Chá de Guaco Para Bronquite

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

Chá de Guaco Para Bronquite: O que é a bronquite? A Bronquite é caraterizada por ser uma inflamação dos brônquios, que tanto pode ser crónica, como aguda. Esta provoca no individuo que sofre de bronquite dificuldade em respirar ou falta de ar. O tratamento é feito através do recurso a medicamentos, mas na maioria dos casos estes apenas servem para aliviar os sintomas, ou seja a bronquite tende a não desaparecer.

A bronquite pode dever-se a:

• Problemas de sinusite
• Alergias diversas
• Vapores de produtos de limpeza/tóxicos
• Poluição aérea
• Vírus ou bactérias
• Exposição prolongada a fumos

Como sintomas de bronquite a pessoa pode sofrer de:

• Cansaço fácil
• Suores frios
• Dores a nível das costas
• Dores a nível dos músculos
• Pequena síndrome febril
• Dor de garganta
• Tosse seca, com possível expetoração

A bronquite deve ser diagnosticada por um médico através de auscultação pulmonar e através de exames ao tórax (radiografias, tomografias computorizadas). O tratamento para a bronquite é feito com recurso a medicamentos, mas também pode experimentar um bom remédio caseiro à base de chá de guaco para aliviar os sintomas da bronquite.

Ingredientes do Remédio Caseiro Para Bronquite

• 4 a 6 folhas de guaco secas
• Água a ferver

Preparação do Chá de Guaco

Junte as folhas de guaco numa chávena com água a ferver e tape durante 10 minutos. De seguida coe o chá e fica pronto a beber. O guaco é uma planta medicinal, cujo nome científico é Mikania Glomerata Spreng, que tem propriedades broncodilatadoras eficazes no tratamento da bronquite. Possui ainda propriedades anti expetorantes e anti-inflamatórias que aliviam a asma e a tosse.

Apesar destes benefícios para tratar a bronquite o chá de guaco não pode ser bebido por todas as pessoas. Sendo por isso contraindicado para mulheres grávidas, ou pessoas que tomem medicação anticoagulante, ou ainda quem sofra de hipertensão arterial ou doenças crónicas hepáticas.