-->Como Combater as Cólicas do Bebê - Educar Saúde

Como Combater as Cólicas do Bebê

Publicado em 26/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

As cólicas do bebê surgem no decurso das primeiras semanas de vida e são fonte de preocupação para muitos pais, que não sabem como devem proceder para aliviar estes sintomas.

Antes de mais, é importante notar que as cólicas são normais, surgindo habitualmente quando os bebés atingem a segunda semana de vida. As cólicas estão relacionadas com a imaturidade do sistema digestivo dos bebés.

Os pais podem colocar em prática diversas medidas, como o objetivo de combater as cólicas do bebé, por exemplo:

  • Fazer massagens no sentido do ponteiro dos relógios na barriga do bebé;
  • Colocar uma bolsa de água ligeiramente aquecida no abdómen do bebé;
  • Tentar que o bebé arrote, sempre que termine de mamar;
  • Colocar o bebé de barriga para cima e fazer movimentos a imitar o pedalar numa bicicleta, com as pernas do bebé.

Durante as cólicas, é comum que os bebés chorem bastante. Nestes momentos, os pais devem tentar aconchegar e acalmar o bebé. Quando ele estiver mais calmo e parar de chorar, os pais podem tentar colocar em prática algumas das dicas citadas.

Estas medidas contribuem para a libertação dos gases intestinais, reduzindo de forma efetiva as cólicas do bebé.

Em alguns casos, pode ser útil complementar estas dicas com a utilização de remédios próprios como o Funchobaby ou o Luftal. Contudo, estes medicamentos não devem ser administrados no bebé por iniciativa dos pais, devendo ser apenas utilizados caso recomendado pelo pediatra.

Remédio caseiro para diminuir as cólicas do bebê

A combinação do chá de erva-doce e do chá de camomila constitui um bom remédio caseiro para reduzir as cólicas do bebé.

A camomila e a erva doce são plantas medicinais com um efeito calmante, que contribuem também para reduzir os espasmos provocados pelas cólicas.

Estes chás devem ser dados ao bebé antes e após a amamentação, sempre em pequenas doses.

Publicidade

Como preparar: Coloque água a ferver numa xícara. Adicione uma colher de chá de erva doce e uma colher de chá de camomila, assim que a água começar a ferver.

Publicidade

Deixe arrefecer e dê a beber ao bebé antes de após a alimentação.

Evitar as Cólicas no Bebé Alterando a Sua Alimentação

É possível reduzir substancialmente as cólicas no bebé, através da alteração da alimentação da mãe. Reduzindo o consumo de alguns alimentos, as mães lactantes ajudam os seus bebés a terem menos cólicas.

Estes são alguns elementos que não devem ser consumidos em excesso, durante a amamentação:

  • Hortícolas como brócolos ou couves;
  • Ervilhas, favas, grão e feião;
  • Nabos, pepino e pimentos.

A mãe deve estar atenta ao comportamento do seu bebé após a amamentação. Se o bebé mostrar sinais de irritação, gases ou outros dos sintomas típicos das cólicas, é importante identificar quais os alimentos que possam ter estado na origem dos sintomas.

Depois, esses alimentos podem ser progressivamente reduzidos ou retirados temporariamente da alimentação. Mais tarde, os alimentos que provocam as cólicas no bebé podem ser novamente introduzidos na alimentação, sempre em quantidades reduzidas, por forma a testar se a reação se mantém.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook

Publicidade