-->Chá de rosas: 12 benefícios + Como fazer e efeitos colaterais - Educar Saúde

Chá de rosas: 12 benefícios + Como fazer e efeitos colaterais

Publicado em 30/04/2019. Revisado por Drª Caroline Vallinhos (Nutricionista Clínica e Estética - CRN-3 nº 37006) a 30 abril 2019

O chá de rosas alivia as dores menstruais, previne doenças crônicas, fortalece a imunidade, acelera a cicatrização, melhora a digestão, desintoxica o corpo e ajuda a estimular o humor. É livre de calorias e perfeito quando precisamos daquele impulso energético!

Feito com pétalas de rosas e quadris, o chá de rosa é uma bebida aromática, reconfortante e deliciosa que pode oferecer vários benefícios na saúde. A rosa é uma planta que contêm vitaminas e minerais benéficos que estimulam o sistema imunológico e melhoram a saúde em geral.

Embora a origem da planta remonte ao Oriente Médio, atualmente é cultivada em todo o mundo. O chá geralmente é feito com pétalas ou quadris de rosa frescos ou desidratados.

Apesar de oferecer inúmeros benefícios físicos, o chá de rosa mostra ser também um tratamento eficaz para distúrbios emocionais, como depressão e ansiedade.

Este guia tem o objetivo de educar os apreciadores desta infusão, descrever algumas formas de uso, e mostrar os possíveis benefícios e efeitos colaterais do chá de rosa para a saúde.

Chá De Rosas, 15 Benefícios, Como Fazer E Efeitos Colaterais

1. Chá de rosas alivia a dor menstrual

O chá de rosas é um tratamento seguro, simples e comprovado para o desconforto físico e emocional associado à menstruação, diz estudo. Um estudo realizado em 2005 confirmou a qualidade antiinflamatória do chá de rosa no tratamento dos sintomas da menstruação, incluindo cólicas dolorosas e inchaço. (1)

2. É bom para a pele

Rico em vitaminas A e E, o chá de rosa ajuda a hidratar e apertar a pele, reduzindo a aparência de linhas de expressão e olheiras. Na verdade, as pétalas e os quadris de rosa (rosa mosqueta) são ingredientes principais em muitos produtos para o cuidado da pele, já que são uma boa fonte de vitamina C, conhecida pelas suas propriedades antioxidantes.

Os nutricionistas relatam que as vitaminas obtidas através dos alimentos são melhor absorvidas que as pílulas ou suplementos. Portanto, beber chá de rosas pode fornecer um melhor suporte ao sistema imunológico e promover a produção de colágeno – a proteína responsável pela pele e manutenção de um cabelo saudável. Além disso, a bebida contém também qualidades anti-inflamatórias e antibacterianas, conhecidas por melhorar a acne.

Apesar de ser uma bebida maravilhosa, o chá de rosas também pode ser aplicado topicamente. Deixe-o arrefecer e use-o como um toner diário para prevenir danos causados ​​pelo sol e tratar e aliviar erupções cutâneas dolorosas e irritações na pele.

Principais benefícios: Quando usado diariamente, o chá melhora a aparência e reduz os sinais de envelhecimento.

3. Pode curar dores e a garganta inflamada

Uma xícara de chá de rosas pode ser um tratamento caseiro eficaz para aliviar as dores de garganta e os sintomas típicos do resfriado comum e da gripe, já que o quadril de rosa tem mais vitamina C do que os citrinos.

Apesar de ter sido reconhecida como uma fonte de alimento ao longo da história, o seu valor medicinal só ganhou atenção a partir do século vinte.

De acordo com alguns especialistas, adicionar uma colher de chá de mel de manuka (Leptospermum scoparium) impulsiona o seu potencial de cura. A dosagem recomendada é de três a quatro xícaras de chá de rosas por dia no início da primavera e no outono, para evitar a gripe.

O chá de rosa também é uma boa fonte de vitaminas B1, B2 e K e contêm beta-carotenos. Outro componente encontrado no chá inclui, bioflavonóides, taninos e pectina, que ajudam a combater infecções e reduzir a inflamação. (2)

Principais benefícios: O chá de rosa contém vitaminas e minerais que estimulam o sistema imunológico e combatem alguns tipos de infecções.

4. Melhora a digestão

Os chás feitos de pétalas de rosa e rosa mosqueta também são conhecidos por melhorar a função digestiva. As suas propriedades antibacterianas podem ajudar a tratar algumas infecções desencadeadas no trato gastrointestinal e intestino. (3) Ao estimular a produção de bílis, o chá de rosas também melhora a digestão das gorduras.

Acredita-se que o chá também promova o crescimento da microflora (boas bactérias no intestino) e seja útil no alivio da prisão de ventre. De acordo com alguns especialistas em cura natural, a pectina contida no chá, liga-se à gordura e ao colesterol presente nos intestinos, facilitando a sua eliminação antes de serem absorvidos.

Ao ter propriedades anti-inflamatórias pode ajudar a reduzir dores, inchaços, e eliminar a retenção de líquidos nos tecidos, melhorando a saúde das articulações. Ao estimular a produção de bílis, o chá-de-rosa também melhora a função intestinal e ajuda na digestão das gorduras e colesterol.

Relatos históricos mostram que o chá de rosas também foi usado para tratar a diarreia e a disenteria. Embora não existam estudos que apoiem estas alegações, os pesquisadores acreditam que as propriedades probióticas do chá de rosas podem ser eficazes, dependendo da causa da doença do estômago.

A principal vantagem: O chá de rosas é uma ajuda digestiva segura, comprovada como eficaz na digestão das gorduras e na promoção do crescimento de boas bactérias no intestino.

5. Pode aliviar o estresse e a ansiedade

O chá de rosas também pode ser usado para aliviar a ansiedade, reduzir o estresse e melhorar os sintomas da depressão. Para as pessoas que sofrem desses distúrbios, o chá oferece uma alternativa ao tratamento farmacológico, sem o risco de efeitos colaterais e dependência. (4)

Embora não possa aliviar todos os sintomas (dependendo da gravidade), pode ser usado como um complemento ao tratamento médico. O efeito aromático do chá é eficaz para acalmar a mente e ajudar a descontrair. Beber uma xícara antes de dormir pode ajudar a ter uma boa noite de sono. (5)

Juntamente com a sua ingestão regular, alguns especialistas sugerem o complemento com exercícios físicos e meditação diária, para o alivio do estresse.

Principais benefícios: O chá de rosas é um tratamento natural e seguro para o estresse, ansiedade e depressão, que pode ser incorporado a um plano geral de tratamento, sem efeitos colaterais ou risco de dependência.

6. Alivia infecções do trato urinário

Ao ser um diurético natural, pode ajudar a aliviar o desconforto e eliminar infecções. A combinação de propriedades antioxidantes e antibacterianas, faz do chá de rosa um tratamento eficaz para infecções leves do trato urinário.

As bactérias causadores destas infecções são as mesmas encontradas nos intestinos. As mulheres são mais propensas a contrair infecções do trato urinário por possuirem uma uretra mais curta, o que torna mais fácil a entrada de germes na bexiga. O chá de rosas pode ajudar a aliviar a inflamação que causa episódios de dor.

Manter o corpo hidratado é crucial para controlar a dor e combater infecções, especialmente as localizadas perto da bexiga. Alguns especialistas sugerem beber uma xícara grande de chá quente três a quatro vezes por dia como complemento ao tratamento de uma infecção do trato urinário.

Além disso, a bebida também parece melhorar a saúde renal e atuar como um preventivo para as pedras nos rins.

Principais benefícios: O chá de rosa alivia a dor e a inflamação ao mesmo tempo que ajuda a combater a infecção e a promover a saúde dos rins.

7. Impulsiona o sistema imunológico

O alto teor de vitamina C presente no chá de rosa fornece um bom suporte ao sistema imunológico, que alguns especialistas afirmam ser vital para a resistência a doenças graves, como o câncer, bem como infecções comuns, como resfriados e gripes. (6)

A principal função do sistema imunológico é proteger o corpo contra infecções e doenças. Os especialistas afirmam que o apoio a um sistema imunológico saudável deve incluir, o controle do estresse, a prática de exercício físico, uma dieta saudável e o uso adequado de suplementos nutricionais e fitoterapia.

Quando consumida através deste chá, a vitamina C é rapidamente absorvida pelo organismo, atuando rapidamente no combate de infecções e na cicatrização de feridas. Um metabolismo e função adrenal saudáveis também dependem da vitamina C, sendo o chá de rosas uma alternativa aos comprimidos e suplementos vitamínicos. (7)

Além disso, a vitamina C estimula a produção de glóbulos brancos e funciona como um antioxidante, reduzindo de forma eficaz o estresse oxidativo. (8)

Principais benefícios: O chá de rosas fornece vitamina C, que é rapidamente absorvida pelo corpo. Quando combinado com uma dieta saudável e a prática de exercício físico, pode ajudar a manter a saúde do sistema imunológico.

8. Artrite

A artrite é a uma das causas de incapacidade física. E embora seja comum, é muitas vezes mal interpretada. “Artrite” refere-se à dor presente nas articulações. Trata-se de uma doença articular e existem mais de 100 tipos diferentes. Em casos graves, resulta em dor crônica e danos articulares permanentes.

Um estudo realizado em 2015 concluiu que as propriedades anti-inflamatórias do chá de rosas é igual a um anti-inflamatórios não esteroides de prescrição. O chá tem a capacidade de aliviar a dor sem originar problemas estomacais e algumas pesquisas em andamento sugerem que também aumenta a circulação e melhora a saúde das articulações. (9)

As propriedades diuréticas naturais do chá de rosa ajudam a eliminar a água acumulada nos tecidos que causam inflamação e o aumento da dor. Os fitoterapeutas recomendam a ingestão de duas xícaras de chá por dia para reduzir a inflamação e a dor provovada pela artrite.

Principais resultados: O chá de rosas proporciona alívio a quem sofre de artrite, ao reduzir o inchaço, a dor, e ao eliminar o acúmulo de fluidos, e sem o desconforto estomacal causado, por vezes, pela prescrição de anti-inflamatórios não esteroides.

9. Dermatite seborréica no couro cabeludo

Um estudo publicado em 2014 comparou o xampu feito de extrato de pétala de Rosa a xampus de cetoconazol e zinco-piritiona – ambos usados ​​no tratamento da dermatite seborréica no couro cabeludo. A pesquisa concluiu que o xampu natural de pétalas rosa é tão eficaz quanto o xampu farmacológico.

A dermatite seborréica do couro cabeludo é uma erupção avermelhada no couro cabeludo acompanhada de descamação e prurido. A condição pode ocorrer no corpo, bem como no couro cabeludo. Embora a causa exata ainda seja desconhecida, ela pode ser desencadeada pelo estresse, uso de remédios ou pelo tempo frio e seco.

A condição também é comum em bebês, (10) e embora por vezes desapareça sem a necessidade de tratamento, pode durar anos. Beber chá de rosa ajuda a eliminar as toxinas do corpo e as suas propriedades antibacterianas ajudam a combater a infecção.

Principais benefícios: O extrato de pétala de rosa provou ser tão eficaz no tratamento de condições do couro cabeludo quanto alguns xampus farmacológicos, e acredita-se que a sua ingestão reduza futuras recorrências da dermatite.

10. Ajuda a perder e a controlar o peso

Entenda que não existe nenhum composto mágico presente no chá de rosa que ajude a emagrecer. Trata-se apenas de uma opção saudável e livre de calorias. Portanto, trocar o chá de rosas ou qualquer outro chá saudável pelos refrigerantes comuns irá ajudar a controlar o peso a longo prazo.

Uma xícara de chá de rosas entre as refeições também alivia as “dores da fome” e, como parte de um plano de dieta, melhora a digestão das gorduras e colesterol. A pectina presente nos extratos de pétalas de rosa, liga-se à gordura e ao colesterol antes que eles possam ser absorvidos pelo sangue.

Conclusão fundamental: Embora não haja uma poção mágica para fazer a gordura desaparecer, beber chá de rosas alivia a dor da fome e é uma bebida refrescante e perfumada que pode ajudar a manter as metas de perda de peso a longo prazo.

11. Potencial Anti-Câncer

A ciência mostra que os chás-de-rosa ajudam a bloquear mutações genéticas que podem causar câncer. Um estudo publicado em 2013 analisou as pétalas de várias espécies e concluiu que as propriedades anti-mutagênicas de alguns extratos de rosas se devem ao elevado teor de antocianina presente da planta. (13)

As rosas são ricas em antocianinas. Mirtilos, framboesas, arroz negro e a soja preta são outras plantas ricas em antocianinas. A enzima pode ser usada como um marcador genético na identificação de alguns materiais. (14)

Rico em antioxidantes “chamados EGCG”, catequinas e polifenóis, o chá de rosa protege o organismo contra danos causados ​​pelos radicais livres, que podem causar câncer. Os poderosos antioxidantes também demonstraram matar as células cancerígenas sem prejudicar as células saudáveis.

Principais benefícios: Os antioxidantes presentes no chá têm o potencial de bloquear as mutações genéticas que podem causar câncer, reduzindo o efeito oxidante das células cancerígenas no corpo humano.

12. Pode ser usado no banho

Um banho relaxante é uma forma maravilhosa de desfrutar das qualidades curativas do chá de rosas. Para uma experiência calmante, prepare-o como de costume ou espalhe algumas pétalas numa banheira quente. Além de relaxante, ele hidrata, tonifica, e reduz a aparência de linhas, olheiras e rugas.

Os compostos antibacterianos naturais do chá melhoram a saúde da pele e a sua qualidade aromática reduz o estresse. Desfrutar de uma xícara de chá enquanto relaxa em um banho de imersão e hidromassagem também acelera o fornecimento de vitaminas, minerais e antioxidantes que recarregam a energia e o sistema imunológico.

Principais benefícios: O chá pode ser adicionado a banhos de imersão para fornecer à pele poderosos antioxidantes e nutrientes. Contém compostos naturais que trabalham arduamente na redução de sintomas causados pelo envelhecimento, como rugas, secura…

Efeitos colaterais

Apesar de ser considerado seguro e não terem sido relatados efeitos colaterais, alguns especialistas recomendam limitar o seu consumo a cinco xícaras por dia.

As pétalas de rosa e a rosa mosqueta são ricas em vitamina C. O consumo excessivo da vitamina pode causar diarreia, dor de cabeça, tonturas e náuseas.

O chá de rosa é também livre em cafeína e uma alternativa saudável aos refrigerantes e sucos açucarados, mas natural não significa necessariamente seguro quando se trata de crianças. (11) Muitos pais usam a medicina alternativa (como chás de ervas) como um complemento ao tratamento médico. A segurança desta prática depende da idade e da saúde geral da criança, bem como da frequência do tratamento.

Antes de administrar qualquer produto à base de plantas a uma criança sob cuidados médicos é importante consultar o pediatra ou profissional responsável.

Conclusão: Consumido em pequenas quantidades, o chá de rosas não tem efeitos colaterais relatados, mas é importante os pais consultarem o pediatra antes de administrar o chá a crianças em tratamento para qualquer condição médica.

É seguro para mulheres grávidas?

É importante a mulher ter cuidado ao usar produtos à base de plantas durante a gravidez. A Babycenter lista o chá de quadril de rosa como benéfico quando consumido durante a gravidez. (12) A vitamina C é essencial para a formação de colágeno na mãe e no bebê.

Outros alimentos, incluindo o repolho, mamão, goiaba e melão, também são ricos em vitamina C e ajudam a manter a absorção de ferro e cálcio, ambos cruciais para o desenvolvimento fetal.

O chá de rosa contêm vitamina E, selênio, manganês, vitaminas do complexo B, magnésio e potássio. Combinados, eles fornecem suporte ao sistema imunológico para proteger a mãe e o bebê.

Consulte sempre o ginecologista: O chá de rosa parece ser seguro e benéfico em mulheres grávidas, pois é uma boa fonte de vitaminas e minerais. No entanto, é sempre importante consultar o ginecologista. Os compostos presentes no chá promovem um desenvolvimento saudável e podem dar um impulso ao sistema imunológico para proteger a mãe e o bebê.

Como fazer

A forma de fazer o chá é bem simples. Podem ser usadas as pétalas secas ou frescas. Para secar as pétalas frescas basta armazená-las em um recipiente e lugar fresco e seco por 1-2 semanas. Neste caso, as pétalas de rosa frescas devem estar livres de pesticidas e a base branca da flor deve ser descartada. Para quem prefere fazer o chá com as pétalas frescas é importante perceber que o sabor é um pouco diferente. 

Ingredientes para a receita:

  • 1 xícara de pétalas de rosas recém cortadas ou já secas;
  • 3 xícaras de água (quente, mas sem ferver)
  • Mel ou stevia, a gosto
  • 1/4 xícara de folhas de chá verde (opcional, para quem pretende um chá verde com sabor e aroma a rosa)
  • 1/4 xícara de folhas de chá preto (opcional, se gosta de chá preto com sabor e aroma a rosa)
  • Raminho de capim-limão (opcional).

Passo 1 – No caso de estar usando pétalas frescas, é importante enxáguar em água antes de usar.

Passo 2 – Adicione as pétalas de rosa a uma panela de água quente, sem deixar ferver . Se desejar adicionar chá preto ou verde, misture as folhas nesta etapa.

Passo 3 – Coloque a tampa da panela e deixe as folhas em infusão durante 5 minutos.

Passo 4 – Coe a mistura, removendo as folhas.

Passo 5 – Adicione mel ou stevia a gosto, e um raminho de capim-limão se desejar.

O chá manterá o seu sabor e propriedades por muito tempo depois de ser confecionado.

Além do que já foi citado, existem mil e uma maneiras de usar o chá de rosas. As compotas caseiras e a água de rosas são apenas mais dois exemplos.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Caroline Vallinhos (Nutricionista Clínica e Estética - CRN-3 nº 37006)

Nutricionista Clínica e Estética - CRN-3 nº 37006

A Drª Caroline Vallinhos é graduada em ciências da nutrição pela Universidade de Guarulhos/SP. Possui 7 anos de experiência em Nutrição clínica e estética. Forte atuação em coaching de emagrecimento e qualidade de vida para pessoas em busca de melhoria alimentar e enfermos com necessidade de melhoria de quadro clínico.

Vasta experiência com consultoria para empresas do ramo alimentício, tais como grandes indústrias de alimentos, cozinhas experimentais e mercado de food service.

Com registro no Conselho Regional de Nutricionistas CRN-3 (Brasil) nº 37006

Também pode encontrar a Drª Caroline Vallinhos no Linkedin, Facebook: e Instagram.

Telefone: (11) 97670-1909 Atendimento em Guarulhos - SP (Região Jardim Maia)