Como Evitar Alergia ao Sol

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

A alergia ao sol, também chamada de foto alergia ou erupção cutânea foto alérgica, é uma reação exagerada do sistema imunitário à exposição da pele à luz do sol.

Quando ocorre esta reação, aparecem bolinhas vermelhas nas áreas mais sensíveis, como rosto, mãos, pernas, braços e linha do decote. Esta doença afeta entre 5 a 10% das pessoas, especialmente mulheres, não tendo cura.

Contudo, com os devidos cuidados, é possível evitar o aparecimento desta reação. Conheça aqui os cuidados que deve ter para evitar a alergia ao sol, e ainda, o que deve fazer caso ocorra uma crise.

Cuidados a ter para evitar a alergia ao sol

alergia ao sol no rosto

Os cuidados que deve ter para evitar a alergia ao sol incluem:

  • evitar a exposição prolongada à luz solar;
  • evitar a exposição solar nas horas onde a radiação é mais forte;
  • usar sempre protetor solar apropriada à sua pele quando sair, mesmo que não esteja sol;
  • evitar situações que envolvam transpirar;
  • evitar roupas que promovam a transpiração (prefira roupas de cor clara e mais leves);
  • arejar bem o seu local de trabalho e a sua casa.

Tratamento para alergia ao sol

Se sofrer uma crise de alergia ao sol, a primeira coisa que deve fazer é evitar o contacto com a luz solar. Para ajudar a aliviar os sintomas deve hidratar-se corretamente, bebendo bastante água, aplicar um bom creme hidratante, que contenha propriedades calmantes, tomar banhos frios e evitar roupas quentes e escuras que promovam a transpiração.

Continuação » 5 Dicas para evitar a queimadura solar