Como Estimular o Bebê

Atualizado e Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 12/08/2019. Publicado originalmente em 28 de agosto de 2014

Nos primeiros meses e anos de vida, a estimulação de um bebê é muito importante.

Apesar de todos os bebês aprenderem e assimilarem com o ambiente que os rodeia, para facilitar o processo e ajudá-los a atingir o seu potencial, é essencial estimular o bebê.

Os primeiros grandes marcos da vida de um bebê são o aprender a engatinhar (gatinhar), sentar, andar e falar. Para ajudar o bebê a conseguir desenvolver-se mais facilmente e rapidamente, você pode utilizar algumas atividades simples feitas em casa.

Contudo, é importante relembrar que cada bebê tem o seu ritmo próprio de aprendizagem e como tal, você deve estimulá-lo, mas dentro do seu desenvolvimento natural.

Assim, o bebê deve aprender a alcançar todos estes marcos de desenvolvimento sem ajuda, apenas sendo estimulado durante o processo. Conheça de seguida como estimular o seu bebê.

Atividades para estimular o bebê a engatinhar (gatinhar)

Geralmente, os bebês começam a engatinhar por volta dos 6/8 meses. Cada bebê tem o seu próprio ritmo, contudo, se com um ano o bebê ainda não conseguir engatinhar, deve levá-lo ao pediatra, pois ele poderá necessitar de sessões de psicomotricidade.

As brincadeiras e atividades que pode fazer para estimular o bebê a engatinhar incluem:

– colocar o bebê num tapete ou no chão, sem entraves no seu movimento, durante o máximo tempo possível;

– colocar um objeto ou brinquedo que o bebê goste muito numa zona do chão visível para o bebê, mas suficientemente longe para que ele tenha de se esforçar para pegar;

– sempre que o bebê conseguir pegar um brinquedo ou objeto que esteja longe, da vez seguinte deve aumentar a distância;

– mostrar para o bebê como se engatinha;

– colocar joelheiras e meias antiderrapantes, para que o bebê possa engatinhar mais facilmente e com maior conforto.

Atividades para estimular o bebê a sentar

Geralmente, os bebês começam a tentar sentar-se aos 4 meses, conseguindo fazê-lo sem apoio por volta dos 8 meses. As brincadeiras e atividades que pode fazer para estimular o bebê a sentar incluem:

– colocar o bebê sentado com várias almofadas a rodeá-lo, durante algum tempo;

– quando o bebê estiver em pé no seu berço, colocar um brinquedo que ele queira no fundo, para que ele tenha de se sentar para pegar nele;

– sentar o bebê, virado de frente, no colo, e balançá-lo para trás e para a frente, segurando-o muito bem.

Atividades para estimular o bebê a andar

Geralmente, os bebês começam a dar os primeiros passos a partir dos 9 meses, conseguindo fazê-lo com mais confiança e sem apoio por volta de 1 ano e 3 meses. No entanto, estas datas variam muito de bebê para bebê.

As brincadeiras e atividades que pode fazer para estimular o bebê a andar incluem:

– afastar-se do bebê e chamá-lo;

– dar liberdade ao bebê para explorar os espaços que o rodeia, tendo apenas o cuidado de não haver zonas perigosas;

– caminhar calmamente com o bebê, segurando as suas mãos inicialmente, e depois, apenas segurando numa;

– segurar um brinquedo ou objeto que o bebê queira ou goste afastado do bebê, e chamá-lo para ele pegar nele;

– tirar os sapatinhos do bebê e deixá-lo andar descalço.

É importante que nestas atividades nunca assuste o bebê enquanto ele está a caminhar, e fale numa voz que transmita segurança e calma.

Atividades para estimular o bebê a falar

Normalmente, os bebês começam a dizer os primeiros sons com 6 meses, emitindo sílabas como má, pá, ou bá. As primeiras palavras completas, como papai, mamãe ou papa, apenas começam a ser emitidas entre os 11 e os 14 meses.

No entanto, cada bebê tem um ritmo próprio, e estas datas podem variar bastante. As brincadeiras e atividades que pode fazer para estimular o bebê a falar incluem:

– chamar sempre o bebê pelo seu nome;

– dizer as palavras sempre corretamente;

– falar para o bebê de forma pausada, devagar e alto;

– olhar diretamente para o bebê quando falar com ele;

– durante as várias atividades diárias, conversar sempre com ele, descrevendo-as com palavras e gestos;

– ler diariamente para o bebê;

– fazer pequenos poemas e rimas;

– sempre que pegar em algo, diga-lhe o nome;

– fazer brincadeiras com o bebê, mostrando-lhe objetos, partes do corpo e alimentos, dizendo os seus nomes;

– fazer o gesto de tchau e oi sempre que usar estas palavras.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook

Última atualização da página em 12/08/19