irão manifestar-se através da dor na zona lombar.

Entre estes incluem-se a artrite reumatoide, cólicas renais ou a fibromialgia. Confira de seguida uma lista mais completa dos vários problemas que pode causar a dor nas costas:

Que médico consultar

Quando a dor nas costas é provocada por má postura ou por algum esforço exagerado, o tratamento caseiro é rápido e eficaz, aliviando a dor até ela desaparecer. No entanto, caso a dor persista, é essencial consultar um médico. Mas que médico consultar?

Se não tem qualquer ideia sobre o que está a causar o problema o ideal é consultar o médico de clínica geral. Este irá avaliar o paciente, pedir exames de diagnóstico, e pois de descobrir o problema, definir o tratamento ou encaminhar para um médico especialista.

Quando procurar o médico, é importante não informar apenas sobre a dor nas costas, mas também sobre os seus hábitos do dia-a-dia, e ainda, outros sintomas que lhe tenham surgido.

Estas informações são fundamentais para o médico avaliar devidamente o seu caso e mais rapidamente conseguir perceber qual a origem do problema.

Tratamento

O tratamento para a dor nas costas pode variar bastante, dependendo da causa que está por detrás.

Se o problema é temporário, causado por má postura, cargas excessivas ou algum movimento mais brusco, o tratamento geralmente consiste em repouso, cuidados a ter no dia-a-dia, e ainda, a aplicação de compressas quentes ou analgésicos.

Contudo, caso a origem da dor seja outra, é fundamental uma linha de tratamento específica para debelar esse problema.

Como prevenir a dor nas costas

A dor nas costas, em determinados casos, pode ser prevenida apenas com a adoção de alguns cuidados no seu dia-a-dia.

Sendo que a causa mais comum está relacionada com problemas musculares originados devido a más posturas e a esforços físicos exagerados, a prevenção está especialmente relacionada com estes casos.

Contudo, há outros comportamentos que podem ajudar a prevenir problemas causadores de dores nas costas. Confira de seguida como prevenir essa dor:

  • fazer frequentemente automassagens na zona da nuca e dos ombros;
  • fazer alongamentos ao acordar, ao se deitar, e várias vezes ao longo do dia;
  • antes de realizar qualquer esforço mais intenso, fazer um aquecimento;
  • adotar uma postura mais correta;
  • reforçar a massa muscular das costas;
  • melhorar a flexibilidade das costas;
  • controlar o peso, aproximando-se do peso ideal;
  • evitar quedas;
  • realizar atividade física, com um programa completo que inclua exercícios aeróbios, treino de força e alongamentos;
  • não levantar objetos demasiado pesados, pedindo ajuda se necessário;
  • quando estiver a levantar objetos mais pesados, fique bem próximo do objeto, para forçar menos as costas;
  • no levantamento de objetos pesados, quando dobrar use os joelhos, e não a cintura;
  • quando se levantar, use os músculos das pernas;
  • não abuse dos saltos altos;
  • faça períodos de descanso ao longo do dia, mesmo que curtos, evitando assim ficar em pé demasiado tempo;
  • se usar computador para trabalhar, prefira uma cadeira com assento ajustável e giratório, apoio de braços, e que tenha costas retas;
  • se trabalhar sentado, arranje uma solução para que os joelhos fiquem mais altos que os quadris;
  • se trabalhar a conduzir veículos, ou vai fazer uma viagem longa, pare e ande um pouco de hora a hora.
A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704)

Ortopedista e Traumatologista - CREMEC: 13177 TEOT(SBOT): 12704

O Dr. Davi Marinho de Araújo realizou a sua Graduação na Universidade Federal de Campina Grande, terminando o curso em 26 de abril de 2008. R. Aprigio Veloso, 882-Bodocongó Campina Grande PB (83) 2101 1000

Residência Médica

Ortopedia e Traumatologia : Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas (2009,2010,2011) Av.Gen. San Martin-Cordeiro Recife-PE 50630-060.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) - TEOT: 12704

Membro titular da Associação Brasileira Ortopédica de Osteometabolismo (ABOOM), e do Comitê de Doenças Osteometabólicas da SBOT.

Treinamento em cirurgia de Pé e Tornozelo no serviço de Ortopedia e Traumatologia da Clínica Alemana de Santiago-CH, International intership program at Traumatology Department, ankle and foot Unit with MD Cristian Ortiz as tutor.

Treinamento na Especialidade

CURSO INTERNACIONAL AO-HASTES INTRAMEDULARES, realizado no Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro RJ, 20 a 21 de maio de 2009.

AO PRINCIPLES OF FRACTURE TREATMENT COURSE, realizado em Fortaleza CE , de 4 a 6 de agosto de 2011.

CURSO AO TRAUMA PE E TORNOZELO, realizado em INDAIATUBA SP, de 24 a 26 de ABRIL de 2014.

CURSO AO TRAUMA AVANÇADO, realizado em RIBEIRAO PRETO SP , de 19 a 22 de AGOSTO de 2015.

Atividades laborais

Hospital Antonio Prudente, Fortaleza CE, atendimento clínico e procedimentos cirúrgicos, departamento de ortopedia e traumatologia, serviço de pé e tornozelo.

Membro titular do comitê de Ética Médica do Hospital Antonio Prudente, Fortaleza - CE, eleito para o atual biênio por processo eleitoral.

Hospital Gastroclinica, Fortaleza CE, atendimento clínico em emergência e procedimentos cirúrgicos.

Governo do Estado do Ceará , Policlínica Regional de Caucaia, médico ortopedista e traumatologista aprovado em concurso público.

Consultório Vittacura: Av Desembargador Moreira, 760 Meireles - Centurion Business Center - sala 809.

Também pode encontrar o Dr. Davi no Linkedin e no Google.

Última atualização da página em 12/08/19