-->Ceratoconjuntivite Atópica - Causas, Sintomas, Tratamento e Complicações

Ceratoconjuntivite Atópica

Publicado em 10/07/2014. Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018

A ceratoconjuntivite atópica é uma inflamação da zona da córnea e da conjuntiva, de natureza crônica, e que pode também surgir como uma conjuntivite com dermatite atópica associada.

Foto de ceratoconjuntivite atópica

Apesar de poder surgir em qualquer idade, esta doença é mais frequente entre os 20 e os 50 anos, ocorrendo mais frequentemente em homens. Sendo um problema mais comum em pessoas com um historial de alergias, a ceratoconjuntivite atópica pode ocorrer também em pessoas que não as costumam ter. De seguida pode conhecer as causas, sintomas e tratamento da ceratoconjuntivite atópica.

Causas da ceratoconjuntivite atópica

A ceratoconjuntivite atópica (alergia no olho) é uma inflamação alérgica, logo, as suas causas estão associadas a substâncias que podem ativar essa reação imunitária por parte do organismo. Assim, os agentes alérgicos que podem desencadear uma crise de ceratoconjuntivite atópica são os seguintes:

– ácaros;

– pó;

– pólen;

– pelos de animais;

– alimentos.

Como mencionámos em cima, a ceratoconjuntivite atópica pode aparecer associada a outra reação alérgica, a dermatite atópica. Nestes casos, a causa poderá ser um agente alérgico ou irritativo, que cause tanto alergia na pele como nos olhos. Geralmente, a origem para estas situações está em produtos fortes de limpeza, com princípios ativos muito intensos.

Sintomas da ceratoconjuntivite atópica

Quando ocorre uma ceratoconjuntivite atópica, há vários sintomas que se manifestam, todos relacionados com os olhos. Os sintomas da ceratoconjuntivite atópica incluem ardor, vermelhidão nos olhos e nas pálpebras, coceira muito intensa e olhos lacrimejantes. Nalgumas situações, pode mesmo sentir grande sensibilidade à luz.

Tratamento para ceratoconjuntivite atópica

O tratamento para a ceratoconjuntivite atópica baseia-se sobretudo em medicamentos antialérgicos, que têm a função de parar a resposta imunitária e aliviar os sintomas. Existem vários exemplos de medicamentos indicados, sendo o colírio Decadron um exemplo. É igualmente importante evitar o agente alérgico que desencadeou a reação. Se o tratamento não surtir efeito, nalguns casos pode mesmo ser aplicado a ciclosporina. Este é um potente imunossupressor, apenas utilizado em casos mais graves.

Complicações

A ceratoconjuntivite atópica, se não for corretamente tratada num espaço de meio ano, pode causar várias complicações. As complicações decorrentes desta doença incluem:

– cicatrização da córnea;

– deslocamento da retina;

– ulceração;

– cataratas (ocorre em 10% dos casos);

– cegueira (casos mais raros.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.