Chá Laxante: Sene (Cassia angustifolia)

A prisão de ventre é um problema comum que, por causa de uma alimentação pouco saudável, afecta muita gente.

Apesar de poder ser um sintoma de outra doença relacionada com o foro intestinal ou estomacal, normalmente, as causas do aparecimento da prisão de ventre são atribuídas a uma alimentação pobre em fibras e à pouca ingestão de água, responsável pela libertação de toxinas e bactérias do corpo.

Como a quantidade de resíduos no corpo não é suficiente, o intestino não trabalha da mesma forma e não existe necessidade de ir à casa de banho.

Associada à prisão de ventre está a sensação de inchaço, que após três dias de prisão de ventre, começa a fazer-se sentir.

Para além da redução de frequência de defecação, estão ainda associados os sintomas de fadiga, dor nas costas e dor durante a evacuação.

Apesar de não ser uma situação grave, a prisão de ventre pode trazer algumas complicações para os intestinos, por isso, o seu tratamento deve ser rápido e eficaz.

É extremamente importante que, quem sofra de prisão de ventre, altere os seus hábitos alimentares, ou seja, que abuse dos vegetais e fibras, que beba muita água e que substitue a refeição do jantar por sopa de verduras.

Para além de alterar a sua alimentação, deve apostar em suplementos de fibras e laxantes, para melhorarem o trabalho dos intestinos.

Em vez de recorrer aos produtos de farmácia, experimente os produtos que tem na despensa e faça o seu próprio laxante natural de efeito imediato.

Chá Laxante

Sene (Cassia angustifolia)

Cassia angustifolia, nome binomial

Faça um chá de sene, conhecido pelas suas propriedades laxativas.

Ferva 500 ml de água, juntamente com um punhado de sene e um punhado de cáscara sagrada, durante cerca de 15 minutos.

Tape a panela, deixe o chá arrefecer e coe as ervas. Beba quando estiver morno e sempre que sentir necessidade.

Não esqueça que, o chá de sene tomado em exagero, pode provocar dor abdominal.

folhas de sene para chá

Sabia que o sene é o ingrediente do supositório laxante chamado Senokot, usado para o alívio da prisão de vente!

O Sene, de nome científico Senna alexandrina é uma planta que se utiliza geralmente pelas suas propriedades laxantes.

Funciona através da interacção com as bactérias do sistema digestivo, originando contracções intestinais.

Estas contracções intestinais são causadas pela antraquinona, um composto existente na planta.

Os derivados naturais da antraquinona são os glicosídeos, conhecidos como glicosídeos diméricos ou senosídeos.

Tanto as folhas como as vagens da planta são utilizadas pelos seus efeitos laxantes, no entanto as vagens do sene são menos potentes que as folhas. O sene encontra-se em muitos países tropicais. A planta já é utilizada na Índia como laxante há mais de 1000 anos.

E pode ser encontrada e comprada em forma de cápsulas e pastilhas, saquetas de chá ou a granel, assim como em extractos líquidos.

A raiz seca sem diluir pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e orgânicos ou ervanárias.

Efeitos Secundários do Sene

Senna alexandrina

Quando utilizar o chá de sene, nunca o faça durante mais de 7 dias consecutivos.

Além disso, o chá de sene não deve ser consumido por mulheres grávidas ou em fase de amamentação.

As crianças menores de 12 anos de idade não devem consumir a planta em nenhuma das suas formas.

Existem algumas ocasiões em que não devemos ingerir a planta.

As pessoas que sofrem de obstrução intestinal, doença de Crohn, colite ulcerosa ou colite ulcerativa, hemorroidas, ou úlceras, não devem ingerir a planta.

Pessoas que tomam medicamentos para o coração devem consultar o médico antes de tomar sene, uma vez que pode haver uma interação com o medicamento dando origem a possíveis problemas na saúde cardíaca do paciente.

A planta não deve ser ingerida juntamente com diuréticos, já que pode dar lugar a uma diminuição excessiva de potássio no corpo.

Por vezes pode ocorrer diarreia ao ingerir a planta. Comece por utilizar pequenas doses até conhecer a resposta do organismo aos efeitos do sene.

Conheça 10 Laxantes Naturais para Tratar a Constipação Intestinal

Leia Também

Alimentos e Substâncias Laxantes: