-->Cauterização Capilar - Educar Saúde

Cauterização Capilar

Publicado em 05/11/2014. Revisado por Equipe Editorial a 15 janeiro 2018

Existem alguns tratamentos de beleza que são bastante conhecidos, contudo as pessoas tendem a criar nomes secundários para que se torne mais acessível o entendimento e a função do tratamento.

cauterização capilar antes e depois 6

Neste caso em particular, a cauterização capilar é um tratamento popular, contudo geralmente é conhecido muitas vezes como reconstrução capilar ou mesmo reposição de queratina, sendo que a sua função é bastante apreciada, principalmente pelas mulheres.

A cauterização capital é também conhecida como a plástica capilar, sendo que o tratamento baseia-se na cicatrização das cutículas do cabelo, usando a hidratação através de produtos específicos.

O principal objectivo deste tratamento é recuperar a elasticidade do cabelo, sendo assim possível eliminar aquele aspecto mal tratado e arrepiado que as mulheres procuram fazer desaparecer a todo o custo.

Apesar de existirem outros tratamentos, com a mesma função, geralmente estes usam produtos complexos e repletos de químicos na sua composição, limitando assim o acesso ao tratamento a determinados interessados e a alguns tipos de cabelo.

Por isso, neste caso em particular, a cauterização capilar é feita através de produtos sem nenhum tipo de químicos, tornando-se assim indicado para todos os tipos de cabelo, nomeadamente os mais danificados.

O tratamento é feito por etapas, podendo durar dias, semanas ou meses, dependendo do estado geral do cabelo, do tratamento escolhido e ainda dos objectivos do mesmo.

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste artigo:

O que é ?

Apesar de já ter sido referido o mais importante sobre a cauterização capilar, é importante sempre descrever o tratamento da melhor forma possível. Antes de avançar para o tratamento propriamente dito, é importante falar sobre a queratina, pois é um dos objectivos do tratamento é a reposição de queratina.

A queratina é um dos principais componentes do cabelo, sendo que sem a quantidade certa de queratina no cabelo o mesmo começa a aparecer com um ar desgastado, estragado e até ganhando formas que de outra forma não ganharia.

Publicidade

Assim, com a reposição da queratina perdida, esta penetra diretamente na cutícula, hidratando e restaurando fio a fio, de forma a que este volte a ficar macio, brilhante e com um ar natural e saudável.

Sendo assim, a cauterização capilar é, essencialmente, o tratamento indicado para cabelos danificados, através de uma hidratação profunda, aplicada directamente nos fios de cabelos, para que estes fiquem mais saudáveis, brilhantes e macios.

Publicidade

O tratamento pode ser aplicado em qualquer idade, no entanto são raros os casos de necessidade em pessoas com tenra idade, sendo possível ser usado tanto em homens como em mulheres.

Como funciona o tratamento ?

Obviamente que existem centenas de sítios onde é possível fazer o tratamento adequado para as suas necessidades, contudo para que este tenha o efeito desejado, é recomendado que seja realizado em locais especializados e por profissionais credenciados.

Depois dos especialistas escolhidos, certamente que os mesmos vão dar as indicações mínimas para os dias e horas antes do início do tratamento, sendo que na maioria dos casos não é necessário grandes alterações de rotinas.

No dia do tratamento, começam pela lavagem do cabelo, usando produtos anti-resíduos e sem grandes químicos, para que a aplicação da máscara de hidratação tenho o efeito desejado. Posteriormente é retirada a grande quantidade de água, separando depois o cabelo em mechas e aplicando-se a máscara.

Este produto deverá ficar a actuar por perto de 20 minutos, retirando o mesmo depois com água tépida. Após esse momento é aplicada uma base de queratina, com recurso a um pente para que a mesma penetre com maior facilidade de forma a chegar ao couro cabeludo, finalizando o tratamento com um alisamento, que tem como principal objectivo diminuir o efeito ondulado ou frisado do cabelo.

Muitas pessoas associam a cauterização capilar aos tratamentos de alisamento de tempo longo, devido ao final do tratamento, contudo nçao é o mesmo tratamento e não deve ser feito com esse objectivo.

Quanto tempo dura o tratamento ?

A duração do tratamento depende de pessoa para pessoa e está sempre ligado aos cuidados que cada um tem após a aplicação da hidratação. Sendo assim, é aconselhável não expôr o cabelo a agentes externos e agressores, como por exemplo o secador ou s alisadores, pois afectam directamente a cauterização capilar e podem até vir a trazer outros problemas mais sérios.

Assim, no final do tratamento é aconselhável que reuna todas as informações por parte dos especialistas para que o mesmo dure o máximo possível, de forma a que o seu investimento não seja em vão.

Publicidade

Por outro lado, existem muitos especialistas que defendem que deverá existir um intervalo mínimo de 3 meses entre cada tratamento aplicado.

Fotos antes e depois

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial baseiam-se em evidências científicas, sendo todos eles revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.

Publicidade