-->Como é Realizado o Peeling Químico e Indicações do Tratamento - Educar Saúde

Como é Realizado o Peeling Químico e Indicações do Tratamento

Publicado em 31/12/2012. Revisado por Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965) a 16 dezembro 2018

O peeling químico consiste numa técnica caracterizada pela aplicação de substâncias químicas na pele, com o objectivo de remover as suas camadas externas e assim estimular a renovação celular.

Exemplo Antes e depois:

peeling quimico antes e depois

Indicações

Actualmente, o peeling químico destina-se à remoção das seguintes imperfeições da pele: Acne, manchas da idade, rugas, pigmentação irregular, cicatrizes, manchas solares, entre outras.

O peeling químico possui a capacidade de de conferir um aspecto muito mais jovem e saudável à pele, e é já uma das técnicas mais populares entre aqueles que pretendem combater os sinais mais evidentes de envelhecimento.

Neste tratamento poderão ser utilizados diversos produtos químicos, Entre os mais populares, estão o fenol, o ácido tricloroacético e os ácidos alfahidróxico. Cada um deles possui finalidades diferentes, e a sua utilização dependerá imenso do tipo de resultado que o paciente tiver por objectivo obter.

Resultados do tratamento

Estes tratamentos possuem uma elevada taxa de sucesso e são, por isso, considerados como sendo altamente eficazes na resolução dos mais variados tipos de problemas da pele. Para além de embelezar a pele, o peeling químico também pode actuar como uma protecção eficaz contra problemas como o cancro da pele.

Segurança

O peeling químico é, a nível geral, um procedimento seguro, que poucos efeitos colaterais costuma oferecer. Quando efectuado por um especialista, os resultados tendem a ser surpreendentes e livres de quaisquer tipos de problemas.

Riscos e Efeitos Secundários

Ainda assim, existe uma pequena probabilidade de desenvolvimento de alguns efeitos secundários desagradáveis, como é o caso de ligeira alteração na cor da região tratada e formação de cicatrizes. Felizmente, estes problemas afectam apenas uma pequena percentagem dos pacientes, e quase sempre são de fácil resolução.

A Saber, Antes da sessão de tratamento

Antes do peeling, é extremamente importante que o paciente se informe relativamente a todos os problemas de pele que possa ter, na medida em que algumas doenças poderão afectar negativamente os resultados deste procedimento.

Local, duração do peeling, recuperação e cuidados a ter

O procedimento é realizado no consultório do médico, e poderá durar, em média, entre 10 a 15 minutos. O período de recuperação, por seu lado, já é bem mais demorado, e poderá durar entre 7 a 10 dias, e por vezes até mais, em casos excepcionais.

Após o procedimento é bastante comum o paciente sentir um ardor na pele muito semelhante a uma queimadura solar. Apesar de desconfortável, essa sensação desaparecerá totalmente dentro de alguns dias, bastando, para isso, apenas seguir à risca todas as recomendações do médico responsável.

O período de recuperação é uma fase muito sensível do tratamento, e a negligência na adopção dos cuidados essenciais poderá resultar no desenvolvimento de sérios problemas cutâneos.

Mantenha-se longe do sol

Durante esta fase, desaconselha-se vivamente a exposição directa ao sol, utilização de cosméticos, como é o caso de cremes e loções hidratantes e utilização de maquilhagens e desmaquilhantes. Ao levar a cabo estes simples cuidados o processo de recuperação revelar-se-á surpreendentemente rápido, e dentro de poucas semanas poderá voltar à sua vida normal.

Pondere bem

É importante que, antes de se submeter a este tratamento, determine, em conjunto com o seu médico, a viabilidade do mesmo na resolução dos seus problemas de pele. Muitas pessoas recorrem a este género de tratamentos como forma de eliminação de toda e qualquer imperfeição, por mais pequena e insignificante que seja, o que não é, de todo, considerado como sendo uma boa prática.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965)

Dermatologista - CRM-SP 195965 / RQE 73850

Consultar > Currículo Lattes.

O Dr. Pedro Secchin é Graduado em Medicina pela Universidade Gama Filho (UGF) – 2011. É Mestrado em Medicina pela Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). Além disso o Dr. também possui:

- Especialização em Dermatologia no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ) - 2018.

- Título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB).

- É membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Endereço: Rua Inglês de Sousa, 449. CEP: 01546-010 - Jardim da Glória São Paulo - São Paulo Telefone: ‪(11) ‬4301-9931

Também pode encontrar o Dr. Pedro no Linkedin e Instagram.