Como Escolher a Base de Maquilhagem Correcta

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Escolher a base correcta é, para si, um desafio? Nunca acerta na cor do batom? O rímel que usa não é compatível com as suas pestanas?

Leia este artigo e torne a maquilhagem uma missão possível.

A maquilhagem deve ser, sobretudo, um prazer, uma brincadeira. Não há normas rígidas para aplicar este ou aquele batom, esta ou aquela sombra. A técnica pode estar presente (o que dá sempre jeito!), mas é o gosto pessoal e a imaginação que marcam a diferença.

Por isso, não encare a maquilhagem como uma missão impossível. Aprenda a desfrutar dela e a tirar partido do que a mesma tem de melhor para lhe oferecer: um visual renovado, luminoso e muito, muito elogiado.

Pele perfeita

Para dissimular pequenas imperfeições, use os correctores, disponíveis em várias cores, consoante a sua função. Dois exemplos: o verde neutraliza os vermelhões (de uma borbulha, por exemplo), enquanto o branco confere um efeito porcelana, que ilumina a tez em transparência.

Se tem olheiras, o concealer deve tornar-se o seu melhor amigo. Aplique-o antes da base, esbatendo-o com toques pequenos e firmes, com a ajuda do dedo anelar. Deve optar por um concealer num tom mais claro do que a olheira, pois só assim conseguirá camuflá-la sob a base. Se não quiser usar base, o concealer deverá, neste caso, ter um tom próximo do da sua pele.

Questão de fundo

Deve escolher a base ou fond de teint aplicando um pouco do produto no queixo. Espalhe bem e compare com o tom da pele do pescoço. Se a diferença for quase imperceptível, é porque temos um vencedor. Encontrou a base ideal para si, aquela que tem o tom o mais aproximado possível da sua cor de pele.

As bases de maquilhagem compactas são especialmente práticas e cómodas para os dias de calor, uma vez que se apresentam num pequeno estojo que contém uma esponja para a aplicação. Permitem, ainda, um efeito aveludado, adaptando-se na perfeição às peles oleosas e mistas. As bases fluidas conferem um efeito translúcido, exigindo alguma perícia na aplicação, pois tendem a secar mais rapidamente. Devem, por isso, ser aplicadas com movimentos firmes e precisos, em poucos minutos.

Se, neste Verão, optar por uma base compacta, guarde a fluida que eventualmente tinha a uso no frigorífico. Desta forma, conseguirá preservar intactas as suas características até ao próximo Inverno, altura em que poderá regressar à textura líquida.

Claro ou escuro?

Faça com que o seu olhar seja o centro das atenções, utilizando as sombras adequadas. Se tem os olhos castanhos, as diferentes tonalidades de azul são uma excelente opção. Os olhos claros dão azo a brincadeiras com sombras de cores mais vivas como, por exemplo, o amarelo e o verde.

As sombras “mono” são extremamente suaves, com extractos vegetais que protegem e evitam a pele seca. Se quiser usar uma paleta em duo, aplique, primeiro e em toda a pálpebra, a cor mais clara, que ilumina o olhar. O tom mais escuro dá profundidade e deve ser aplicado em segundo lugar, na pálpebra móvel.

Repare como as cores mais escuras tornam os olhos mais pequenos… Para criar o efeito contrário, use sombras claras – o rosa é sempre uma escolha segura para a maioria dos tons de pele –, aplicando, depois, um pouco de sombra branca na zona arqueada da sobrancelha.

Diferentes máscaras…

… para diferentes pestanas. Escolher o rímel adequado é fácil, desde que tenha o seu objectivo bem definido.

Quer alongar as pestanas? Opte por uma máscara com uma escova curta e densa, que faça deslizar uma maior quantidade do produto desde a raiz até às pontas das pestanas. As máscaras com escovas curvas permitem “levantar” as pestanas ao máximo. Para um volume extra, existem máscaras enriquecidas com silicone. Se o objectivo é evitar que as pestanas se colem, mantenha-as separadas com máscaras à base de glicerina, que acondicionam e cobrem as pestanas pêlo a pêlo.

Boa cara

As nossas avós beliscavam as bochechas para dar cor ao rosto. Hoje, possuímos um método bem mais simples e menos doloroso: os blushes , que, num gesto rápido, nos dão um ar saudável. Em pó ou em creme, em gel ou stick , o blush é a arma secreta para quem pretende iluminar, animar e modelar as feições.

Opte pela cor mais parecida com a do batom que está a usar no momento. Consegue-se, assim, um efeito mais harmonioso, tom sobre tom. Aplique o blush nas maçãs do rosto, sorrindo. Esbata para evitar o efeito exagerado de boneca. O objectivo é reproduzir o rubor saudável de quem acaba de sair de uma aula de body combat .

Que brilho!

A grande tendência deste Verão são os lip glosses , que permitem um efeito de lábios molhados e com volume. Renda-se às cores da estação, vivas e frescas. Opte, sobretudo, pelos batons cor-de-rosa e cor de salmão, para um look natural. Para as mais audaciosas, sugerimos os tons de laranja e amarelo.

Se tem os lábios finos, desenhe-os com um lápis de contorno – este deve ser da mesma cor do batom – para lhes dar uma melhor definição. Se quiser, o contorno pode ser feito ligeiramente fora da linha natural dos lábios, para que pareçam mais grossos. Se tem a boca grande, experimente fazer a linha de contorno mais para dentro dos cantos da boca.