Chá de mulungu para acalmar

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

Chá de mulungu (suinã) (Erythrina velutina) para acalmar: Na tensão do dia-a-dia é natural que a exigência física do trabalho, família, contexto social e tudo o resto tenha efeitos prejudiciais no nosso organismo que reage para nos mostrar que algo não está bem, tentando assim evitar consequências mais graves, como a depressão, ou quadros clínicos similares.

Podendo hoje em dia cada um de nós recorrer facilmente a produtos químicos ou farmacológicos para controlar o sistema nervoso e o stress quotidiano, muitas vezes esses são produtos que quando usados por longos períodos de tempo têm tendência a causar habituação, o que nos faz adiar essa decisão e mesmo colocá-la de lado muitas vezes.

Prevenindo essa eventualidade, falaremos aqui da planta medicinal mulungu… uma erva medicinal presente nas florestas do Brasil, principalmente próximo a rios ou cursos de água, com poderes sedativos e calmantes bastante fortes, mas que no entanto não costuma ser muito utilizada pela medicina tradicional. Na sua composição química o mulungu apresenta alto teor de flavonoides, alcaloides e também triterpenos.

Para fazer o chá de mulungu deve ter 6 gramas de casca de mulungu e água. Coloque 150 ml de água numa panela ou fervedor com a casca de mulungu no seu interior até que ferva. Assim que ferva deixe ao lume por mais quinze minutos. Depois disso retire do lume e deixe a temperatura baixar. Em seguida coe, coloque açúcar e beba.

Deve tomar este chá, no máximo, durante três dias seguidos em três tomas por dia. Quando tomado prolongadamente, o chá de mulungu pode provocar paralisia muscular.

Esta planta é também utilizada para desabituação da nicotina, para problemas hepáticos e para pressão alta, sendo notados efeitos de diminuição da pressão arterial.

Nota: Pelos seus efeitos de diminuição da pressão arterial, o chá de mulungu não deve ser usado em caso da pessoa sofrer de hipotensão (pressão arterial baixa).

Outros nomes populares: canivete, corticeira, corticeira-do-banhado e eritrina.

Continuação » Banho relaxante: 10 plantas medicinais para aliviar o estresse