-->Como se depilar sozinha - Educar Saúde

Como se depilar sozinha

Publicado em 28/10/2014. Revisado por Equipe Editorial a 1 outubro 2018

Em diversas ocasiões as mulheres precisam de se depilar sem qualquer ajuda, uma tarefa que nem sempre é fácil. Neste artigo vamos dar dicas para a mulher que pretende saber como se depilar sozinha.

É importante que a depilação seja feita da forma certa, caso contrário, podem acontecer acidentes como cortes, ou pode provocar irritações na pele.

Diferentes métodos de depilação

Saber que método de depilação usar é fundamental para garantir os melhores resultados (e também para evitar dores desnecessárias).

Diferentes áreas do corpo exigem diferentes abordagens:

  • Pinça – a pinça deve ser utilizada para pequenas intervenções. De forma geral, a pinça é sobretudo utilizada para retocar as sobrancelhas, mas pode ser também usada para tirar pelos solitários, espalhados por outras áreas do corpo;
  • Cera – a cera pode ser utilizada quente ou fria e pode ser utilizada para depilar todo o corpo;
  • Cremes depilatórios – de forma geral, os cremes de depilação podem ser usados em todo o corpo, embora possam existir exceções, como por exemplo a área púbica. É preciso notar que os cremes depilatórios não eliminam os pelos pela raiz;
  • Lâmina de barbear – ao contrário do que muitas pessoas pensam, a lâmina de barbear pode ser utilizada em todo o corpo da mulher, com exceção do seu rosto.

Dicas para uma depilação sem problemas

Se procura dicas sobre como se depilar sozinha, então os próximos parágrafos contêm exatamente a informação que precisa.

A depilação com lâmina de barbear é extremamente simples e prática: basta colocar hidratante na área a depilar (se não tiver um hidratante pode recorrer a um pouco de sabonete com água).

Contudo, é muito importante ter atenção à forma como realiza o corte. Para que a depilação fique perfeita, deve cortar os pelos passando sempre a lâmina no sentido oposto aquele em que os pelos crescem.

Para retirar os pelos com uma pinça, o único segredo é puxar ligeiramente a pele antes de retirar o pelo. Desta forma, sentirá menos dor e o pelo sairá mais facilmente.

Publicidade

A aplicação com um creme depilatório também prima pela simplicidade: apenas tem que colocar o creme diretamente sobre a área do corpo que pretende depilar e algum tempo depois retirar os pelos com a ajuda de uma espátula.

Após ter terminado a depilação deve lavar a área que foi depilada, para tirar os vestígios do creme e os pelos que ainda restam.

Publicidade

A cera pode ser aplicada quente ou fria, sendo eficiente em qualquer uma das formas. Uma forma prática de fazer a depilação com cera é através das bandas de cera.

Para aplicar a banda de cera basta separar, colocar na área a depilar e puxar (sempre no sentido contrário ao do crescimento do pelo).

Siga estas dicas e conseguirá depilar-se sozinha, com toda a facilidade.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial baseiam-se em evidências científicas, sendo todos eles revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.

Publicidade