Cirurgia Plástica Abdominal Reaproxima Músculos e Deixa Abdômen Definido

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Sendo o abdómen uma região extremamente susceptível ao desenvolvimento de alterações causadas pelo aumento da acumulação de gordura, gravidez e até o emagrecimento severo e repentino, por vezes existe a necessidade de se proceder a tratamentos cirúrgicos com o objectivo, não só de eliminar a gordura em excesso como também a pele flácida resultante de um emagrecimento repentino.

Ainda que estes não sejam problemas de fácil resolução, a verdade é que existe já um vasto conjunto de alternativas que, quando utilizadas no momento certo, poderão surtir resultados surpreendentemente satisfatórios.

cirurgia plastica na barriga

Entre os diversos procedimentos cirúrgicos aos quais poderá recorrer para obter abdominais bem mais definidos, o mais popular, eficaz e seguro de todos é a abdominoplastia, que consiste numa técnica que tem como objectivo primordial remover a pele flácida de forma a tornar mais evidentes os músculos abdominais, que muitas vezes ficam cobertos por toda a gordura e pele em excesso.

Idealmente, este procedimento deverá apenas ser adoptado por todos aqueles que tenham conseguido remover a gordura abdominal em excesso, e agora pretendam apenas livrar-se da flacidez resultante desse processo.

O tecido adiposo costuma afastar os músculos abdominais para se acomodar no organismo, o que contribui para o aumento da projecção do abdómen, alterando assim a sua aparência natural, o que cria um efeito extremamente inestético. Isto é conhecido como diástase, e pode ser corrigido através de uma espécie de costura efectuada com pontos cirúrgicos que unem os músculos abdominais afastados.

O resultado deste procedimento é uma barriga muito mais definida e, não só mais atraente, como também muito mais saudável.

Existe ainda uma variante da abdominoplastia convencional, denominada de abdominoplastia invertida. Este procedimento caracteriza-se pela realização de dois cortes separados nos sulcos localizados abaixo dos seios.

Esta cirurgia é apenas indicada em casos em que o paciente não aceite a presença de uma cicatriz na região inferior do abdómen. Ainda que seja uma variante menos comum, esta abdominoplastia poderá, assim como a convencional, ajudar a obter uma barriga verdadeiramente jovem e definida, sem sinais de níveis excessivos de pele acumulados.

O pós-operatório desta cirurgia poderá revelar-se bastante simples, e geralmente não costuma ter grandes inconvenientes. No entanto, durante cerca de 15 dias, o paciente deverá tentar dormir sempre de barriga para cima e evitar efectuar determinados esforços, como é o caso daqueles associados às tarefas domésticas.

Também é recomendado que o paciente caminhe devagar e evite subir escadas durante este período, uma vez que tal poderá contribuir para, não só atrasar o tempo de recuperação, como também prejudicar a qualidade dos resultados obtidos.

Saiba mais sobre a Abdominoplastia