-->Como saber se o bebê mama o suficiente - Educar Saúde

Como saber se o bebê mama o suficiente

Publicado em 28/09/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Como saber se o bebê mama o suficiente? Esta é uma questão muito importante, pois uma alimentação deficiente do bebê em idades ainda muito precoces poderá trazer consequências muito perigosas a médio e a longo prazo.

A alimentação do bebê nos seus primeiros seis meses de vida é composta apenas pelo consumo de leite materno, porque nesta idade este leite fornece aos bebês todos os nutrientes de que eles necessitam para crescer e se desenvolverem de forma adequada.

Mas, é muito importante que consigamos ter a certeza que o bebê ingere uma quantidade de leite materno suficiente para as suas necessidades, e que não há nada que esteja a fazer com que o bebê esteja a ingerir menos leite materno do que aquele que idealmente deveria.

Assim sendo, deveremos estar atentos a alguns sinais que o bebê poderá demonstrar de forma a conseguirmos perceber se ele está a mamar o suficiente.

Nomeadamente, deveremos averiguar se alguns dos seguintes sinais se verificam, podendo indicar uma amamentação em quantidades insuficientes:

  • A urina do bebê apresenta-se com um odor bastante forte e com uma cor pouco amarelada;
  • As fezes do bebê apresentam-se muito secas e duras;
  • O bebê gasta pelo menos 6 fraldas num dia (num período total de 24 horas);
  • O bebê tende a recusar mamar no peito da mãe;
  • O bebê mostra vontade de mamar com muita frequência, passando ainda muito tempo a mamar em cada mama;
  • O bebê demonstra não estar suficientemente satisfeito após a amamentação, podendo continuar a apresentar choro como uma consequência disso.

O teste da fralda, referido acima na parte das fezes e da urina, não deverá ser feito caso o bebê esteja a ser alimentado com outros alimentos para além do leite materno. Igualmente em casos de desidratação por diarreia não será uma boa altura para que o teste da fralda traga resultados positivos.

Em termos gerais ao nível comportamental, uma criança bebê que se encontre saudável tende a estar activa e a apresentar um crescimento corporal significativo.

Publicidade

Caso notes problemas no desenvolvimento do bebê ou note que este não está tão activo e alerta como deveria, poderá estar perante um problema relacionado com a amamentação. Em qualquer dos casos, perante situações deste género deverá tentar consultar o pediatra do seu bebê da forma mais rápida possível, procurando junto deste aconselhamento adequado para tratar eventuais problemas que o bebê possa estar a sofrer.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook

Publicidade