-->Como Parar Soluço em Bebês - Educar Saúde

Como Parar Soluço em Bebês

Publicado em 12/08/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Os soluços são normais tanto em crianças como em adultos. Os soluços num bebé ou criança significam que ainda têm de desenvolver o seu diafragma. Esta evolução pode ser lenta por vezes.

Bebés com desenvolvimento normal ou prematuros têm igual desenvolvimento e iguais sintomas. Em situações constantes de soluços deve-se procurar ajuda médica e especializada. Os medicamentos só devem ser prescritos pelos médicos especialistas.

Causas para o surgimento dos soluços

– Ingestão em excesso de leite

– Má posição ao mamar ou arrotar

– Mau pegar do biberão

– Passagem de ar engolido pelo bebé em grandes quantidades

– Estados de frio e resfriados

– Mudanças bruscas de temperatura em segundos

– Ingestão de muita comida

– Anestesia

– Risos e gargalhadas

– Engasgamento

– Estar húmido (pele ou roupas)

– Certas bebidas

– Derrames e traumatismos

– Tumores

– Fraca respiração (rápida e ofegante)

– Insuficiências (renais e outras)

– Problemas ao nível do pâncreas

– Pneumonia

– Pouco CO2 a ser transportado no sangue e nas células

– Mudanças e alterações nos estímulos e na respiração do bebé

– Ativar demasiado os nervos centrais do bebé

– Asfixia

Tratamento para parar soluços

– Manter a cabeça do bebé elevada quando estiver a ser alimentado

– Evitar engolir ar

– Deixar o bebé na posição de arrotar

– Agasalhar o bebé

– Levar o peito à boca do bebé quando for mamar

– Beber água fria

– Suster por breves instantes a respiração

– Evitar sacudir ou fazer movimentos muito bruscos com ele

– Ensinar o bebé a respirar tranquilamente

– Colocar a língua do bebé de fora

– Deitar o bebé de bruços

– Esfregar os olhos do bebé devagar e suavemente (apenas ao de leve)

– Desobstruir o diafragma

– Colocar o bebé a respirar por segundos dentro de um saco

– Fazer gargarejos com água (para crianças maiores)

– Comer pão

– Ingerir gelo picado

– Ativar e estimular o nervo vago através de técnicas aprendidas

– Remédios caseiros

Os soluços não são graves se forem leves. Caso contrário podem levar ao engasgamento ou asfixiamento e ate à morte.

O bebé também pode ter soluços dentro da barriga materna. Não são raros os casos. Isso pode acontecer, porque, o bebé ainda não sabe respirar sozinho. Estes soluços são apanhados nos exames de ecografias e ultra-sons e a grávida também os consegue sentir.

Ter soluços é pois uma coisa normal em qualquer idade. Antecipe a prevenção e a cura para evita-los.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook