Coco – Origem e Produção

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Foi possível conhecer a origem da maioria das plantas actualmente cultivadas através das espécies silvestres existentes. O coqueiro é uma excepção, uma vez que não se conhece nenhuma população espontânea desta planta. É provável que tenha origem no Sudeste Asiático e que o seu centro de diversificação se encontre também nessa zona, na Indonésia e nas ilhas do Pacífico Ocidental. Actualmente está difundido em toda a zona tropical. O continente asiático é o maior produtor de cocos do mundo. Os dados mais recentes publicados pela FAO são os do ano 2000 e indicam que a produção mundial é de 48.374.677 toneladas e está distribuída pelos continentes da seguinte forma:

  Continente    Toneladas 
  África    1.699.250 
  Ásia    40.773.399 
  América do Norte e Central    1.901.966 
  Oceânia    1.885.640 
  América do Sul    2.114.422 
  Total    48.374.677 

Fonte: FAOSTAT Database Results (2000)

No ano de 1999 a produção mundial foi de 47.479.000 toneladas (donde se observa que em 2000 a produção foi um pouco superior) e distribuiu-se da seguinte forma:

  Continente    Milhares de toneladas 
  África    1.835 
  Ásia    40.764 
  América do Norte e América Central    1.905 
  Oceânia    1.931 
  América do Sul    1.044 
  Total    47.479 

Como se observa, o primeiro produtor mundial no ano de 2000 foi a Ásia com 40.773.399 toneladas (t), seguido da América do Sul com 2.114.422 t. A Europa não produz este tipo de fruto. Os principais países produtores de cocos são:

  País    Toneladas 
  Indonésia    13.000.000 
  Índia    11.100.000 
  Filipinas    11.000.000 
  Sri Lanka    1.850.000 
  Brasil    1.822.479 
  Tailândia    1.373.162 
  México    1.313.400 
  Vietname    1.133.707 
  Papua Nova Guiné    695.000 
  Vanuatu    364.000 

O principal país produtor é a Indonésia com 13.000.000 t anuais, seguida da Índia e das Filipinas com 11.100.000 t, respectivamente. No mundo são importadas 184.496 toneladas, segundo dados, do ano de 1999, da FAO. Os principais países importadores são, em primeiro lugar, a Malásia, seguida da China e dos Estados Unidos da América. Os dez primeiros países importadores mostram-se no seguinte quadro:

  País    Toneladas 
  Malásia    41.891 
  China    24.546 
  Estados Unidos da América    21.148 
  Singapura    10.006 
  Holanda    8.226 
  Tailândia    5.215 
  Emiratos Árabes Unidos    8.700 
  Canadá    4.904 
  Itália    4.757 
  França    4.705 

Em 1999, a Espanha importou 2.753.000 toneladas de cocos dos países produtores. Mundialmente, as importações em 1999 ascenderam a 68.254 milhares de dólares. A China foi o país que mais gastou em importações, seguida dos Estados Unidos da América. No quadro seguinte indicam-se os dez primeiros países que mais capital destinaram nas suas importações.

  País    Milhares de dólares 
  China    11.041 
  Estados Unidos da América    10.632 
  Emiratos Árabes Unidos    4.100 
  Egipto    3.652 
  Canadá    3.427 
  França    3.106 
  Holanda    2.942 
  Malásia    2.361 
  Hungria    2.212 
  Alemanha    2.154 

Em 1999, a Espanha gastou 1.720 milhares de dólares em importações de cocos. No Mundo exportam-se 191.300 toneladas de cocos, segundo dados da FAO referentes ao ano de 1999. Os principais países exportadores são a Indonésia, a República Dominicana e a Malásia. Os dez primeiros países exportadores do mundo mostram-se no seguinte quadro:

  País    Toneladas 
  Indonésia    38.136 
  República Dominicana    29.408 
  Malásia    25.548 
  Sri Lanka    22.712 
  China    13.181 
  México    12.404 
  Costa do Marfim    11.000 
  Tailândia    8.840 
  Holanda    8.496 
  Guatemala    5.300 

As exportações no mundo, em 1999, ascenderam a 55.702 milhares de dólares. O país que mais dinheiro ganhou com as suas exportações foi a Indonésia, seguida do México e da República Dominicana. No quadro seguinte mostram-se os dez primeiros países que ganharam mais dinheiro com as suas exportações.

  País    Milhares de dólares 
  Indonésia    14.069 
  México    6.918 
  República Dominicana    6.287 
  Sri Lanka    5.725 
  China    4.871 
  Holanda    2.965 
  Tailândia    2.870 
  Malásia    2.789 
  Vietname    1.100 
  Filipinas    686 

Fonte: FAOSTAT Database Results (1999)