-->Como evitar e tratar assaduras - Educar Saúde

Como evitar e tratar assaduras

Publicado em 15/01/2013. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Saiba como evitar e tratar as assaduras da melhor forma possível.

assaduras em bebe

As assaduras representam um problema que, apesar de extremamente recorrente nos bebés, também pode atingir pessoas de idades mais avançadas. Esta reacção cutânea pode originar uma sensação extremamente intensa de desconforto que, quando não devidamente tratada, poderá até levar à formação de feridas que acabarão por funcionar como porta de passagem para diversas infecções.

Assim sendo, é importante fazer os possíveis, não só para evitá-las, como também para tratá-las da melhor forma possível caso venham mesmo a ocorrer.

Apesar da crença ser que este problema só atinge pessoas que sofrem de sobrepeso, a verdade é que as assaduras podem desenvolver-se mesmo sem a presença de uma acumulação excessiva de gordura.

Nos bebés, as assaduras estão directamente associadas à fricção das gordurinhas entre si, originando assim vermelhão e ardor resultantes da inflamação cutânea. Uma vez que é um problema mais comum em bebés, muitos são os adultos que, ao desenvolvê-lo, acabam por ignorá-lo, por culpa de preconceitos criados em relação a esta inflamação.

Ao negligenciarem a importância da adopção de um tratamento cuidadoso para as assaduras, muitos adultos acabam por ver o problema agravado, o que apenas contribuirá para piorar toda a situação.

A assadura não é causada somente pela fricção da pele, e pode, também, ser potenciada pela acumulação excessiva de suor, calor intenso e, principalmente, ausência de bons cuidados de higiene. Apesar das assaduras poderem ocorrer em qualquer região do corpo, as mais comuns costumam ser a virilha e as axilas, devido ao atrito que costumam gerar.

As assaduras nem sempre se revelam dolorosas, mas quase sempre dão origem a uma certa sensação de desconforto que poderá contribuir para influenciar negativamente o estado de humor de uma pessoa.

Como evitar e tratar as assaduras

A maior parte das assaduras tem origem na fricção entre a roupa e a pele. Para evitar esta situação, aconselha-se que prescinda da utilização de roupas muito justas ao corpo, e dê prioridade a peças que permitam à pele respirar devidamente.

Em dias de praia, é comum a roupa húmida manter contacto com a pele durante muito tempo, o que também pode dar origem a assaduras. Para evitar isto, tente trocar de roupa antes de chegar a casa, pois assim evitará que a roupa permaneça por demasiado tempo em contacto com o corpo.

Caso não seja possível evitar, é importante saber tratá-la correctamente. Para tal, apenas necessitará de localizar a assadura e lavá-la cuidadosamente com água e sabão. De seguida, aconselha-se que aplique uma pomada particularmente direccionada ao tratamento de problemas deste tipo. Este procedimento deverá ser repetido diariamente, até que a assadura esteja completamente tratada.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook