Como Aumentar os Níveis de Testosterona Naturalmente

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Conheça algumas excelentes dicas Para Aumentar os Níveis de Testosterona Naturalmente sem recorrer a suplementos.

Como Aumentar os Níveis de Testosterona Naturalmente

Se você pretende aumentar a sua massa muscular, terá que ter em conta vários factores para conseguir um volume sustentado e alcançado de forma saudável! Assim, aspectos como o exercício físico orientado para o aumento e tonificação da massa muscular, alimentação e suplementação, e ainda, o descanso, são essenciais para atingir o seu objectivo.

Outro factor muito importante, e que pode ajudar a uma construção mais eficaz dos seus músculos é a produção de testosterona no seu organismo. Esta hormona irá trazer vários benefícios para o processo de definição muscular do seu corpo. Assim, a testosterona promove o aumento da massa muscular e a redução da massa gorda e do colesterol “mau”. Além disso, esta hormona tem ainda um efeito positivo no humor, e no desejo e na resistência sexual.

Por vezes comete-se o erro de tentar aumentar o volume muscular através de hormonas sintéticas. Este erro irá provavelmente dar-lhe resultados mais rápidos, mas menos consistentes e promotores de um organismo menos saudável! Assim, neste artigo iremos apresentar 10 passos para que possa aumentar os níveis de testosterona de forma natural, sem pôr em causa a saúde do seu organismo.

1 – Utilize exercícios compostos como base do seu treino

Procure ter como base do seu treino exercícios compostos, onde se combinam vários exercícios básicos, de maneira a trabalhar vários músculos ao mesmo tempo, provocando assim um grande stress muscular. Este nível de stress irá promover o aumento dos níveis de testosterona.

2 – Treinar duro

Quem pretende ganhar massa muscular, não pode apenas fazer treino de fitness. Dessa forma, além de um programa de exercícios adequados, é fundamental ser disciplinado e encarar todos os treinos com seriedade. Assim, cada treino deverá ser feito no limite, de maneira a obrigar os seus músculos a trabalhar e a estimulá-los a desenvolverem-se ainda mais. Não interessa o tempo que passa no ginásio, mas sim o esforço e a intensidade que emprega em cada exercício. Ao levar o esforço dos seus músculos ao limite, provocará um grande stress muscular, que por sua vez, estimula a produção de testosterona.

3 – As pernas são tão importantes como a parte superior do corpo

Se você está mais preocupado apenas com o desenvolvimento da massa muscular no tronco e nos braços, saltando por isso o treino das pernas, saiba desde já que isso é um grande erro. Sem entrar na discussão da estética do corpo, que por esta razão pode ficar desequilibrado, na realidade, o treino das pernas irá estimular o aumento da produção de testosterona, que assim, terá um efeito benéfico no treino da parte superior.

4 – Se treinar, não beba álcool

Evite beber bebidas alcoólicas, ou então, diminua o seu consumo. Está provado que esta substância tem um efeito altamente inibidor da produção de testosterona, e dessa forma, a ingestão frequente de álcool irá prejudicar todo o seu esforço no treino.

5 – Aumente o consumo dos vegetais crucíferos

Vegetais como os brócolos, a couve, os rabanetes, nabos, couve-flor, entre outros, também conhecidos por vegetais crucíferos, além de ricos em minerais e vitaminas, têm ainda a capacidade de diminuir significativamente os níveis de estrogénio. Como esta hormona tem um efeito inibidor sobre a produção de testosterona, então a sua diminuição irá provocar o aumento desta última.

6 – Consumir gorduras saudáveis

Os alimentos ricos em gorduras saudáveis, como a azeite de oliveira, ou os frutos secos, estimulam a produção natural de testosterona. Assim, o aumento do consumo destes alimentos irá beneficiar o desenvolvimento do seu volume muscular.

7 – Se consome soja, diminua a quantidade

A soja é uma excelente fonte de proteína. No entanto, esta ajuda a aumentar os níveis de estrogénio, que terá um efeito inibidor da produção de testosterona. Por isso, se costuma consumir esta proteína, reduza a quantidade.

8 – Diminua o stress

O stress, além de todas as consequências que tem para a saúde, estimula ainda a produção do cortisol. Esta hormona irá ter um efeito drástico sobre a produção da testosterona. Assim, tente diminuir o stress diário, relaxando e divertindo-se.

9 – Aumente a sua actividade sexual

Através do aumento do estímulo sexual, serão libertados no organismo substâncias que irão estimular a produção de testosterona. Além disso, é uma óptima forma de relaxar e dissipar tensões do stress diário!

10 – Descanse e durma bastante

O descanso é essencial para quem está a ganhar massa muscular. É durante este período de tempo que as células musculares se regeneram e se desenvolvem. Se dormir pouco, além de não dar o tempo necessário aos seus músculos para o fazer, está ainda a estimular a libertação do cortisol, que como referimos atrás, tem um efeito muito inibidor da produção de testosterona!

Treine no limite, alimente-se bem e descanse bastante. Se seguir estes passos, bem como todos estes conselhos de como aumentar os níveis de testosterona no seu organismo de forma natural, estará a caminho do corpo desejado!