Como medir os batimentos e calcular a frequência cardíaca

Medir o ritmo cardíaco é uma forma fácil de avaliar a nossa saúde, pois fornece um instantâneo em tempo real da função do músculo cardíaco. Para a maioria dos adultos, a frequência cardíaca normal em repouso – o número de batimentos cardíacos por minuto em repouso – varia de 60 a 100 batimentos por minuto (bpm).

Ela pode variar muito de pessoa para pessoa, no entanto, quando foge muito do padrão normal pode ser sinal de um problema. Aprenda a medir a frequência cardíaca através da artéria carotídea e radial.

O pulso é a expansão das artériasEssa expansão é causada pelo aumento da pressão sanguínea que empurra as paredes elásticas das artérias cada vez que o coração bate.

Um pulso extremamente lento combinado com tonturas pode ser indicativo de choque circulatório e ajudar a identificar situações de sangramento interno. Já quando o pulso é muito rápido, ele aponta principalmente para pressão alta e problemas cardiovasculares. 

Aprenda A Medir A Frequência Cardíaca Através Do Pulso E Pescoço

O que é a frequência cardíaca?

O número de vezes que o coração bate por minuto recebe o nome de pulsação ou frequência cardíaca. O coração de um adulto bate, geralmente, entre 60 a 100 vezes por minuto. A frequência cardíaca da mulher é, geralmente, superior à do homem.

É normal o coração de um bebê apresentar 70 a 170 batimentos por minuto. A frequência cardíaca de uma criança diminui para, aproximadamente, 60 a 100 batimentos por minuto aos 16 anos de idade.

A idade, o peso e a altura podem fazer com que o coração bata menos de 60 vezes ou mais de 100 vezes por minuto.

A prática de atividade física pode melhorar a frequência cardíaca. Uma pessoa saudável que pratique regularmente exercício físico pode ter uma frequência cardíaca mais lenta. Outros fatores passíveis de originar uma mudança na pulsação incluem a febre, determinados medicamentos e o consumo de cafeína.

A raiva, a excitação e o medo podem aumentar ou diminuir a frequência.

Em que casos é necessário medir a frequência cardíaca

O indivíduo poderá necessitar medir o pulsação devido a uma doença como, por exemplo, uma doença cardíaca. O coração pode não ter um batimento regular pelo simples fato de não estar a funcionar devidamente. Poderá também estar a tomar medicamentos passíveis de alterar o funcionamento ou a pulsação. Poderá ainda querer verificar o pulso enquanto pratica exercício físico.

Qualquer pessoa pode medir a frequência cardíaca em casa. Poderá necessitar de o fazer momentos antes de tomar determinado medicamento. É importante anotar a frequência do pulso cada vez que o medir.

No pulso – Como medir a pulsação radial (frequência radial)

Precisará de um relógio com a indicação dos segundos. A artéria radial encontra-se localizada perto da parte interior do pulso, junto do polegar. Dobre o cotovelo, mantendo o braço ao seu lado e a palma da mão virada para cima.

Usando os dedos, médio e indicador, palpe delicadamente a artéria radial no interior do pulso. Procure sentir o pulsar da artéria. Não use o polegar, pois ele possui o seu próprio pulso.

Conte o pulso radial durante um minuto completo (60 segundos). Veja se  pulsação apresenta um batimento forte ou fraco. Anote a frequência, data, hora e pulsação (direito ou esquerdo) que usou para a medição.

Anote ainda tudo aquilo que lhe chamar a atenção como, por exemplo, se o pulso estiver fraco, forte ou se vir que salta batimentos. A artéria radial é uma artéria fácil de encontrar para verificar a frequência cardíaca durante ou após o exercício físico.

No pescoço – Como medir o pulso carotídeo

Precisará de um relógio com a indicação dos segundos. As artérias carotídeas encontram-se localizadas na parte exterior do lado direito e esquerdo do pescoço. Com os dedos médio e indicador, palpe delicadamente a artéria carotídea de um dos lados do pescoço.

Não pressione ambas as artérias ao mesmo tempo. Procure sentir o pulsar da artéria. Não use o polegar, pois ele possui o seu próprio pulso.

Conte o pulso carotídeo durante um minuto completo (60 segundos). Veja se ele apresenta um batimento forte ou fraco. Anote a frequência de pulso, a data, a hora e qual o pulso (direito ou esquerdo) que usou para a medição.

Anote ainda tudo aquilo que lhe chamar a atenção como, por exemplo, se o pulso está fraco, forte ou se vir que salta batimentos.

A artéria carotídea é outra artéria fácil de detetar para verificar a pulsação após o exercício físico.

Ver referências +

https://www.health.harvard.edu/heart-health/want-to-check-your-heart-rate-heres-how